Marcha dos Prefeitos a Brasília é encerrada com entrega da pauta de reivindicações ao Ministro das Relações Institucionais

Foto: AMM

A Marcha dos Prefeitos a Brasília encerrou na tarde de quarta-feira, 3, com a entrega da pauta de reivindicações ao Ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha. Os pontos principais da mobilização são a recomposição das perdas do ICMS, repasse do Fundo de Participação dos Municípios e a liberação de recursos das contas vinculadas.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O prefeito de São Luiz Gonzaga e presidente da Associação dos Municípios das Missões, Sidney Brondani, que retornou ao município durante a madrugada desta quinta-feira, 4, avalia que são solicitações possíveis de serem atendidas, principalmente a questão dos recursos de contas vinculadas, bastando um ato administrativo que libere a utilização no caixa livre. Brondani disse ainda que se essas pautas não forem atendidas haverá muita dificuldade até o fim do ano, acrescentando que muitos serviços essenciais podem não ser atendidos.

De modo geral, o presidente da AMM relatou que até o momento não há nenhum resultado positivo. “Tenho uma esperança muito tênue que vão encaminhar. A pressão dos prefeitos foi visível, tanto na Câmara como no Senado”, destacou.

O prefeito de São Pedro do Butiá, José Henrique Heberle, citou que como é o último ano de mandato das gestões atuais, o recurso do Fundo de Participação dos Municípios poderá ser a salvação. Ele salientou a força do movimento, que teve mais de 400 municípios representados, e concluiu citando a expectativa que os diálogos estabelecidos tenham sido suficientes para sensibilizar as autoridades.

Fonte: Rádio São Luiz