Bossoroca

Prefeitura de Bossoroca publica decreto com restrições para frear avanço da Covid-19

(Arquivo/Divulgação)

Bossoroca – A Prefeitura de Bossoroca publicou na sexta-feira, 12, o decreto nº 5.522/2021 que aplica medidas emergências, numa tentativa de conter o avanço da Covid-19 em Bossoroca. Tendo em vista o aumento de casos, conforme boletim epidemiológico de sexta, 15 casos ativos são registrados e 17 em isolamento domiciliar.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

As medidas contidas no decreto foram decididas pelo Comitê de Crise que se reuniu na última quinta-feira,11, seguindo os protocolos da AMM e poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município. Conforme o decreto, os estabelecimentos comerciais poderão permitir ingresso de clientes somente até as 24 horas, com tolerância máxima de permanência de 1h, após esse horário somente tele- entrega. No que tange aos clubes sociais, esportivos e similares, poderão abrir para o público com a finalidade de atividades físicas, esportes individuais e coletivos. Brinquedos infantis, saunas, piscinas, churrasqueiras (quiosques) e demais locais de entretenimento também estão liberados. Ressalta-se que as churrasqueiras e quiosques devem ser utilizados por membros do mesmo núcleo familiar.

Para a prática de esportes coletivos é necessário respeitar as regras previstas no Termo de Responsabilidade Sanitária publicado no site da Prefeitura Municipal. Fica permitida a realização de torneios esportivos amadores, desde que somente entre atletas do mesmo município e sem público. Respeitando-se as regras previstas no Termo de Responsabilidade.

LOTAÇÃO MÁXIMA

Deve-se observar a lotação máximo de 50% do espaço de acordo com a capacidade do local em todos os eventos e deve-se manter o distanciamento social e uso de máscara enquanto não estiver consumindo. As reuniões familiares devem observar as regras para evitar aglomeração, devendo sua realização ser passível de autorização mediante o TERMO DE RESPONSABILIDADE SANITÁRIA PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS. Fica proibida a abertura de pistas de dança e sua prática (danças/ bailes/ sarais e afins).

IGREJAS

Em relação às missas e os serviços religiosos, a capacidade máxima será de 50%, sendo obrigatória a proibição de consumo de alimentos e bebidas, exceto o estritamente necessário para a realização do ritual ou celebração (por ex.: eucaristia ou comunhão), recolocando a máscara imediatamente depois, o uso de máscaras e a ocupação intercalada de assentos com distanciamento mínimo de 1,5 metros entre as pessoas.

CRIME

Constitui crime, nos termos do disposto no art. 268 do Código Penal, infringir determinação do Poder Público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Fica proibido o consumo de bebidas em vias públicas. Os estabelecimentos deverão, além de todas as normas obrigatórias exigidas no Decreto Estadual 55.882 de 15 de maio de 2021, utilizar o tapete sanitário nas entradas, e respeitar o distanciamento de 1,5m nas filas.

As medidas aqui decretadas serão passíveis de multas; tanto ao proprietário quanto ao organizador e aos participantes, assim como as demais sanções previstas em Lei.

Leia o decreto na íntegra: https://bityli.com/8sczPR

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Bossoroca e comitiva das Missões participam de Feira Internacional de Turismo em Gramado

(Divulgação)

Bossoroca e São Nicolau – Uma comitiva missioneira liderada pelo Diretor do Detur/Funmissões, prefeito de São Miguel das Missões, José Roberto, participou do Festival de Turismo de Gramado, que aconteceu dos dias 4 a 6 de novembro. Durante os três dias de evento, a comitiva promoveu o Destino Missões, roteiros, atrativos e experiências que fazem parte da rota turística das Missões Jesuíticas-Guarani e o Caminho dos Jesuítas, que integra cinco países (Argentina, Brasil Bolívia, Paraguai e Uruguai).

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Participaram a Secretaria de Administração e Turismo de Bossoroca, com Patrícia Marques e assessora Talita Siqueira. A Buena Terra mostrou aos visitantes de todo o país nossas belas paisagens, pontos turísticos e eventos tradicionais.

De acordo com Patrícia Marques, o objetivo, além de buscar visibilidade para a cidade junto com os demais municípios da região missioneira, é também a busca por novos roteiros turísticos para Bossoroca. “Foi uma ótima oportunidade onde divulgamos a cidade como destino, pois o público que frequenta está em busca de atrativos para conhecer e também comercializar”, destaca a titular da pasta.

Ela também concedeu entrevista a uma emissora do Estado do Pará, levando o nome de Bossoroca a outros cantos do Brasil.

