Bossoroca

Bossoroca encaminha coleta ao Lacen para diagnóstico de paciente que morreu na madrugada desta quinta-feira

(Imagem Ilustrativa)

Caso é considerado suspeito de estar relacionado com a Covid-19

O município de Bossoroca registrou a morte de uma paciente com suspeita de Covid-19 na madrugada desta quinta-feira (30/7). A paciente estava em isolamento domiciliar, acompanhada pela Secretaria Municipal de Saúde, aguardando o tempo para realizar o teste rápido.

A senhora que acabou falecendo procurou atendimento médico durante a madrugada e foi encaminhada ao Hospital São Luiz Gonzaga, onde não resistiu. A orientação repassada para os serviços de saúde foi de realizar coleta e encaminhar para o Lacen para um diagnóstico correto.

Conforme o boletim mais recente, o município registrou 10 casos confirmados de coronavírus. Destes, sete são casos ativos e três de pessoas recuperadas.

Ontem, o prefeito José Moacir Fabrício Dutra publicou novo decreto estabelecendo novas restrições e vedando, por exemplo, prática de festas campeiras como rodeios, castrações/marcações, entre outras atividades que causem aglomeração. Também estão proibidas as práticas de esportes coletivos por tempo indeterminado. Antes o município já havia editado publicação proibindo a realização de encontros religiosos.

Fonte: Rádio São Luiz

Município de Bossoroca confirma mais um caso positivo de Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Segundo vigilância em saúde, paciente está assintomático

Na manhã desta sexta-feira (24/07), o município de Bossoroca, através de teste rápido, confirmou mais um caso positivo de coronavírus, o 5º no município. Trata-se de um homem de 59 anos, hipertenso e diabético, residente no centro da cidade. Este paciente já cumpria isolamento por precaução e havia testado negativo anteriormente, mas devido a um contato familiar ter testado positivo nesta semana, o teste foi repetido nesta manhã, sendo então positivo. Os dois pacientes encontram-se assintomáticos e em bom estado geral.

O Coordenador de Vigilância em Saúde, Rodrigo Comassetto de Farias, juntamente com sua equipe, realizou investigação epidemiológica novamente em todos os contados domiciliares e possíveis contatos deste paciente, sendo todos negativos até o momento. Com a confirmação deste caso positivo, a vigilância reforça a informação de que o vírus circula pela cidade e, por isso, pede que a comunidade redobre os cuidados.

As pessoas devem procurar atendimento médico ao sentir qualquer um dos sintomas compatíveis com Covid-19 (febre, tose seca, cansaço, dor de garganta, dores no corpo, dor de cabeça, diarreia, conjuntivite, perda de olfato e/ou paladar, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor ou pressão no peito), mesmo aqueles considerados leves, pois quando se busca o atendimento numa fase inicial da doença é possível evitar o agravamento. Esta nova diretriz busca evitar mortes e o agravamento da doença, que, consequentemente, compromete a estrutura de atendimento.

“O tratamento precoce tem uma resposta mais assertiva, evitando piora e a necessidade de respiradores”, disse Rodrigo.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Brigada Militar e Vigilância Sanitária voltam a encontrar mercadorias impróprias para consumo em Bossoroca

(Foto: Divulgação/BM)

Principais ocorrências atendidas pelo 14º Batalhão de Polícia Militar nas últimas 24 horas.

Posse de entorpecente – São Luiz Gonzaga

Durante patrulhamento foi abordado um indivíduo em via pública e encontrado com ele duas pedrinhas com características de crack. Confeccionado um Termo Circunstanciado para o autor e a droga apreendida.

Crimes contra ordem tributária – Bossoroca

Foi realizada operação em conjunto com a Secretaria da Agricultura e Vigilância Sanitária do município, onde foram vistoriados mercados e açougues. Em um dos estabelecimentos foram encontradas várias mercadorias sem procedência e outras impróprias para consumo. O proprietário do mercado foi conduzido preso em flagrante para Delegacia de Polícia e os produtos inutilizados pela Vigilância Sanitária.

