Caminhada busca estimular combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Caminhada reuniu diversos educadores e membros da comunidade – Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz

Uma caminhada realizada na manhã desta quarta-feira, 15 de maio, em alusão ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, cuja data oficial é 18 de maio. A iniciativa foi organizada pela Rede de Apoio à Escola (RAE) e teve objetivo levar informações sobre o tema para a população de São Luiz Gonzaga. A atividade reuniu diferentes entidades, escolas e a comunidade local.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Professora da rede municipal de ensino, Cristiane de Oliveira destacou que a conscientização sobre o abuso e exploração de crianças e adolescentes é muito importante, principalmente pelo fato da maioria dos casos ocorrerem no âmbito familiar, o que dificulta as denúncias e as ações de combate.

“Já temos casos de crianças bem pequenas com suspeita de alguma situação”, aponta a educadora. Segundo ela, é necessário prestar atenção em possíveis sinais de abuso como o uso de roupas compridas em dias de muito calor ou a falta de frequência na escola. Cristiane também lembra que é papel de toda a sociedade denunciar casos suspeitos e proteger crianças e adolescentes de abusos.

Presente na caminhada, o prefeito de São Luiz Gonzaga Sidney Brondani (PP) falou sobre a relevância da atividade para chamar a atenção da comunidade para as violências contra menores. “Hoje está mais presente e a sociedade acompanha mais e tem denunciado mais. Mas embora existem casos ainda que ocorrem em que a sociedade e as autoridades não têm conhecimento”, ponderou o gestor.

Em casos de suspeita de abusos e exploração contra crianças e adolescentes, a orientação para a população é de que procure e informe o Conselho Tutelar pelo telefone e Whatsapp: (55) 3352-4141, ou diretamente na sede do conselho na Rua Júlio de Castilhos 2236, centro de São Luiz Gonzaga.

Cartazes foram utilizados para conscientizar a população – Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz

Fonte: Rádio São Luiz