Ovidio Kaiser fala sobre os bastidores da negociação entre a empresa que construirá a Ponte Internacional e o Dnit

(Foto: Divulgação)

O Secretário de Desenvolvimento, Turismo e Mercosul de Porto Xavier e Coordenador da Comissão da Associação dos Munícipios das Missões/Pró-Ponte, Ovidio Kaiser, falou nesta sexta-feira, 29, sobre os bastidores do acordo entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a empresa Coesa Construções e Montagens S.A, que é de Minas Gerais.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Ovidio lembrou que a partir do momento em que o atual Ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, anunciou que seria aberto prazo para empresas que tivessem interesse em rever suas propostas e acompanhar o valor inicial de R$ 221 milhões, foi iniciada a articulação visando o convencimento de uma das empreiteiras.

O entendimento é que essa era a solução mais viável, pois do contrário uma nova licitação teria que ser aberta, aumentando o tempo para definir a empresa e ainda sob o risco de mais uma vez não haver acordo.

A Comissão Pró-Ponte entrou em contato com uma das seis empresas. Era, justamente, a mesma que havia feito a melhor proposta e que já havia vencido a licitação para fazer a ponte sobre o Ibicuí, na BR 472, entre Itaqui e Uruguaiana. A proximidade geográfica das duas obras ajudou bastante na decisão da empresa.

Ovidio destaca que houve muita mobilização e articulação com lideranças políticas da Capital Federal e da região. Ele, que se recupera de uma cirurgia no joelho, acompanhou de Porto Xavier a ida a Brasília do prefeito Gilberto Menin e do secretário da AMM, Marcos Mattos, destacando que “eles foram muito felizes na sua jornada”.

Agora, após o aceite da proposta, o próximo passo será a oficialização do contrato. Um processo jurídico para alinhar todas as questões entre o governo e a empresa deve levar mais alguns dias, mas a previsão é que o início dos trabalhos ocorra ainda neste ano, com o orçamento já empenhado.

“Estamos felizes. É uma luta gigantesca travada por toda a região. O resultado é que saímos todos vitoriosos”, comemorou Ovidio, um dos principais nomes da luta pela ponte.

Fonte: Rádio São Luiz