Ícone do site Rádio São Luiz FM 100.9

Encontro define detalhes da nova edição do Empretec, curso de imersão no empreendedorismo

Encontro serviu para definir detalhes da nova edição – Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz

Na manhã desta terça-feira, 26, foi realizada a primeira reunião da nova edição do “Empretec”, curso profissionalizante voltado para incentivar o empreendedorismo na comunidade local. A iniciativa é uma parceria entre o Sebrae e a Associação Comercial e Industrial (ACI) de São Luiz Gonzaga. O objetivo é fornecer orientações e informações para o desenvolvimento dos negócios em diferentes setores.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Presidente da ACI e também empresária, Roberta Flores explica mais detalhes sobre a organização do curso. A intenção é que as aulas sejam feitas de 29 de abril a 3 de maio. “Dentro do treinamento criamos uma empresa e temos que trabalhar, vender o produto”, descreve ela, através desse trabalho já é possível quitar o valor do curso. As informações sobre valores e inscrições podem ser conferidas diretamente na ACI. Neste ano, a turma terá no máximo 32 alunos.

O encontro que definiu os detalhes da nova edição contou também com a presença do palestrante Ronan Mairesse. Entre os aspectos abordados pelo especialista estiveram as dificuldades que por vezes atrapalham o sucesso de empreendimentos no Brasil. Segundo Ronan, a preparação e a busca por conhecimentos são diferenciais para esse processo. “Sempre estar se atualizando é vital”, complementa.

Uma das empresárias que já havia participado da edição anterior do “Empretec”, Paola Nunes Adams comentou sobre o diferencial que o curso proporciona no cotidiano dos empreendedores. “É total imersão, porque você fica manhã, tarde e noite envolvida no Empretec”, relata.  Segundo Paola, a experiência é uma oportunidade ímpar para quem deseja ingressar no mundo empresarial.

Analista de relacionamento do Sebrae, Greisse Ten Caten explicou o surgimento do “Empretec”, com o foco em aprimorar habilidades e conhecimentos relacionados ao empreendedorismo. “São seis dias que a pessoa abre mão do seu trabalho e família para poder se dedicar a esse período transformador”, salienta. De acordo com ela, é possível observar uma diferença marcante entre as pessoas que já fizeram o curso.

Confirmado como um dos participantes da nova edição do Empretec, Márcio De Moura Reolon falou sobre a expectativa com o curso. “Conhecendo a realidade das pessoas que já fizeram e que depois foram conquistando coisas na comunidade, com certeza é muito válido fazer”, destaca o futuro “empreteco”.

Fonte: Rádio São Luiz

Sair da versão mobile