Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Vacinação bivalente contra Covid-19 para idosos a partir dos 70 anos começa nesta quinta-feira em São Luiz Gonzaga

Arquivo/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Imunização ocorre conforme disponibilidade de doses   

Seguido com o cronograma de vacinação contra a Covid-19, São Luiz Gonzaga iniciou na semana passada a aplicação das doses bivalentes do imunizante. Com as doses recebidas, foram imunizados os residentes e funcionários de instituição de longa permanência que atendem idosos.  

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Nesta quinta-feira, 23, seguindo os informativos técnicos e orientações do Governo do Estado, a Rede Municipal de Saúde disponibilizará as vacinas bivalentes para os idosos com 70 ou mais. Para receber a vacina, a pessoa deverá ir até a unidade de saúde da área de domicílio, portando o CPF, cartão SUS e o comprovante das doses anteriores.  

Mas atenção! Para receber a dose de reforço com a vacina bivalente para os grupos prioritários, é necessário possuir o esquema primário (básico) completo, com pelo menos duas doses da vacina monovalente. “Devido a indisponibilidade inicial de imunizantes para atender todas as pessoas do grupo prioritário, o município disponibilizará as vacinas bivalentes de acordo com as doses recebidas do Governo do Estado”, informou a coordenadora do Centro de Saúde, a enfermeira Águeda Balbé. Mais informações sobre os grupos prioritários e a diferença das vacinas monovalentes e bivalentes estão disponíveis no link https://shre.ink/cJC3 

 Vacinas monovalentes – Também seguem disponíveis nas unidades de saúde as vacinas monovalentes contra a Covid-19 para pessoas a partir dos seis meses de idade. Para a aplicação, é necessário apresentar o cartão SUS e o CPF na unidade de saúde da área de domicílio. Para a imunização de crianças de seis meses a 11 anos é solicitado que os responsáveis realizem o agendamento prévio na unidade.     

 Por Larissa Dorneles / Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA 

Sair da versão mobile