Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Prefeito Brondani comenta resultados da viagem a Brasília

Prefeito Sidney Brondani (Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

São Luiz Gonzaga – O prefeito Sidney Brondani falou nesta segunda-feira, 20, sobre a viagem a Brasília na semana passada, oportunidade em que ele, ao lado de lideranças locais e regionais, tratou, principalmente, sobre assuntos ligados à reforma e ampliação do Hospital São Luiz Gonzaga e construção de habitações populares.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

O chefe do Executivo lembrou que o projeto da casa de saúde é “ousado” e contempla várias etapas alcançando um custo estimado em R$ 20 milhões. O projeto, que foi elaborado por um escritório de Porto Alegre especializado em engenharia hospitalar, prevê reformas e ampliações para serem feitas em médio prazo.

Uma das manifestações consideradas importantes por Brondani foi a do prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, que esteve junto no encontro com o ministro Marcelo Queiroga. Melo teria dito “que se o interior fica mais bem atendido, a capital fica aliviada, do contrário tudo fica centralizado e sobrecarrega o sistema”. “É melhor para o cidadão, para a família e também para o sistema de saúde”, defendeu Brondani, que também contou com manifestações de apoio do deputado Osmar Terra e do senador Luis Carlos Heinze.

A resposta do ministério é que neste ano não há recursos para investimentos em reformas e ampliações por conta do alto investimento direcionado ao enfrentamento da pandemia, principalmente na compra de vacinas. Contudo, para o próximo ano, será possível fazer a inclusão no orçamento.

Leia mais: Plano Diretor de ampliação do Hospital São Luiz Gonzaga é apresentado

O objetivo é conseguir recurso pelo menos para uma das etapas. A mais “audaciosa” está avaliada em R$ 6 milhões, as outras são menores. É com esse foco que agora, no fim do próximo mês, as lideranças devem se reunir com a bancada gaúcha para tentar sensibilizar os deputados e conseguir uma emenda de bancada para pelo menos conseguir iniciar esta primeira etapa.

Habitação popular

Sobre as habitações populares, Brondani comentou que o processo ocorre por meio de parceria da União, Caixa Econômica Federal, município e futuro mutuário. Até a próxima semana deve sair a regulamentação do projeto. Ao que compete ao município, que são o terreno e infraestrutura, o prefeito disse que as áreas já estão definidas. Caso aprovado, o projeto pode contemplar até 40 casas no Bairro Itapevi e 130 no Bairro Trinta.

“Assim que sair as novas regras vamos encaminhar o projeto para a superintendência da Caixa em Passo Fundo, que é a responsável pela nossa região. O ministério não terá muita ingerência. É a Caixa que vai administrar esse assunto e temos um bom contato com a superintendência. Já temos o principal que é a área legalizada e a infraestrutura necessária”, destacou Brondani.

Aeroporto

O prefeito comentou que também teve encontro na Secretária Nacional de Aviação Civil, onde pode falar sobre a situação do aeroporto de São Luiz Gonzaga. Mesmo sendo uma área do estado, o município estudo um convênio e aguarda parecer jurídico para saber se pode destinar recursos públicos e estabelecer uma parceria com o setor privado para pavimentar e ampliar a pista. O objetivo é que o local possa ser utilizado por aviões de médio porte, incluindo os jatinhos, o que favoreceria o deslocamento de grande investidores para a região.

Encontro com o presidente

Sobre o rápido encontro com o presidente Jair Bolsonaro, Brondani comentou que foi um encontro agradável e que o presidente se mostrou muito “sensível e simpático” e encaminhou para a sua assessoria o projeto do hospital. Bolsonaro também enviou, por meio do prefeito, “um abraço para a região”. “Foi mais uma agenda política, para conhecê-lo, embora eu já o tivesse conhecido quando ele ainda era deputado”, destacou Brondani.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile