SEMEDE desenvolve projeto para melhorias nos índices de aprendizagem da Educação Básica  

(Divulgação)

Atividades começam em agosto, nas turmas de pré-escola e anos iniciais   

Em agosto, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SEMEDE) irá iniciar um projeto para melhorar os índices de aprendizagem na educação básica da Rede Municipal de Ensino de São Luiz Gonzaga. Pensando na defasagem causada pela pandemia e utilizando a última avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2019, a SEMEDE irá implementar ações pedagógicas com o intuito de melhorar a qualidade do ensino.

Conforme avaliado pela SEMEDE durante a pandemia, o sistema educacional não foi criado para lidar com o afastamento presencial das aulas por um longo período de tempo, como ocorrido em 2020. A secretária de Educação e Esporte, Mariza Klein Ditz, destacou os danos causados pela pandemia na educação. “Gestores, coordenadores, professores e pais estão enfrentando um grande desafio para manter o aprendizado dos estudantes. Pesquisas mostram que as paralisações causadas pela pandemia da COVID-19 podem fortalecer lacunas já existentes na educação, principalmente nas áreas de Linguagens e Matemática. O projeto foi desenvolvido para preencher essas lacunas e ofertar aos alunos um ensino de excelência”.

PROJETO  

O projeto irá abranger as Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) no Pré A e Pré B e as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), no Pré A, Pré B e anos iniciais. O período de execução do projeto será de 2 de agosto até 17 de dezembro de 2021. A proposta irá trabalhar com a produção textual, interpretação, incentivo à leitura, gramática, raciocínio lógico e as quatro operações; além de desenvolver atividades esportivas e corporais e reforçar o processo de alfabetização.

Na Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, durante a hora atividade do professor regente, serão desenvolvidas atividades com profissionais habilitados que promoverão ações pedagógicas voltadas ao desenvolvimento corporal dos alunos, como coordenação motora, movimento, lateralidade, desenvolvimento, integralidade do sujeito e valorização das situações lúdicas da aprendizagem.

No Ensino Fundamental – Anos Iniciais, 3º, 4º e 5º ano, durante a hora atividade do professor, o profissional que estiver realizando o trabalho de complementação para o ensino dos alunos irá lecionar Matemática e Português. Toda semana durante a substituição, uma hora será Português e outra hora será Matemática, promovendo uma aprendizagem interativa entre os aspectos físicos, cognitivos, afetivos, sociais e emocionais.

Todas as atividades irão seguir as orientações do Centro de Operações de Emergência em Saúde e Educação (COE Municipal).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMEDE