Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Jorge Guedes é o próximo convidado do Programa Campereando da Rádio São Luiz

foto colorida de Jorge Guedes de chapéu e camisa azul com campo e céu azul ao fundo

Jorge Guedes vai falar sobre sua história como cantor e compositor missioneiro – Foto: Divulgação/Facebook

Nesta semana a Rádio São Luiz vai receber Jorge Guedes para o próximo episódio do Programa “Campereando”. O cantor e diretor do grupo “Jorge Guedes & Família” irá participar do projeto de entrevistas com nomes da música tradicionalista e missioneira. O programa vai ao ar na quinta-feira, 9 de fevereiro, às 20h no canal do Youtube da Rádio São Luiz e na sexta-feira, 10, a partir das 8h30 na programação da Rádio. 

Nesta nova edição do programa, Jorge Guedes vai contar ao apresentador, Luiz Oneide, alguns detalhes de sua carreira e história, como o sonho de ser jogador de futebol antes de entrar para o mundo da música. Além disso, o cantor e compositor fala sobre as parcerias e as canções mais marcantes da sua trajetória. 

Nascido em São Luiz Gonzaga, no dia 13 de setembro de 1964, Jorge Procópio Ferreira Guedes é o filho mais novo de dez irmãos, cujo pai é o também célebre músico, Francisco da Silva Guedes, conhecido como Chico Guedes. O início de sua trajetória foi na adolescência. Ao lado dos irmãos, Jorge tocava e cantava em bailes, inspirado em artistas como Noel Guarany, Cenair Maicá, Jayme Caetano Braun e Telmo de Lima Freitas.

Na década de 80, Jorge Guedes começou a se apresentar em conjunto, inicialmente no grupo “Os Caranchos”. Até que conheceu o cantor e compositor, Noel Guarany, com quem lançou seu primeiro LP, “A volta do Missioneiro”, com a parceria de João Máximo. Nesse primeiro disco, Jorge Guedes interpretou sucessos como “Roda que Roda” e “Na Baixada do Manduca”. Em sua obra, ele retrata a cultura missioneira e os modos de vida do gaúcho das Missões.

Já em 1989, lançou “Terra Missioneira”, seu primeiro trabalho solo, sempre comprometido com suas raízes e que fez sucesso com canções como: ‘Bagual de Corredor”, “Os Olhos de Minha Linda”, em parceria com Noel Guarany, e “Milonga do Maragato”, com co-autoria de João Sampaio, com quem iria voltar a trabalhar diversas vezes depois.

Cinco anos mais tarde, em 1994, lança o LP, “Paisagens de Fim de Tarde”, pelo qual recebeu o prêmio de melhor capa do ano, trazendo novos sucessos como “Lida de Costeiro”, canção que viria a ser regravada pelo conjunto “Os Serranos”. Além desta, o disco contou também com a canção “Sentado sobre um Arreio”, posteriormente regravada pelo cantor e compositor Porca Véia. Neste mesmo disco, Jorge fez a interpretação do clássico gaúcho de João Sampaio e Elton Saldanha  “Entrando no m’Bororé”. Um dos grandes nomes da música gaúcha e missioneira, recebeu em 2014 o prêmio Vitor Mateus Teixeira, na categoria de melhor compositor da Assembleia Legislativa do Estado.

Para saber mais sobre as curiosidades e a carreira do artista, incluindo o surgimento do grupo “Jorge Guedes e Família”, confira o Programa Campereando na Rádio São Luiz, iniciativa que conta com o patrocínio da Rede de Óticas, Mercadão dos Óculos.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile