Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Presidente da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga, Laureano Castilho, fala sobre principais pautas da viagem a Brasília

Laureano Castilho. (Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

São Luiz Gonzaga – O presidente da Câmara de Vereadores, Laureano Castilho, do MDB, falou nesta quarta-feira, 22, sobre a viagem da comitiva são-luizense a Brasília, na semana passada, oportunidade em que apresentaram demandas do município às lideranças nacionais. Conforme o presidente, as três principais pautas foram o plano diretor do Hospital São Luiz Gonzaga, habitação e investimentos no aeroporto.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Sobre o primeiro assunto, Laureano comentou que o ministro Marcelo Queiroga foi bastante receptivo à ideia, mas que informou que neste ano não há como o ministério fazer investimentos, uma vez que os recursos estão em sua grande maioria concentrados no combate à pandemia. Uma solução apontada por Queiroga foi que o município busque os recursos para a fase inicial por meio das emendas de bancadas. Por isso, Laureano destaca que em breve uma comitiva deve voltar à Capital Federal.

Quanto à habitação, o presidente disse que os investimentos se darão por meio de convênio com a Caixa. A renda mínima para integrar o projeto Minha Casa Verde Amarela, segundo ele, será para pessoas que recebem a partir de R$ 1.600,00. O município ainda aguarda publicação das diretrizes para encaminhar os projetos, uma vez que já possuiu as áreas para construção definidas.

Já sobre o aeroporto, Laureano disse que a resposta da Secretária Nacional de Aviação Civil é que o município poderá fazer os investimentos no local. A assessoria jurídica da secretaria, inclusive, teria pedido para a assessoria jurídica do município entrar em contato para discutir o tema. “O prefeito foi tranquilizado, que pode investir”, disse. Conforme o prefeito Sidney Brondani, o município estuda um convênio e aguarda parecer jurídico para saber se pode destinar recursos públicos e estabelecer uma parceria com o setor privado para pavimentar e ampliar a pista.

Laureano concluiu destacando que uma comitiva da Câmara de Vereadores deve ir a Brasília para buscar recursos para a UTI do Hospital São Luiz Gonzaga, uma das etapas de maior urgência da casa de saúde e demanda antiga da comunidade. Por fim, o vereador falou sobre o castramóvel. Ele disse que amanhã, 23, vai cobrar apoio da executiva do partido para que o recurso seja aplicado. O valor já está nos cofres do município, mas o projeto, segundo ele, “está em banho-maria”.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile