Educação

Cronograma para inscrição e recadastramento no transporte escolar de SLG inicia na próxima semana 

(Arquivo/Divulgação)

Pais ou responsáveis devem comparecer na sede da SEMEDE, conforme a data por localidade 

São Luiz Gonzaga – A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SEMEDE), por meio do Setor de Transporte Escolar, informa aos pais ou responsáveis dos estudantes que utilizam o transporte escolar do município, que o período de inscrição e de recadastramento anual no serviço inicia na próxima semana.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Devem realizar a renovação ou a inscrição, os alunos das áreas rurais (matriculados em escolas municipais ou estaduais); alunos da área urbana na modalidade Educação Infantil Integral; alunos na modalidade EJA (matriculados na Escola Municipal Centenário) e sala multifuncional.

O processo será realizado na sede da Secretaria Municipal de Educação e Esporte – no Setor de Transporte Escolar – conforme o cronograma por localidade. No momento da inscrição ou renovação, os pais ou responsáveis devem apresentar os seus documentos de identificação e também os do aluno (CPF, RG ou Certidão de Nascimento). Poderá ingressar na sala uma pessoa por família, com o uso obrigatório da máscara de proteção facial e respeitando os protocolos sanitários.

LOCALIDADE DATA HORÁRIO
Educação Infantil – cidade 06 a 10/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Educação de Jovens e Adultos 13 a 15/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Vila Marcos 13 a 15/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Sala de Educação Especial 13 a 15/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Vila União 16 a 17/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Barrigudo 16 a 17/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Assentamento Coqueiro 20/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Capela São Paulo 21/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Restinga Seca 21/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Santa Inês 22/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Aeroporto 23/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Assentamento Sepé Tiaraju e Palmas 23/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Pontão Santa Maria 27/12/2021 8h às 11h

13 às 16h

Rincão de São Pedro e Assentamento São Luiz 28 a 29/12/21 8h às 11h

13 às 16h

Assentamento 28 de Maio 03 a 04/01/22 8h às 12h

 

Limoeiro 03 a 04/01/22 8h às 12h
Rincão das Quinas 05 a 06/01/22 8h às 12h
Afonso Rodrigues 05 a 06/01/22 8h às 12h
Assentamento Campos do Pontão 10 a 11/01/22 8h às 12h
Esquina União 10 a 11/01/22 8h às 12h
Rincão do Santana 10 a 11/01/22 8h às 12h
São Lourenço das Missões 12 a 13/01/22 8h às 12h
Assentamento São Sebastião 12 a 13/01/22 8h às 12h
Rincão dos Pintos 12 a 13/01/22 8h às 12h

Mais informações podem ser obtidas junto ao Setor de Transporte Escolar por meio do número (55) 3352-4517. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira (com exceção das quartas-feiras, quando é realizado expediente interno).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMEDE  

Formatura de alunos do Proerd será realizada nesta quarta-feira em São Luiz Gonzaga

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga – O Programa Estadual de Resistência às Drogas (Proerd), que é coordenado pela Brigada Militar, forma mais uma turma nesta quarta-feira, 1°. A solenidade está marcada para às 18h30min, na URI – São Luiz Gonzaga.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Com 21 anos de existência no Rio Grande do Sul, o programa busca desenvolver nas crianças e adolescentes habilidades que possibilitem a compreensão dos perigos e de como se manter afastada das drogas e da violência. O Proerd também ajuda a criança a desenvolver a autoestima, lidar com as pressões do dia a dia que poderão influenciá-la a experimentar as drogas, bem como a tomar decisões seguras e responsáveis.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Aberto período de matrículas e rematrículas na Rede Municipal de Ensino 

(Foto: Divulgação / SEMEDE)

Prazo encerra no dia 10 de dezembro 

São Luiz Gonzaga – A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SEMEDE), informa a comunidade que as rematrículas e matrículas na Educação Infantil, Ensino Fundamental – Anos Iniciais e Modalidade EJA na Rede Municipal de Ensino de São Luiz Gonzaga iniciaram na segunda-feira (29) e seguem até o dia 10 de dezembro.  

