“O sangue está nas mãos de quem consome a droga”, afirma chefe da Draco

Arquivo Pessoal/Divulgação

O Delegado Heleno dos Santos, titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de São Luiz Gonzaga, pronunciou-se nesta quarta-feira, 17, após a prisão dos indivíduos envolvidos nas mortes ocorridas em Roque Gonzales e Cerro Largo, afirmando que “o sangue está nas mãos de quem consome a droga”.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Heleno destacou que não há distinção no perfil do usuário, seja ele pobre ou rico, morador do bairro ou do centro, pois “todos são os grandes causadores disso”. “Se não houvesse a demanda, não estaríamos vivenciando essa disputa”, afirmou.

O policial também reafirmou que todas as mortes têm como pano de fundo a disputa por território. Heleno ressaltou a importância do trabalho conjunto dos órgãos de segurança pública, que responderam rapidamente à comunidade com a prisão dos envolvidos.

Leia mais: Operação conjunta desarticula facção ligada aos homicídios em Roque Gonzales e Cerro Largo

Leia mais: Autoridades policiais enfatizam a importância de manter prisão de criminosos com histórico grave

Fonte: Rádio São Luiz