Audiência Pública mobiliza lideranças políticas de nove municípios para buscar emendas necessárias para quitação de débitos e instalação da UTI no Hospital São Luiz Gonzaga

2caf6e68-ed9d-477b-821d-aa232058e5b9
2caf6e68-ed9d-477b-821d-aa232058e5b9

Em Audiência Pública realizada na tarde desta quarta-feira, 13, no plenário da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga, a direção do hospital foi convidada a expor para prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários e assessores parlamentares da região a situação das finanças da instituição e o tão sonhado projeto de implantação de Unidade de Tratamento Intensivo – UTI.

Na oportunidade, a administradora Íria Diedrich, juntamente com o médico coordenador do Corpo Clínico Luis Grings e o responsável pelos projetos técnicos da instituição, Tiago Dal Santo, apresentaram o montante de recursos ainda devidos ao hospital por parte do Estado e União, os quais resultam em mais de R$ 1,5 milhão ao ano. Além disso, o projeto da UTI e a estimativa de custos para sua implantação e manutenção também foram explanados, bem como a necessidade de São Luiz contar com uma Unidade do tipo, tendo em vista que o Hospital São Luiz Gonzaga atende à população de nove municípios da microrregião missioneira que dependem do atendimento médico no município.

Após as explanações, a vereadora Ana Barros (PT), organizadora da Audiência, debateu com os presentes sobre a possibilidade de se firmar um compromisso mútuo entre as lideranças para buscar aportar os recursos que seriam a solução para as questões apresentadas: as emendas parlamentares de deputados com representatividade na região.

DEPUTADO ASSEGURA R$ 1 MILHÃO AO HOSPITAL EM 2020 – Assim, em deliberação entre os presentes, ficou definido que cada liderança política estará pleiteando junto a seus deputados e senadores o encaminhamento de recursos para o Hospital São Luiz Gonzaga através de emendas, as quais seriam utilizadas como verba de custeio e também para contemplar a instalação da UTI. Nesse intuito, o assessor do deputado Paulo Pimenta (PT), Sidney Cardoso, presente na reunião, anunciou que o parlamentar se comprometeu com o aporte de R$ 1 milhão para o Hospital a ser destinado no ano de 2020. Assim, foi conclamado para que todas as forças políticas busquem a seus representantes na esfera federal um comprometimento para a destinação de verbas de forma uníssona, independentemente de sigla partidária.

O médico Luis Grings avaliou, ao final da reunião, como um resultado muito positivo. Para ele, “foi sentido que a comunidade quer se unir em prol do hospital e da UTI. Assim, como o anunciado pelo deputado Paulo Pimenta, se cada deputado federal e senador que obtiveram votos nos nove municípios da região se comprometerem com esse objetivo, podemos, sim, conseguir os R$ 8 milhões necessários para reequilibrar as contas do hospital e instalar e manter em funcionamento a UTI e montar a hemodiálise, tornando o HSLG como um grande hospital logo ali adiante. Esse é o sonho da nossa comunidade”, destacou.

Ficou acertado que o pleito será encaminhado em Brasília nos próximos dias, com os prefeitos e vereadores presentes nos encontros que ocorrerão no mês de março e abril. Após isso, uma nova audiência será realizada em São Luiz Gonzaga no dia 8 de maio para avaliar os resultados e os compromissos firmados pelos parlamentares junto à causa do Hospital São Luiz Gonzaga.

Fonte: Emerson Scheis/Rádio São Luiz

 

Mais recentes em radiosaoluiz.com