Receba as nossas notícias no WhatsApp

A secretária de Educação e Esporte, Mariza Klein Ditz, convidou os estudantes, pais e responsáveis para conhecerem a estrutura das escolas municipais. Entre os serviços ofertados, acompanhamento psicopedagógico; alimentação com acompanhamento de nutricionistas; atuação de professores qualificados; planejamentos e projetos pedagógicos; salas de aulas climatizadas; kit de materiais escolares; Atendimento Educacional Especializado (AEE); educação inclusiva; câmeras de segurança; entre outros. “Estamos investindo na capacitação dos professores e também na estrutura das nossas escolas, tudo para ofertar aos nossos estudantes espaços adaptados e preparados para melhor atender as necessidades de cada um. Pedimos aos pais ou responsáveis que entrem em contato com as escolas e venham conhecer o que a Rede Municipal de Ensino tem a oferecer aos alunos”, afirmou a secretária.  

Confira o calendário: 

Educação Infantil 

Idade: 4 e 5 anos 

Local: Diretamente com a Central de Vargas, na SEMEDE (Rua São João, nº 1620) 

Documentos: Necessário apresentar a Certidão de Nascimento, carteira de vacinação atualizada do aluno e comprovante de residência  

Data: 29/11 a 10/12 

Ensino fundamental 

Idade: a partir dos 6 anos   

Local: diretamente na escola 

Documentos: Necessário apresentar a Certidão de Nascimento do aluno, carteira de vacinação atualizada, CPF, NIS e comprovante de residência 

Data: 29/11 a 10/12 

EJA 

Idade: a partir dos 15 anos 

Local: diretamente na escola 

Documentos: Necessário apresentar a Certidão de Nascimento, carteira de vacinação atualizada, CPF, NIS e comprovante de residência 

Data: 29/11 a 10/12 

No momento da matrícula ou rematrícula, os responsáveis irão optar por receber ou não o kit de material escolar que será entregue no início do ano letivo. A SEMEDE reforça que no ato de rematrícula e matrícula será obrigatória a apresentação da carteira de vacinação atualizada da criança. A rematrícula para o ano de 2022 ocorre de forma automática para os alunos que não estão na Busca Ativa. Para os que se encontravam em Busca Ativa até o dia 26 de novembro, é necessário comparecer presencialmente na referida escola para efetivar a rematrícula.

 

Em caso de dúvidas, a SEMEDE está localizada junto com a Biblioteca Municipal, com atendimento de segunda a sexta-feira (expediente interno na quarta-feira), das 8 horas até às 11h30min. e das 13h30min. até às 16h30min. Informações também pelo número (55) 3352-4517.   

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMEDE 

Feira do Livro de São Luiz Gonzaga inicia na quinta-feira

(Arquivo/Divulgação)

São Luiz Gonzaga – Na quinta-feira, 2, inicia a 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga. A pré-montagem das estruturas iniciou nesta segunda-feira, sob coordenação da Secretaria de Turismo e Cultura. A titular da pasta, Luiza Caterine, ressalta a colaboração da Secretaria de Obras, setor de limpeza, entre outros colaboradores que estão engajados nestes preparativos.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

A abertura do evento será às 9 horas. A Feira seguirá até domingo, no horário das 9h às 22h. Haverá brinquedos infláveis para as crianças e atrações musicais ao longo do evento.

Luiza comentou que serão realizados pelo menos 20 lançamentos de livros na feira. São aguardados autores de São Luiz Gonzaga e de várias cidades do estado. Entre as publicações de destaque está o livro “Uma Jornada de Emoções”, das Gurias de 64, que estão entre as homenageadas do evento.