Além de Bossoroca, a Região das Missões foi representada por um grupo de São Nicolau. A equipe da Primeira Querência do Rio Grande levou para a feira cambonas, trempe e gamela com bolos fritos, tradicionais do evento Café de Cambona.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Prefeito Juca fala sobre comportamento da pandemia e programa habitacional de Bossoroca

(Arquivo/Rádio São Luiz)

Bossoroca – O prefeito de Bossoroca, José Moacir Fabrício Dutra, falou ontem, 05, sobre a situação da pandemia no município e sobre o programa habitacional que visa oportunizar a compra de terreno com preço mais acessível pela comunidade. O primeiro tema preocupa o gestor, principalmente pelos exemplos vindos da Europa, onde uma nova onda de casos começou a surgir.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Juca disse que a situação na comunidade está relativamente tranquila. Só uma pessoa (ontem) estava em monitoramento. Contudo, deixou claro que por se tratar de uma pandemia sempre é uma “situação preocupante”.

“Devemos ter cuidados, cumprir as medidas sem pânico, sem exageros, sem criar traumas. Mas dizer bem claro que devemos ter cuidados. Temos que mudar o conceito e maneira de viver em função desta pandemia”, comentou Juca. “Hoje estamos em um momento bom, só uma pessoa isolada, mas não é por isso que vamos fazer festa, largar tudo e agir como agíamos”, acrescentou.

Quanto ao segundo tópico da entrevista, o chefe do Executivo explicou que o objetivo do programa é oferecer aos mais jovens, especialmente os casais, a oportunidade de adquirir um terreno para construção do seu imóvel. O prefeito comentou que há uma supervalorização dos preços no município, o que acarreta em um grande número de terrenos baldios na área urbana.

Juca busca, com o programa, encontrar uma alternativa que contorne esta realidade e facilite que estes jovens possam buscar um financiamento na Caixa. A Lei de criação do programa já está elaborada e ele se encontra na comissão de escolha de inscrições. São 15 terrenos que devem ser comercializados para famílias de baixa renda.

Fonte: Rádio São Luiz

Abertas as matrículas e rematrículas na rede municipal de ensino em Bossoroca

(Divulgação)

Bossoroca – O período para matrículas e rematrículas na rede municipal de ensino em Bossoroca está aberto, conforme edital nº38/2021 (https://bit.ly/3niNrAx). Será de 18 de outubro a 11 de dezembro de 2021 e, em segunda etapa, a partir de 1º de fevereiro de 2022.

Receba as nossa notícias no WhatsApp

As rematrículas dos alunos deverão ser feitas pelos pais ou responsáveis pelos alunos com até 18 anos, podendo ser feita pelo próprio aluno com 18 anos completos ou mais. No ato das matrículas ou rematrículas, deverá ser exigido o número do cartão do SUS, RG e CPF do educando e do responsável.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Bossoroca publica edital para cadastramento, seleção e venda de lotes urbanos do programa habitacional ‘Meu 1º Imóvel’

(Divulgação)

Bossoroca – Na manhã de quinta-feira, 21, a Prefeitura de Bossoroca publicou o edital de nº 37/2021, que torna público para conhecimento de quantos possam interessar que fará realizar cadastramento, seleção e venda de 15 lotes urbanos, referente ao programa de desenvolvimento urbano: “Meu 1º Imóvel”, de autoria do Executivo.

Receba as nossa notícias no WhatsApp

Os interessados em participar da presente seleção deverão apresentar a documentação necessária que está no edital. Leia na integra (https://bit.ly/3lZ1M5Q).

Para adquirir um dos 15 lotes do Loteamento Residencial João Manoel Cardinal Torres, poderão participar deste certame moradores de Bossoroca que atendam os critérios descritos no edital.

Dúvidas podem ser sanadas com a Comissão Municipal, que fará acompanhamento de todas as etapas: os servidores municipais representantes do poder executivo Mauricio Ferrari Bica, Vivian Nascimento Oliveira, Pamela Olin de Moura Nunes, Sabrina Vaz Moreira e representante do poder legislativo, Avelino Tadeu Sá Quevedo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Prefeito Juca Dutra, de Bossoroca, cumpre agenda em Brasília

Juca Dutra durante encontro com o senador Luis Carlos Heinze (Foto: Divulgação)

Brasília – Nesta semana, o prefeito José Moacir Fabrício Dutra cumpre agenda oficial em Brasília em busca de recursos para o desenvolvimento de projetos para o município. Juca Dutra vem intensificando suas agendas junto a órgãos estaduais e federais, com a proximidade do fim de ano. Ele quer garantir o empenho do máximo de recursos e emendas, principalmente para o próximo ano.

