Jovem que saiu de São Luiz Gonzaga com 17 anos agora é Aspirante a Oficial do Exército Brasileiro

(Foto: Arquivo pessoal/Divulgação)

Marabá – O jovem Agostinho Pinto Figueiredo, filho da Comissária de Polícia inativa Andrina Iolanda Pinto Lopes, concluiu, no ano passado, a formação na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, no Rio de Janeiro. O são-luizense saiu daqui em busca do sonho aos 17 anos e passou no concurso da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) na primeira tentativa.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O agora Aspirante a Oficial, posto ocupado pelo oficial recém-formado, escolheu a Arma de Artilharia e, recentemente,  passou para o Curso de Guerreiro de Selva na Amazônia. Assim, nestes dois primeiros anos de sua formação ele servirá em um quartel de selva, o 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva, com sede em Marabá, no Pará.

A mãe Andrina destaca que o filho sempre “foi motivo de muito orgulho pra mim e a minha família, pois ele sempre foi muito estudioso e dedicado. Mais um missioneiro que orgulha o seu chão”.

Neste link o leitor encontrará mais informações sobre formas de ingresso no Exército Brasileiro (acesse aqui)

Fonte: Rádio São Luiz