O Patrono da 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga é o radialista, compositor e poeta João Ribeiro de Almeida.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

“Entre os muros da prisão”: Livro elaborado pelo NEEJA Promotor Jorge Vicente Pacheco será lançado na 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga

Docentes integrantes do NEEJA Promotor Jorge Vicente Pacheco (Divulgação)

São Luiz Gonzaga – A Direção e professores do NEEJA Promotor Jorge Vicente Pacheco, que funciona junto à Penitenciária Estadual de São Luiz Gonzaga, apresentam o III volume do livro: Entre os muros da prisão, resultado de atividades desenvolvidas no NEEJA, durante as aulas de Língua Portuguesa, com a coordenação e organização da profª Silvânia de Araújo Pês, da Área de Linguagens.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

As produções textuais foram elaboradas pelos alunos que frequentaram a escola  no ano de 2021, a partir de práticas desenvolvidas para instigar e incentivar o uso da palavra para escrever e expressar emoções. Foram inúmeras as atividades de sensibilização para possibilitar e despertar nos alunos o poder criativo que todos têm, favorecendo o estímulo à leitura e criação literária.

A coletânea tem como objetivo compartilhar com a sociedade as vivências de pessoas privadas de liberdade que, através da poesia externam sentimentos reprimidos de dor, saudade, lembranças, distância da família e esperança de dias melhores.

Através de uma abordagem simples, mas tecida com uma imensa bagagem de histórias de vida, o leitor é convidado a refletir sobre cada palavra registrada.

Através da realização e divulgação de trabalhos que envolvem o cognitivo associado ao emocional, a escola estará contribuindo com a educação prisional, pois acredita que o trabalho que vem sendo desenvolvido no NEEJA Promotor Jorge Vicente Pacheco, consequentemente, poderá resultar em mudanças de paradigmas, começando pelo município e região afora.

Acreditamos que a educação ainda é a esperança para a futura reintegração social, sendo indispensável proporcionar aos alunos privados de liberdade, conhecimento e formas para que os mesmos acreditem que a mudança de comportamento é possível e necessária para uma boa convivência em sociedade.

Esse trabalho só foi possível graças ao envolvimento da professora que coordenou as atividades e demais profissionais da educação que integram a equipe de  trabalho, aos quais a direção do NEEJA agradece imensamente, estendendo os agradecimentos ao diretor da Penitenciária Estadual de São Luiz Gonzaga – Sr. Claudio  Miranda Dalpizzol que oportuniza o desenvolvimento de nossas práticas e nos dá alicerce para a realização das atividades propostas pelo NEEJA e a todos que de uma ou outra forma contribuíram, para que o sonho de ver a coletânea publicada se tornasse realidade. Agradecimento especial à 32ª CRE, representada pela Coordenadora de Educação Mônica Pagliusi Lopes Justo, de onde partiu o convite para o lançamento de nossa coletânea na Feira do Livro e a Secretaria de Turismo e Cultura pelo espaço para que possamos divulgar nosso trabalho.

O livro: Entre os muros da prisão III volume, estará sendo lançado na 44ª Feira do Livro, que acontecerá no período de 02 à 05 de dezembro de 2021.

Por Andreia Stragliotto – Diretora do NEEJA Jorge Vicente Pacheco

Escola Técnica Estadual Cruzeiro do Sul está participando do 36º Encontro Estadual de Professores e 8º Congresso Nacional de Ensino Agrícola

(Divulgação)

Rio Grande – O 36º Encontro Estadual de Professores e 8ª Congresso Nacional de Ensino Agrícola, organizado pela Associação Gaúcha de Professores Técnicos em Ensino Agrícola (Agptea) teve início na noite de quarta-feira, 24 de novembro, no Centro de Eventos do hotel Laghetto Viverone, em Rio Grande (RS).

Receba as nossas notícias no WhatsApp

A Escola Cruzeiro do Sul está representada pelo seu diretor professor Ayrton Avila da Cruz, pela vice-diretora Ana Paula Back Ferreira, pelo professor Felipe Antonini e pela professora Denise Militz. É o primeiro encontro presencial de formação de professores após a chegada da pandemia. Estão sendo seguidos todos os protocolos de segurança devido a continuidade da pandemia.

Na abertura do evento, o presidente da Agptea lembrou que neste período difícil da pandemia a ideia foi eleger uma temática para discutir estratégias de desenvolvimento sustentável que tragam melhorias não só para quem vive no campo mas também para a humanidade, e sem estas premissas não há como ir adiante, mesmo com os avanços tecnológicos. “Em toda a nossa história constatamos progressos em situações de crise. Talvez a pandemia nos ensine que é possível procurar dentro de nós as melhores sementes”, acrescentou.

