Perito irá verificar a possibilidade de concessão de insalubridade para atendentes educacionais

Divulgação/Assessoria de Imprensa

Elaboração de laudo técnico é uma etapa necessária para a concessão, ou não, do adicional   

Na manhã de quinta-feira (15), o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, esteve reunido com as atendentes educacionais que atuam nas escolas da Rede Municipal de Ensino. Na ocasião, o chefe do Executivo são-luizense buscou esclarecer questões relacionadas à viabilidade de melhoria salarial para a categoria. A reunião ocorreu no Salão Nobre da prefeitura, com a participação da vereadora Ana Barros e do presidente do Sindicato dos Municipários, Nilson Chaves.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Na ocasião, o prefeito destacou a necessidade de reajustes para todas as categorias dos padrões 1 ao 6, nos quais o salário básico inicial – recebido ao ingressar no serviço público, e sem adicionais, como insalubridade e anuênios – é menor que o salário mínimo nacional. Nos casos em que a remuneração for inferior ao salário mínimo, é efetuado o pagamento de uma complementação para atingir o valor.

A respeito da situação das atendentes educacionais, o chefe do Executivo estuda a possibilidade de realizar o reajuste em etapas, a fim de repassar uma melhor remuneração em relação ao trabalho desenvolvido pelas servidoras. O primeiro passo será avaliar a possível concessão de insalubridade à categoria.

LAUDOS TÉCNICOS – A Administração Municipal agendou para terça-feira, 20 de fevereiro, uma reunião com um perito para discutir o desenvolvimento dos laudos técnicos de insalubridade e periculosidade, os quais devem ser refeitos periodicamente. A elaboração de laudos técnicos é uma etapa necessária para a concessão, ou não, do benefício.

Durante a reunião do dia 20, será abordado o trabalho desenvolvido pelas atendentes educacionais nas escolas. A reunião será acompanhada por representante do Sindicato dos Municipários. “Assim que tivermos novas informações, iremos repassa-las ao sindicato e às servidoras. Voltamos a destacar que a Administração Municipal segue aberta para o diálogo e está à disposição dos servidores”, afirmou o prefeito.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga