Professor de Bossoroca conclui pesquisa de doutorado sobre violência digital contra jovens

Estudo serviu para elaborar folder de orientação – Foto: Freepik/Ilustrativa

O professor Airton Guites concedeu uma entrevista à Rádio São Luiz FM 100.9 na manhã desta segunda-feira, 3 de junho, para falar sobre sua pesquisa de doutorado concluída recentemente na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) sobre violência digital, principalmente no contexto de crianças e jovens.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Professor de geografia em Bossoroca, Airton decidiu investigar o tema para entender as formas de identificação de violência no contexto digital ou virtual. Segundo ele, isso pode se dar desde o compartilhamento de imagens pessoais ou notícias falsas, perseguições on-line ou envio de vírus e outros materiais inadequados para essa faixa etária.

“Muitas vezes nós somos vítimas de violências que nós não entendemos como violência, porque acontece atrás de uma tela digital. Mas na verdade afeta o psicológico, afeta a convivência social, provoca até questões físicas também”, explica o professor. Durante a entrevista, Airton também ressaltou que o mundo virtual faz parte da realidade das pessoas, principalmente de crianças e adolescentes, possuindo reflexões em suas identidades e formação.

A intenção é que o material produzido durante a pesquisa seja também utilizado nas escolas do município como forma de estimular a educação midiática dos jovens. “A pesquisa não seria possível sem a participação dos estudantes. A minha pesquisa sempre foi voltada para a geografia escolar. Então, como professor do município de Bossoroca, os alunos participaram da pesquisa ao longo desses anos por meio de questionários. Depois, ao final dos questionários que foram aplicados, nós conseguimos elaborar esse folder”, descreve o docente sobre o material que vai ser distribuído nas escolas.

Fonte: Rádio São Luiz