Já o presidente do Conselho dos Diretores das Escolas Técnicas Agrícolas do Estado do Rio Grande do Sul, Luís Carlos Cosman, fez uma solicitação durante a abertura oficial em relação ao momento vivido nas escolas agrícolas do Estado. Para o dirigente é preciso um olhar diferenciado para as escolas técnicas agrícolas que estão realizando as atividades mesmo durante a pandemia. “O dia a dia nas nossas escolas foi diferente, não pudemos fechar as portas e nossos colaboradores mantiveram as atividades diuturnamente. Isso representa 365 dias na atividade. Solicitamos que o Estado tenha um olhar diferenciado. Sabemos da importância das nossas escolas para a formação dos técnicos em agropecuária e da importância dos técnicos nesse setor para o Estado”, reforçou.

O superintendente da Superintendência da Educação Profissional (Suepro), da Secretaria Estadual da Educação, Frederico Guedes, em sua palavra, abordou a readequação que está sendo realizada no Ensino Médio ao novo momento. Disse que não há como pensar na educação profissional sem estas atualizações que terão início no próximo ano. “Tivemos encontros com professores e conselhos pelo Brasil, e é preciso repensar como levamos as tecnologias ao campo, já existentes nos grandes centros, e com isso ajudar a evitar o êxodo rural. Temos que ser os centros de tecnologias das nossas regiões, com  processos, estudos, produções científicas, entre outros” explicou.

A palestra de abertura do congresso ficou por conta do psicólogo Vilnei Roberto Varzim, professor da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), que abordou o tema “A Arte de Ser Feliz”. O palestrante explicou que até 2020 o mundo estava crescendo em conhecimento e inteligência. Mas a partir de então, comparando com o trânsito, houve um “acidente” chamado pandemia afetando 7,5 bilhões de passageiros no planeta. “O ônibus da pandemia, bateu, virou e ninguém ficou mais no lugar, Ainda não temos ideia clara do que está acontecendo. Em 2021 estamos começando um novo tempo, com o chamado novo normal”, destacou.

Para o professor Varzim, o papel dos educadores a partir deste momento em que  as aulas retomam a normalidade na forma presencial, em especial para os adolescentes, ajudando-os a resgatar a autoestima. “Nestes últimos dois anos os jovens tiveram roubados um pedaço do seu ser, experimentando um vazio ao terem que ficar dentro de casa. Vocês, professores, darão conteúdos para esses jovens, darão técnica, mas também terão que ter um olhar de afeto, carinho e compreensão. Precisarão  entender os comportamentos agitados que estão recolhidos por causa dessa lacuna. No mundo do pós-pandemia vocês devem ser especialistas em abraços”, complementou.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Escola Técnica Cruzeiro do Sul

Caravana do CPERS cobra reposição salarial e denuncia sucateamento de escolas públicas estaduais

Integrantes da comitiva que visitou a Rádio São Luiz (Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

São Luiz Gonzaga – Uma caravana do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande Do Sul – Sindicato dos Trabalhadores em Educação (CPERS/Sindicato) está cumprindo agenda na região. O grupo divulga o movimento “Reposição Já”, que alerta para a defasagem salarial da categoria, e denuncia o “sucateamento das escolas públicas estaduais”. A mobilização ocorre em todo o estado e, entre hoje e amanhã, concentra suas atividades na região.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

O diretor do 33º Núcleo do CPERS, professor Joner Alencar Marchi Nascimento, acompanhado de representante da Direção Central, professora Suzana Lauermann, e das docentes Eni Malgarim, Ilara Colpo, Delci Griebler e Glaci Weber, visitou a Rádio São Luiz para divulgar a mobilização. O objetivo foi ampliar a mensagem, tendo em vista que as restrições sanitárias impedirão a visita em todas as escolas da região.

O foco da caravana é sensibilizar a comunidade e buscar apoio dos colegas professores, além de ser uma oportunidade para ouvir os anseios das comunidades escolares. Sem reajuste desde 2014, a classe afirma que “as perdas com a defasagem equivalem à redução de quase metade do salário”.