Receba as nossa notícias no WhatsApp

Entre as demandas estão buscas por melhorias para os setores das áreas da saúde, assistência social, infraestrutura, turismo e educação. A agenda terá sequência nesta quarta-feira.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Bossoroca e Santo Antônio das Missões completam 56 anos de emancipação

(Divulgação)

Bossoroca e Santo Antônio das Missões – Os dois municípios missioneiros completam nesta terça-feira, 12, 56 anos de emancipação político-administrativa. Bossoroca, antes de 1965, pertencia ao município de São Luiz Gonzaga; Santo Antônio das Missões era distrito de São Borja.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Em homenagem às comunidades, a Rádio São Luiz apresentou hoje, durante o programa Olho Vivo, um especial com os gestores dos municípios, Juca Dutra e Beto Nascimento, de Bossoroca, e Felisberto Ferreira, de Santo Antônio das Missões, para falar sobre o histórico, desafios atuais e projeções para o futuro pós-pandemia.

O programa na íntegra está disponível na nossa página no Facebook e pode ser ouvido neste link (aqui).

Fonte: Rádio São Luiz

Escolhidas as novas Soberanas do município de Bossoroca

(Divulgação)

Bossoroca – Foi realizada ontem, 11, a solenidade de escolha das novas Soberanas do município de Bossoroca. Amanda De Carli Nascimento, Karine Ferreira Marques e Tainá De Carli Nascimento assumem os postos pelos próximos dois anos.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

O evento ocorreu no Clube 3 de Julho. Houve transmissão ao vivo pela página da prefeitura no Facebook.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Bossoroca

Escolha das Soberanas de Bossoroca terá transmissão virtual

(Divulgação)

Bossoroca – O evento de escolha das Soberanas de Bossoroca será realizado nesta segunda-feira, 11, no Clube 3 de Julho, a partir das 20h. O público poderá acompanhar a transmissão pela página da prefeitura no Facebook.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Amanda De Carli Nascimento, 19 anos, Eduarda Campagnolo, 16 anos, Karine Ferreira Marques, 17 anos, Tainá De Carli Nascimento, 15 anos, e Xaiane de Moura Cortes, 19 anos, são as candidatas. As três vencedoras ocuparão o posto pelos próximos dois anos.

A animação do evento será por conta de André Canterle e Grupo na Força do Braço. Haverá sorteio de brindes durante a live.

Fonte: Rádio São Luiz

Bossoroca lança projeto habitacional “Meu 1° Imóvel”

(Divulgação)

Bossoroca – Ontem, 28, Bossoroca divulgou a lei nº 4.628/2021, que criou o programa municipal de desenvolvimento habitacional “Meu 1º Imóvel”. O texto foi aprovado pela Câmara de Vereadores, oportunizando que agora possa ser ampliado o acesso a lotes urbanos com infraestrutura para a população que visa adquirir sua casa própria.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

A lei autoriza o Executivo promover o cadastramento, selecionar e outorgar escritura de venda de 15 lotes urbanos no chamado “Residencial João Manoel Cardinal Torres”. Para participar, as pessoas deverão atender critérios, entre eles, não ter sido beneficiado com outro programa habitacional do município nos dez anos anteriores da publicação da Lei; ser morador de Bossoroca, com residência fixa de no mínimo 1 (um) ano no município, sendo necessário comprovação de no mínimo três meses no mesmo endereço; não possuir nem ser proprietário de outro imóvel em seu nome ou de seu cônjuge. A renda familiar mensal não pode exceder cinco salários mínimos nacionais.

Conforme o prefeito José Moacir Fabrício Dutra, essa lei vai beneficiar principalmente os casais mais jovens que desejam construir sua casa própria em terrenos disponibilizados pelo município com valores mais acessíveis. “Vamos fazer um edital público, para as pessoas se inscreverem e dentro dos critérios estabelecidos na Lei, beneficiar as famílias de baixa renda”. “Em nosso município o custo dos terrenos são muito altos no centro da cidade e, em função disso, fizemos avaliação desses terrenos públicos, loteamos, e vamos disponibilizar esses 15 lotes para as 15 primeiras famílias que se enquadrarem dentro dos critérios que determina a legislação”, comentou o chefe do Executivo.

O valor de cada lote, assim como sua descrição, consta na matrícula e na avaliação da Comissão Específica para este fim, que foi designada pela Portaria 264/2021 anexa ao Projeto de Lei. A construção da unidade habitacional será de responsabilidade do beneficiário e deverá ser iniciada no prazo máximo de 12 meses e finalizada em até 24 (vinte e quatro) meses após o início da obra.

O valor arrecadado na venda dos lotes será vinculado à construção de unidades habitacionais à famílias de baixa renda ou em estado de vulnerabilidade social.

Mais informações podem ser obtidas com os membros da Comissão Específica, formados por: Maurício Ferrari Bica (Secretaria da Administração), Vivian Nascimento Oliveira (CRAS), Pamela Olin de Moura Nunes (Secretaria de Agricultura), Sabrina Vaz Moreira (Assessoria Jurídica) e Avelino Tadeu Sá Quevedo (Câmara de Vereadores). Para ler a lei completa, clique no link (https://bit.ly/3F2ptlh).

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca