Reitora do IFFar participa da primeira reunião técnica para implantação do campus em São Luiz Gonzaga

Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz

A reitora do Instituto Federal Farroupilha (IFFar), Nídia Heringer, esteve em São Luiz Gonzaga nesta quarta-feira, 10, para a primeira reunião técnica após o anúncio do governo federal de que o município foi um dos contemplados com um campus da instituição. O encontro ocorreu na Câmara de Vereadores, reunindo as lideranças do município para o início das discussões visando a efetivação do estabelecimento de ensino.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Conforme Nídia, em entrevista para a Rádio São Luiz, uma vez que o Instituto recebeu, via ofício do Ministério da Educação, toda a documentação exigida, foi marcada a reunião. A implantação, portanto, iniciou nesta quarta-feira, com a indicação de interlecutores do Executivo, Legislativo e entidades da sociedade civil, para a formatação do plano de execução que será, posteriormente, remetido ao Ministério da Educação. O prazo final para a remessa desses documentos é fim de maio, por isso exigirá muito empenho de todos os envolvidos.

A reitora acrescentou que após essas formalizações, vão iniciar as audiências públicas para definir quais os cursos serão ofertados no campus de São Luiz Gonzaga. Também, a prefeitura poderá dispor de recurso para sua contrapartida e assim o IFFar iniciar o código de vagas de docentes e técnicos administrativos. Isso tudo no segundo semestre. Haverá concurso para esses postos de trabalho e também serão realocados servidores do IFFar que são naturais de São Luiz Gonzaga e região, mas que hoje atuam em outras unidades.

A previsão para que as aulas efetivamente iniciem é só para 2025, inicialmente nas atuais instalações do INSS. Depois, um recurso de mais de R$ 25 milhões deverá ser utilizado para a construção da sede própria.

Fonte: Rádio São Luiz