Porte ilegal de arma de fogo – Dezesseis de Novembro

A Brigada Militar, durante patrulhamento ostensivo no interior do município, realizou a abordagem de um indivíduo tripulando uma motocicleta. O condutor portava uma espingarda e munições cal.20 sem possuir registro e porte. Diante disso, foi preso e apresentado na Delegacia de Polícia para o registro da ocorrência. O veículo estava com irregularidade no licenciamento, sendo autuado e recolhido ao depósito do guincho.

Fonte: Assessoria de Comunicação do 14º BPM

Bossoroca registra novo caso de coronavírus

(Imagem: Divulgação)

Paciente é uma mulher de 45 anos que reside no centro da cidade

O município de Bossoroca registrou um novo caso de coronavírus nesta segunda-feira (20/7). Trata-se de uma mulher de 45 anos, hipertensa e diabética, residente no centro da cidade. Esta paciente já cumpria isolamento por precaução e hoje realizou a testagem, a qual é realizada em todos os pacientes que se encontram em isolamento, conforme protocolo do Ministério da Saúde.

O Coordenador de Vigilância em Saúde, juntamente com sua equipe, realizou investigação epidemiológica em todos os contados domiciliares e possíveis contatos desta paciente, sendo todos negativos.

Com o caso positivo, a pasta “confirma que o vírus já circula pela cidade” e pede que a comunidade redobre os cuidados.

“Peço aos pacientes que procurem atendimento médico ao sentir qualquer um dos sintomas compatíveis com Covid-19, mesmo aqueles considerados leves, pois quando se busca o atendimento numa fase inicial da doença, é possível evitar o agravamento. Esta nova diretriz busca evitar mortes e o agravamento da doença, que, consequentemente, compromete a estrutura de atendimento”, disse o coordenador Rodrigo Comasseto de Farias.

“O tratamento precoce tem uma resposta mais assertiva, evitando piora, evitando necessidade de respiradores. Estamos preparados para receber os pacientes”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Bossoroca

Locais impróprios para abate de animais e mercados são fiscalizados em Bossoroca

(Imagem: Divulgação/BM)

Preocupados com a situação de prejuízo a saúde pública a Brigada Militar prestou apoio aos agentes responsáveis pela fiscalização, após receber diversas denúncias de carnes em estado de conservação indevido e abates clandestinos no município de Bossoroca. Na tarde de sexta-feira (10/7), após inspecionar três estabelecimentos que fornecem carnes à população, três pessoas foram encaminhadas à Delegacia de Polícia para serem autuadas por crimes contra a ordem tributária. Um dos estabelecimentos era um matadouro clandestino. No local foi encontrado um animal sendo abatido. As condições do local são inadequadas e anti-higiênicas, conforme as fotos. Foi apreendida uma grande quantidade de carne, pela vigilância sanitária e foram de imediato, inutilizadas.

Riscos para a saúde

Saber a procedência dos produtos que são consumidos evita danos à saúde, com a carne não é diferente. Além de intoxicações alimentares, consumir o alimento sem a verificação da origem e inspeção de qualidade, pode ser porta de entrada para doenças transmitidas dos animais aos homens, as chamadas zoonoses. Carnes não inspecionadas ou em más condições sanitárias podem estar contaminadas por bactérias ou toxinas que trazem consequências a saúde do consumidor.

