Coronavírus

São Luiz Gonzaga está com 58 casos ativos de Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Boletim divulgado hoje informa 14 novos casos confirmados

A Secretaria Municipal de Saúde de São Luiz Gonzaga divulgou hoje (27) o boletim de número 144. Conforme o levantamento, o município chegou aos 381 casos confirmados. Destes, 312 estão recuperados, 58 são ativos e 11 morreram. O número de pacientes internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em São Luiz Gonzaga (suspeitos ou confirmados) atualmente é de 4 pessoas.

Abaixo os dados computados hoje:

Testes rápidos 

Mulheres – 56 anos (assintomática), 51 anos e 44 anos (ambas com sintomas leves)

Homens – 51 anos e 34 anos (assintomáticos)

Os pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde

Testar RS (exames realizados pelo Lacen/RS em pessoas com sintomas gripais) 

Homens – 23, 32 e 37 anos (pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde)

Mulheres – 20, 21, 47, 58, 59 e 69 anos (pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde)

AVISOS   

Reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem em casa, saindo apenas em casos de extrema necessidade; usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.    

A ESF Centro realiza o atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas respiratórios. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Região das Missões apresenta piora nos indicadores e volta para bandeira vermelha

Indicadores da macrorregião Missioneira pioram: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo são classificadas como risco epidemiológico alto

Depois de duas rodadas sem regiões classificadas como risco epidemiológico alto, o mapa preliminar da 25ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (23/10), voltou a apresentar bandeira vermelha. Presentes também há duas rodadas, as bandeiras amarelas (risco epidemiológico baixo) deram lugar, novamente, a bandeiras laranjas (risco epidemiológico médio).

As regiões de Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo – todas da macrorregião Missioneira, que estavam na bandeira laranja –, também apresentaram piora nos indicadores e voltaram para a bandeira vermelha.

O número de novas hospitalizações (clínicas e UTI) confirmadas por Covid-19 chamou a atenção da equipe que monitora os indicadores de propagação do coronavírus. Entre as duas últimas semanas, o aumento foi de 21% – de 739 para 897. Esse aumento repercutiu sobre a elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. Para internados em UTI com a doença, a situação ficou relativamente estável, com leve aumento de 533 para 539. Óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, de 213 para 236.

No entanto, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados. A manutenção do total de leitos de UTI se traduziu novamente em aumento na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

O monitoramento diário desses indicadores permitirá ao governo identificar se essas oscilações são situações pontuais ou alguma tendência mais consistente ao longo do tempo. De qualquer maneira, há a necessidade de a população reforçar os cuidados pessoais, como o uso de máscara e a higienização das mãos, e o distanciamento pessoal, além de evitar ao máximo as aglomerações.

Região Santo Ângelo (em cogestão): além do agravamento dos indicadores da macrorregião Missioneira, houve especificamente na região elevação nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias – de 29 para 33. Santo Ângelo registrou aumento de 12 para 15 no número de leitos de UTI ocupados por SRAG. Com isso, houve redução proporcional na disponibilidade de leitos destinados ao tratamento intensivo de pacientes: agora são 12 unidades livres e, na semana passada, eram 15.

Fonte: Governo do Estado RS

São Luiz Gonzaga registra o 11º óbito em decorrência da Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Informação foi divulgado no boletim epidemiológico desta quinta-feira (22)

O boletim epidemiológico de hoje (22) informa dois novos casos confirmados de Covid-19. Um por meio de teste rápido (uma mulher de 29 anos, sintomas leves) e um por meio de exame realizado pelo Lacen/RS (mulher, 34 anos, sintomas leves).

O município também registrou nesta quinta-feira, o 11º óbito em decorrência da COVID-19. O paciente, de 61 anos, foi atendido no Hospital São Luiz Gonzaga no dia 8 de outubro e transferido no mesmo dia para leito de UTI em Santa Rosa, falecendo hoje.

Até o momento o município registrou 344 casos. São 296 recuperados, 37 ativos e 11 óbitos. Atualmente, oito são-luizenses estão hospitalizados pela doença, um em leito de UTI.

AVISOS

Reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem em casa, saindo apenas em casos de extrema necessidade; usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.

A ESF Centro realiza o atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas respiratórios. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Sem recursos, mapa definitivo da 24ª rodada do Distanciamento Controlado tem três regiões em amarelo e 18 em laranja

(Imagem: Divulgação)

O Gabinete de Crise confirmou, ontem (19/10), o mapa do modelo de Distanciamento Controlado divulgado na sexta-feira (16/10). Sem o recebimento de recursos, o mapa definitivo da 24ª rodada segue com três regiões com risco baixo, em cor amarela, e 18 regiões com risco médio, em bandeira laranja. As regiões Covid em bandeira amarela são Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões. As bandeiras são válidas da 0h de terça-feira (20/10) até as 23h59 de segunda-feira (26/10).

