Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Situação da CORSAN pautou reunião do Executivo Municipal com os vereadores são-luizenses

(Divulgação)

Administração informou as tratativas e as preocupações quanto ao processo de privatização da companhia     

São Luiz Gonzaga – A situação da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN) pautou reunião do prefeito Sidney Brondani com os vereadores do município. A reunião ocorreu na quinta-feira, 4, na Câmara de Vereadores, com o objetivo de compartilhar as informações e tratativas que estão ocorrendo após a aprovação pela Assembleia Legislativa, autorizando o Governo do Estado a vender a CORSAN. A reunião também contou com a presença do vice-prefeito, Piti Werle; do secretário de Planejamento, Francisco Lourenço e do assessor jurídico, Junaro Rambo Figueiredo.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

 

O chefe do Executivo destacou que o município tem sido questionado pelo Governo do Estado sobre a assinatura do termo aditivo do contrato firmado anteriormente com a CORSAN, estendendo a validade até 2062. A Administração Municipal tem até o dia 15 de dezembro para assinar – ou não – o termo. “Cumprindo o nosso objetivo de sermos transparentes e para informar o Legislativo Municipal a respeito do que estamos fazendo quanto a essa situação e as nossas preocupações, promovemos essa reunião”, afirmou.  

O chefe do Executivo destacou ainda que os contratos com os municípios são os principais ativos da CORSAN. A prorrogação desses contratos facilitaria na venda das ações da companhia. O prefeito Sidney Brondani também frisou o posicionamento do município. “Essa decisão é de muita responsabilidade, talvez seja a mais difícil da nossa Administração, pois repercutirá diretamente na vida dos cidadãos durante décadas. Ainda existem muitos desdobramentos quanto a essa questão e iremos manter o Poder Legislativo e a população informados. Nenhuma decisão será tomada sem antes dialogarmos com a Câmara de Vereadores”.      

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga  

Sair da versão mobile