Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Aluna do Instituto Federal do Rio Grande do Sul compartilha sobre como a educação transformou sua vida

Arquivo Pessoal/Divulgação

Na última sexta-feira, dia 11, em Santo Ângelo, a jovem estudante Victórya Leal, de 19 anos, que frequenta o Instituto Federal de Osório, falou sobre sua trajetória inspiradora durante o Movimento pela Educação, promovido pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Com um currículo que inclui 75 premiações nacionais e internacionais, Victórya compartilhou como sua busca por conhecimento a levou a lugares e grandes oportunidades.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Conversando com nossa reportagem, Victórya revelou que sua jornada de pesquisa começou já no 8º ano do ensino fundamental. Diante de uma negativa em sua escola, no ano seguinte, o Instituto Federal lhe chamou para participar de oficinas de ciências. Foi nesse momento que sua paixão pela ciência ganhou mais força. No Instituto, ela descobriu um vasto mundo de possibilidades nas áreas de sustentabilidade, matemática, economia e tecnologia. “Isso me transformou e quero que essa seja a história de mais jovens”, afirmou Victórya, ao reforçar que percorreu mais de 700 km de carro, de Osório a Santo Ângelo, para compartilhar sua jornada e inspirar outros.

Victórya destacou a importância de jovens influenciarem outros jovens. “Não é necessário ser um gênio; eu não me considero genial, mas sim dedicada, tendo encontrado uma paixão que é transformadora”, acrescentou.

A iniciativa da Assembleia Legislativa foi elogiada por Victórya, que a considerou extraordinária. Ao comparar com os países que visitou, ela observou que uma triste diferença é a falta de uma política de estado contínua no Brasil, que frequentemente é substituída a cada novo governo. Victórya ressaltou que a educação é um tema amplo que requer medidas consistentes e que tenham sequência.

Um destaque importante na jornada de Victórya foi sua seleção entre 54 candidatos pela Fundação Estudar, dentre 7 mil em todo o Brasil, para realizar o processo de aplicação para estudar nos Estados Unidos. Com planos ambiciosos para o futuro, ela espera iniciar seus estudos em economia e ciências políticas no próximo ano. Seu objetivo é adquirir conhecimento para voltar ao Brasil no futuro, contribuindo com novos caminhos no âmbito político e econômico.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile