Polícia Ambiental e lideranças lançam campanha para que comunidade não solte fogos de artifício com estampido

Renato Ruwer, do Gapa, e Sgt Cristhian, Cmt da Polícia Ambiental de SLG

O Comandante do 2º Pelotão de Polícia Ambiental de São Luiz Gonzaga, Sargento Cristhian Cardoso, ao lado do presidente do Grupo de Apoio à Polícia Ambiental (Gapa), Renato Ruwer, esteve na emissora nesta semana para divulgar uma campanha de conscientização contra a soltura de fogos de artifício com estampido.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A medida leva em conta esse período do ano, em que tradicionalmente os artefatos são adquiridos para as celebrações de fim de ano.

A ideia é sensibilizar a comunidade, pois os barulhos trazem prejuízo aos animais como cães e gatos e também para pessoas idosas e crianças.

O Sargento Cristhian lembrou que o comércio são-luizense vende fogos de sinais luminosos, que provocam o mesmo espetáculo visual sem o barulho. Ele acrescentou que é preferível que a comunidade mude o hábito para que no futuro não seja necessário o endurecimento da legislação.

Várias ongs e lideranças estão envolvidas na causa.

No dia 17 de dezembro haverá uma “cachorreata” silenciosa para chamar a atenção. A concentração será na área central da cidade, a partir das 15h.

Fonte: Rádio São Luiz