Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Concurso da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga: edital será publicado nos próximos dias

(Foto: Divulgação)

Foi assinado nesta semana o contrato entre a Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga e a empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas LTDA., de Caxias do Sul/RS, que será responsável pela elaboração do edital do concurso público e a aplicação das provas do certame para o preenchimento de sete vagas de provimento efetivo no Legislativo são-luizense.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A ordem de início do serviço a ser prestado foi assinada na terça-feira, 6. Assim, nos próximos dias, a empresa estará trabalhando, juntamente com a Comissão do Concurso da Câmara, para acertar os detalhes que deverão constar no edital de abertura do concurso, o qual poderá ser publicado já na próxima semana.

O concurso visa preencher sete vagas de caráter efetivo, sendo quatro de agentes administrativos legislativos (nível médio), uma de agente de tesouraria (nível médio), uma de contador (nível superior em Ciências Contábeis) e uma de procurador jurídico (nível superior em Direito). Os vencimentos mensais serão de R$ 2.702,51 para os cargos de nível médio, R$ 4.356,29 para contador e R$ 4.114,27 para procurador jurídico.

A previsão para realização das provas é para a primeira quinzena de novembro. A expectativa é de centenas de candidatos buscando a sua aprovação no primeiro concurso público da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga. Segundo o presidente, vereador João Iuri de Oliveira, “foi muito difícil a concepção de todo esse processo, chegando a um ponto em que achávamos que o concurso não sairia, pois existe resistência de muitas pessoas contrárias à sua realização. Foram muitos entraves, alguns inclusive que a Câmara era incapaz de enfrentar justamente por não ter quadros efetivos e a devida qualificação dentro de sua estrutura”, explicou.

Ainda conforme o presidente, “com a possibilidade de provas no mês de novembro, foi demonstrado que eu tinha razão; mas, se eu tivesse a noção de toda a dificuldade, lá no início, talvez não tivesse projetado fazer o concurso este ano, sob o risco de ficar marcado como alguém que prometeu e não cumpriu. Foi uma odisseia, muitas viagens a Porto Alegre em cursos e consultorias, mas, agora, entraremos na história da Câmara de São Luiz Gonzaga por aprovar o plano de cargos e realizar o concurso, mesmo contra a vontade de muitos”, salientou.

Por Emerson Scheis, assessor de imprensa da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga

Sair da versão mobile