Essa foi a terceira vez que o mapa preliminar não recebeu pedidos de reconsideração. As outras duas ocorreram na 21ª e na 22ª rodadas. A queda no número de solicitações se deve ao sistema de cogestão, além da redução nos indicadores do avanço da doença, que trouxe a predominância da bandeira laranja.

Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema compartilhado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo – Cachoeira do Sul, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Lajeado, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Taquara

Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional

Atividades presenciais nas escolas

Como o Estado está, há duas semanas consecutivas, sem registro de regiões em bandeira vermelha, todas as 21 regiões Covid estão autorizadas a retomar ou manter as atividades presenciais nas escolas.

Vale lembrar que eventos de grande porte só podem ser retomados em municípios que autorizaram e que estão no processo de retomada escolar. A condição foi estabelecida como forma de elencar uma prioridade na retomada de atividades.

Leia mais: Prefeitura de São Luiz Gonzaga publica decreto suspendendo retorno das aulas presenciais até dia 31 de outubro

Fonte: Governo do Estado RS

Cresce o número de pessoas com a Covid-19 hospitalizadas em São Luiz Gonzaga

(Imagem: Divulgação)

Comunicado divulgado pelo Hospital São Luiz informa que houve aumento de 175% em relação a sexta-feira (16/10)

O Hospital São Luiz Gonzaga divulgou comunicado na manhã desta segunda-feira (19/10) informando um aumento expressivo de internações na “ala covid”. Segundo o documento, 11 pessoas estão hospitalizadas. O aumento em relação aos casos de sexta-feira é de 175%.

Dos pacientes, oito tiveram teste positivo e três aguardam teste confirmatório. Os internos são de Roque Gonzales, Santo Antônio das Missões, Bossoroca e São Luiz Gonzaga, com idades de 26 a 82 anos.

Acesse a lista divulgada pelo hospital (aqui).

Fonte: Rádio São Luiz

Região das Missões permanece na Bandeira Laranja no modelo de Distanciamento Controlado

(Imagem: Divulgação/Governo do Estado)

Levantamento foi divulgado pelo Governo do Estado ontem (16/10)

A Região Missioneira foi novamente classificada na cor laranja no modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado. A classificação significa que a região tem risco epidemiológico médio. A mesma cor predominou em quase todo o Estado, a exceção foram as regiões de Cachoeira do Sul, Bagé e Palmeira das Missões, que estão em bandeira amarela (risco baixo).

Confira a nota técnica da Região das Missões

Nesta rodada do Distanciamento Controlado, as quatro regiões Covid obtiveram média final com avaliação de bandeira laranja: Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí e Santa Rosa.

Os registros de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias aumentaram 14%, passando de 64 para 73 na macrorregião (somando as quatro regiões Covid). Com relação a SRAG, enquanto há 7 dias atrás havia 49 internados, a quantidade de
pacientes reduziu para 42 no último dia. No caso de internados por Covid19 em leitos clínicos, o número de pacientes passou de 48 para 54, um aumento de 12,5%. Porém, houve redução de 25% no número de internados por Covid-19 em leitos de UTI, de 40 para 30 pacientes.

Somaram 10 óbitos registrados nos últimos 7 dias na macrorregião, ao passo que chegam a 557 casos ativos. São 1.954 os recuperados.
O indicador relacionado à capacidade de atendimento melhorou no comparativo entre as semanas, avançando para a bandeira laranja. O percentual de pacientes confirmados para Covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, diminuiu. Enquanto na semana passada havia 1,26 leitos de UTI livres para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador passou para 1,70.

No comparativo do número de leitos livres de UTI no último dia para atender Covid-19 entre as duas quintas-feiras, verifica-se um aumento no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19, passando de 48 para 51, fazendo com que o indicador tenha atingido bandeira amarela.

Portanto, com as variações nos números de internados e na velocidade do avanço da doença, os dois indicadores macrorregionais que mensuram número de pacientes internados em UTI (por SRAG e por Covid-19) obtiveram bandeira amarela. O indicador de internados em leitos clínicos (Covid-19), por sua vez, manteve-se na bandeira vermelha na macrorregião. Os indicadores de capacidade de atendimento e de mudança na capacidade de atendimento, mensuradas pela macrorregião, obtiveram bandeira laranja e amarela, respectivamente.

Fonte: Governo do Estado RS

São Luiz Gonzaga está com 34 casos ativos de Covid-19

(Foto: Divulgação)

No entanto, somente duas pessoas estão hospitalizadas

A Secretaria Municipal de Saúde de São Luiz Gonzaga divulgou hoje (14/10) o boletim de número 135. Conforme o gráfico, São Luiz Gonzaga está com 34 casos ativos de Covid-19. Ao todo, desde que iniciou a pandemia, o município já confirmou 311 casos. Destes, 267 estão recuperados. A doença fez 10 vítimas fatais.

O levantamento revela que destes casos ativos, dois estão hospitalizados. Um em leito de UTI e outro em unidade semi-intensiva. Ambos estão internados fora da cidade.

