Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Paciente de Ijuí morre em decorrência da dengue

Imagem de jcomp no Freepik

A Secretaria de Saúde de Ijuí informou o primeiro óbito relacionado com a dengue na região, o quarto no estado. O paciente tinha 99 anos e estava bem de saúde até apresentar os sintomas da doença.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O caso ainda não entrou no sistema do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), vinculado à Secretaria da Saúde, que oficialmente informa três mortes pela doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti neste ano.

Mesmo em regiões com baixos índices de ocorrência de dengue, também é importante que a população procure atendimento médico nos serviços de saúde logo nos primeiros sintomas. Dessa forma, evita-se o agravamento da doença e a possível evolução para óbito.

Principais sintomas:
-febre alta (39°C a 40°C), com duração de dois a sete dias, dor atrás dos olhos
-dor de cabeça,
-dor no corpo,
-dor nas articulações,
-mal-estar geral,
-náusea,
-vômito,
-diarreia,
-manchas vermelhas na pele, com ou sem coceira.

Medidas de prevenção à proliferação e circulação do Aedes, com a limpeza e revisão das áreas interna e externa das residências ou apartamentos e eliminação dos objetos com água parada são ações que impedem o mosquito de nascer, cortando o ciclo de vida na fase aquática.

O uso de repelente também é recomendado para maior proteção individual contra o Aedes aegypti.

Fonte: Rádio Progresso/Secretaria Estadual de Saúde

Sair da versão mobile