Carnes obtidas a partir de abate clandestino, locais impróprios sem estrutura e higiene adequada, podendo, assim ser vetores das doenças transmitidas dos animais para os homens como a tuberculose e brucelose.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar

Brigada Militar de Bossoroca apreende armas de fogo utilizadas em caça de animal silvestre

(Imagem: divulgação/BM)

Três homens foram presos em flagrante

Ontem (5/7), por volta das 22h20min, no Bairro Gaúcha, em Bossoroca, durante patrulhamento, mediante fundada suspeita, foi abordado, em via pública, um veículo no qual se encontravam três indivíduos. Após busca pessoal e veicular foram localizados os seguintes objetos: três espingardas, sendo uma marca Boito cal. 36, uma marca Rossi cal. 36 e uma marca Boito cal. 28; duas cartucheiras; 65 cartuchos intactos de plástico cal.36; 20 cartuchos intactos de plástico cal. 32; 08 cartuchos intactos de metal cal.36; 06 estojos deflagrados de plástico cal.36; uma cavadeira sem cabo; 03 lanternas grandes sem marca aparente; 04 facas de diversas marcas e tamanhos; 01 facão marca Corneta com aprox. 60 cm de lâmina com bainha de couro; um recipiente contendo em seu interior chumbo fino e 01 animal silvestre “tatu” morto.

Diante das circunstâncias foi dada voz de prisão aos três indivíduos, sendo os mesmos encaminhados para laudo médico e posteriormente apresentados, juntamente com o material apreendido, na Delegacia de Polícia de Bossoroca para procedimentos legais.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Brigada Militar

Bossoroca declara luto oficial por morte de ex-primeira-dama do município

(Foto: divulgação)

Geni Lubas Espindula tinha 93 anos e era viúva do ex-prefeito Luiz Olívio Espindula

Faleceu ontem (4/7), por volta de 12h45min, a ex-primera-dama do município de Bossoroca, Geni Lubas Espindula. Ela tinha 93 anos.

Em virtude do ocorrido, o atual prefeito, José Moacir Fabrício Dutra decretou luto oficial de três dias.

Decreto nº 5.267 de 04 de julho de 2020:

Declara luto oficial no município de Bossoroca.

O prefeito municipal de Bossoroca, RS, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, e considerando o falecimento de Geni Lubas Espindula – ex-primeira-dama do município de Bossoroca:

Art. 1º – Declara luto oficial de 3 (três) dias no município de Bossoroca-RS, nos dias 04, 05 e 06 de julho de 2020 devendo a bandeira do município ficar hasteada na forma da Lei.

Art. 2º – Ficam revogadas as disposições em contrário a este Decreto que terá validade a partir da data de sua publicação.

Palácio Municipal João Cândido Dutra, em Bossoroca, 04 de julho 2020.

Juca Dutra e Beto Nascimento falam sobre pré-candidatura à reeleição em Bossoroca

(Foto: divulgação)

Em Bossoroca estão definidos os nomes dos pré-candidatos ao Executivo no pleito deste ano. De um lado Chicão Jaeger e João Antunes, em uma coligação de seis partidos (PSDB, MDB, PDT, PT, PTB e PSB), de outro Juca Dutra e Beto Nascimento, do Progressistas, que vão concorrer à reeleição.

Segundo Juca, que a exemplo de seus opositores, foi entrevistado pela São Luiz, o objetivo de seguir no cargo é para dar andamento aos projetos que tiveram sua base estruturante construída nos últimos anos, mas que “precisam de mais de um período” para serem concluídas. Ele elenca, por exemplo, a área social como um dos segmentos que será beneficiado com essa estruturação.

O atual prefeito comentou que “a campanha é resultado daquilo que é feito ao longo da vida” e sobre a união de seus adversários políticos, disse que “o povo não está ligado a partidos”. “Estamos aberto para fazer um trabalho em conjunto. Dentro desses partidos, já tenho apoio de muita gente, com quem mantemos diálogo”, disse.

O atual mandatário ainda comentou o fato de concorrer com Chicão, que é ex-colega de partido e filho do ex-prefeito Ardi Jaeger. “Voto e trabalho não se transfere. A pessoa não herda, ela conquista. Espero que todos trabalhem em prol do progresso e desenvolvimento para que possamos juntos superar as dificuldades”, concluiu.