No Hospital São Luiz Gonzaga o número de internados na “ala covid” se mantém estável desde ontem. Apenas um paciente, de 66 anos, natural de Pirapó, está internado.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de São Luiz Gonzaga

São Luiz Gonzaga registra 10º óbito em decorrência da COVID-19

(Imagem: Divulgação)

Paciente tinha 80 anos e estava na UTI do Hospital Santo Ângelo

O município registrou na tarde de hoje (9/10), a 10ª morte em decorrência da COVID-19. A paciente – uma mulher de 80 anos – deu entrada no Hospital São Luiz Gonzaga no dia 29 de setembro e foi transferida no mesmo dia para a UTI do Hospital Santo Ângelo.  

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado (nº 133), até o momento, São Luiz Gonzaga registrou 298 casos da doença, com 262 pacientes recuperados.  

Leia mais: Região das Missões permanece na bandeira laranja. Estado volta a ter bandeiras amarelas

ATENDIMENTO  

Os pacientes que apresentarem sintomas de síndrome gripal devem procurar a ESF Centro (ao lado do INSS), a qual realiza o atendimento exclusivo desses casos. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas.  

Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Região das Missões permanece na bandeira laranja. Estado volta a ter bandeiras amarelas

(Imagem/Divulgação)

Dos 497 municípios gaúchos, 284 não apresentaram registro de hospitalizações e óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias

Pela primeira vez desde o fim de junho, o Rio Grande do Sul volta a ter regiões classificadas em bandeira amarela. A última vez que o RS havia apresentado regiões em risco epidemiológico baixo foi na oitava rodada, entre 30 de junho e 6 de julho. Na 23ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, divulgada nesta sexta-feira (9/10), o Estado só apresenta bandeira amarela e laranja (risco epidemiológico médio).

MACRORREGIÃO MISSIONEIRA

Nesta rodada do Distanciamento Controlado, as quatro regiões Covid obtiveram média final com avaliação de bandeira laranja: Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí e Santa Rosa.

Os registros de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias reduziram 11,1%, passando de 72 para 64 na macrorregião (somando as quatro regiões Covid). Com relação a SRAG, enquanto há 7 dias atrás havia 42 internados, a quantidade de pacientes aumentou para 49 no último dia. No caso de leitos clínicos, o número de pacientes
passou de 42 para 48, um aumento de 14%. E com relação aos internados por Covid-19 em leitos de UTI, o aumento foi de 14%, passando de 35 para 40 pacientes.

Leia mais: São Luiz Gonzaga registra 10º óbito em decorrência da COVID-19

O indicador relacionado a capacidade de atendimento piorou no comparativo entre as semanas, porém mantendo-se na bandeira vermelha. O percentual de pacientes confirmados para Covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, aumentou, e o nível ainda é considerado de risco alto. Enquanto na semana passada havia 1,26 leitos de UTI livres para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador passou para 1,20.

No comparativo do número de leitos livres de UTI no último dia para atender Covid-19 entre as duas quintas-feiras, verifica-se um aumento no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19, passando de 44 para 48, fazendo com que o indicador tenha atingido bandeira amarela.

Portanto, com as variações nos números de internados e na velocidade do avanço da doença, os dois indicadores macrorregionais que mensuram número de pacientes internados em UTI (por SRAG e por Covid-19) e o indicador de internados em leitos clínicos (Covid-19) obtiveram bandeira vermelha. Os indicadores de capacidade de atendimento e de mudança na capacidade de atendimento, mensuradas pela macrorregião, obtiveram bandeira vermelha e amarela, respectivamente.

Regiões em cogestão

Das 21 regiões em bandeira laranja, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba ainda não aderiram ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo – Santa Maria, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

As regiões em cogestão classificadas em bandeira laranja podem adotar regras de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam).

Fonte: Governo do Estado RS

São Luiz Gonzaga está com 27 casos ativos de Covid-19

(Imagem: Divulgação)

De ontem para hoje (09/10) mais 11 pessoas foram diagnosticadas com a doença

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta sexta-feira (9/10), mostra que após alguns dias de estabilização São Luiz Gonzaga voltou a registrar aumento no número de diagnósticos positivos para Covid-19. De ontem para hoje foram 11 novos casos.

Ao todo, o município registra 298 casos desde o início da pandemia. Destes, 262 estão recuperados. Atualmente são 27 casos ativos. Nove pessoas faleceram.

Leia mais: Prefeitura de São Luiz Gonzaga publica decreto interditando quadras, pistas de skate e academias das praças e proibindo apresentações artístico-culturais em estabelecimentos comerciais

No documento divulgado para a imprensa ainda costa que a secretaria aguarda o resultado de 38 coletas que foram encaminhadas para o Lacen/RS. O Hospital de São Luiz Gonzaga informa que está com 7 pessoas hospitalizadas na ala covid. São moradores de São Luiz Gonzaga, Santo Antônio das Missões, São Nicolau e Pirapó.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de SLG