Aulas na EMEI Luiza Fabrício devem ser normalizadas na próxima semana

Mãe de aluno procurou a emissora alegando que desde quarta-feira de cinzas a turma de seu filho está sem aulas. (Foto: Arquivo/Prefeitura de São Luiz Gonzaga)

A senhora Camila de Matos Faneze, mãe de um aluno da Escola Municipal de Educação Infantil Luiza Fabrício, no Bairro Loureiro, relatou hoje, 09, para a reportagem, que desde a quarta-feira de cinzas, 2 de março, duas turmas da escolinha estão sem atendimento por falta de monitores. Ela procurou a emissora com o intuito de fazer uma reivindicação pela previsão de retorno à normalidade, tendo em vista que a ausência das aulas exige improviso na hora de acomodar o filho durante o seu horário de trabalho. Nesta semana, a criança está ficando com um irmão.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Procurada, a Secretaria Municipal de Educação explicou que o empecilho ocorre pela falta de pessoal e casos de Covid-19. Conforme a secretária Mariza Klein Ditz, a pasta já está no quarto edital para fazer a contratação. Ocorre que muitos dos selecionados desistem antes de iniciar o trabalho, o que aumenta a demora no processo burocrático até que os cargos sejam repostos. O mesmo ocorre com os monitores contratados via CIEE, que são os estudantes do curso normal (magistério) e pedagogia. Além disso, informou a secretária, casos confirmados de Covid-19 afastaram funcionários temporariamente.

A previsão é que o retorno ocorra em pelo menos um turno nesta semana e em turno integral a partir da semana que vem. A secretária pede a compreensão da comunidade por se tratar de um assunto que não depende somente da pasta.

Fonte: Rádio São Luiz