Beto Nascimento, que tem uma carreira política com quatro mandatos como vereador e dois como secretário de agricultura, frisou a importância da experiência e do conhecimento que ambos adquiriram ao longo da vida pública. Ele disse ainda que deve haver “diálogo com todos independente da sigla” e concluiu projetando progresso e qualidade de vida para pessoas da cidade e do interior.

Fonte: Rádio São Luiz

Bossoroca confirma o terceiro caso de coronavírus. Paciente contraiu doença dentro de hospital

(Imagem: divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde de Bossoroca confirmou nesta segunda-feira (22) o terceiro caso de Covid-19 no município. O paciente é um idoso de 76 anos, que está hospitalizado em Passo Fundo. Ele estava na unidade para fazer uma manutenção no marca-passo cardíaco e, segundo a nota, contraiu o vírus na unidade.

Ele realizou teste rápido que teve resultado negativo, mas devido a persistência dos sintomas realizou a coleta de material genético, que foi enviada ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul, a qual confirmou a doença.

Segundo o comunicado, o estado de saúde do idoso é bom. “A equipe de Vigilância em Saúde já está realizando investigação epidemiológica em todos os familiares que tiveram contato com o paciente e cuidadores neste período de internação”, diz a nota. Os outros dois pacientes testados são um casal, que se recuperam bem.

Fonte: Vigilância em Saúde de Bossoroca

Chicão Jaeger e João Antunes falam sobre pré-candidatura ao Executivo de Bossoroca

Chicão e João Antunes lideram coligação de seis partidos. (Foto: divulgação)

Pré-candidatos defendem campanha civilizada e de respeito entre adversários políticos

Os pré-candidatos a prefeito e vice de Bossoroca, Nestor Jaeger, popular Chicão (PSDB), e João Antunes (MDB), falaram nesta quinta-feira (18) sobre os motivos que os levaram a se colocarem à disposição de suas siglas. Ao lado do PDT, PT, PTB e PSB, eles formam a União Popular (UP), coligação formalmente anunciada no último sábado, dia 13.

Segundo Chicão, a ideia de ser pré-candidato é alimentada pelo diálogo que vem tendo com a população e a vontade de que “algo diferente aconteça”. Ele lembrou que a família sempre teve suas atividades em Bossoroca e que agora chegou a vez de colocar seu nome em prol do município.

Chicão, que é filho do ex-prefeito Ardi Jaeger, citou que a ligação com João Antunes é “fruto de uma boa sintonia” e que as propostas de governo serão construídas por meio do diálogo com a população e entidades. Ele acrescentou que terá o cuidado para elaborar um plano que esteja dentro da possibilidade de ser cumprido.

Sobre o grande número de partidos (seis ao total) e como fará para distribuir os cargos em uma eventual eleição, o pré-candidato disse que desde já está tendo cuidado de conversar com as lideranças e que colocará “as pessoas certas nos locais certos”. “Formaremos as secretarias que satisfaçam os munícipes”.

Chicão acrescentou que espera e trabalhará por uma campanha alicerçada no respeito e bom entendimento entre todos. “Moramos em um município pequeno e quando terminar essa campanha vamos continuar as nossas vidas”, comentou.

Já o pré-candidato a vice, João Antunes, que já foi vereador no município, comentou que Bossoroca tem notoriedade na arte, história e cultura, mas sofre com muitas carências. Ele citou, como exemplo, a necessidade de criar mecanismos de geração de emprego e renda, incentivos à agricultura familiar e resolver os problemas habitacionais.

No mesmo tom de Chicão, ele disse esperar uma campanha civilizada e com diálogo. “Vamos traçar nossos objetivos e elaborar um bom plano de governo, que possa melhorar as questões que ainda patinam no tempo. Sempre é possível melhorar”, concluiu.

Fonte: Rádio São Luiz