Caibaté celebra aniversário da padroeira Santa Lúcia: conheça sua história

Reprodução: Paróquia Santa Lúcia

Nesta quarta-feira, 13 de dezembro, é celebrado o dia de Santa Lúcia, também conhecida como Santa Luzia, padroeira de Caibaté. A prefeitura municipal decretou feriado em todas as repartições públicas em comemoração à data.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Santa Lúcia é invocada como a protetora dos olhos e da visão. Geralmente sua imagem é representada por uma jovem que segura uma bandeja onde estão um par de olhos. Lúcia ou Luzia, nasceu em Siracusa, na Itália, no ano de 283, quando o cristianismo dava seus primeiros passos e muitos fiéis eram perseguidos.

Ainda jovem, Lúcia perdeu seu pai e passou a dedicar a vida aos cuidados da mãe, que estava doente, e adotar a fé cristã. Nessa mesma época, ela estava prometida a um fidalgo da nobreza, no entanto, sua mãe a liberou da promessa após ser curada. Assim, Lúcia consagrou de forma definitiva sua vida ao cristianismo. Porém, o fidalgo a quem estava prometida a denunciou aos romanos e a jovem foi presa.

Mesmo sendo torturada, Lúcia permaneceu firme na sua fé e assim morreu. A questão dos olhos possui duas versões: uma em que ela teria oferecido seus olhos ao fidalgo, outra em que os soldados romanos os teriam arrancado, em ambos os casos, novos olhos teriam surgido em seu rosto através de um milagre.

Fonte: Rádio São Luiz