O grupo também é critico do modelo adotado pelo programa “Avançar na Educação”, que prevê reformas em pouco mais de 50 escolas do estado. A crítica é que a medida é pouco efetiva, pois, no levantamento do CPERS, os educandários que precisam de manutenção superam – e muito – o número de escolas selecionadas. Em São Luiz Gonzaga, uma das escolas que precisa de intervenção urgente é a Senador Pinheiro Machado, mas ela não foi contemplada. O sindicato entende que se trata de uma propaganda de governo, tendo em vista que Eduardo Leite tenta se viabilizar como candidato a presidente.

A mobilização, segundo a Direção Central, se encerra amanhã, com movimentos em Carazinho, Cerro Largo, Santo Ângelo, Cachoeira do Sul, Camaquã, Porto Alegre e Osório.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Comunidade de Rincão do Santana solicita apoio ao Legislativo são-luizense contra possível fechamento da Escola Municipal João XXIII

(Divulgação/Assessoria de Imprensa)

São Luiz Gonzaga – Na tarde de segunda-feira, 22, uma Comissão da localidade de Rincão do Santana, interior do município, se fez presente na Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga com o objetivo de entregar importante pleito da comunidade aos vereadores são-luizenses.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Conforme a representante da escola, diretora Rita de Melo Rohr, “viemos aos vereadores de nossa cidade solicitar a permanência da EMEF João XXIII no prédio e localidade atual, pois, segundo notícias recentes, a mesma passa por possibilidade e perigo de encerrar as atividades. São vários argumentos que nos dão base para esse pedido, tais como: a escola atende turmas desde a Educação Infantil até o 5º ano, com a maioria dos alunos residindo na localidade, bem como professores e funcionários. Além disso, a escola possui prédio adequado, ampliado recentemente, equipado com acessibilidade, refeitório, banheiros acessíveis, salas refrigeradas, dentre outros”, destacou.

A Direção da escola e do Conselho de Pais e Mestres, bem como de moradores, encaminharam o pedido ao presidente Laureano Castilho juntamente com um abaixo-assinado da comunidade, a qual se fez presente em expressivo número na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 22.

Por Emerson Scheis, assessor de imprensa da Câmara Municipal de São Luiz Gonzaga

Dia da Consciência Negra: Instituto Rui Barbosa realiza 3ª edição do Projeto Africanidades

(Divulgação/Rui Barbosa)

Exposição está inserida na 25ª Mostra de Trabalhos da instituição

São Luiz Gonzaga – Neste sábado, 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, o Instituto Rui Barbosa realizou a exposição do Projeto Africanidades, que está em sua 3ª edição. A exposição apresentou trabalhos voltados ao tema, com intuito de valorizar as raízes, a história, o povo, refletir sobre desigualdades sociais e lutar contra o preconceito e a violência que marcam a realidade da população negra em nosso país.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Por causa da pandemia, a exposição esteve aberta apenas à comunidade escolar, mas pode ser vista em algumas imagens ao fim da matéria. Nesta mesma oportunidade, o educandário também expôs outros trabalhos realizados ao longo do ano, com temas variados, como o cyberbullying.

A diretora do Instituto, professora Eliane Brum, informou que esta é a 25ª Mostra de Trabalhos, ressaltando que o movimento envolve alunos, professores, pais, funcionários e a comunidade em geral. Ela agradeceu a dedicação de todos para que mais esta edição fosse realizada com sucesso.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Programação da da 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga é divulgada

Confira a programação da 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga

Evento ocorre de 2 a 5 de dezembro, na Praça da Matriz 

São Luiz Gonzaga – A 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga – que integra a programação do Natal Luz das Missões 2021 – irá ocorrer de 2 a 5 de dezembro, na Praça da Matriz. Com o tema “Uma REconexão com a Leitura”, a programação da feira contará com diversas atrações presenciais e virtuais, transmitidas pelas páginas no Facebook da Prefeitura de São Luiz Gonzaga e da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura (SEMTC).  

Receba as nossas notícias no WhatsApp

O patrono da 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga será o radialista, compositor e poeta, João Ribeiro de Almeida. O evento também irá prestar homenagem ao grupo “Gurias de 64”. As atividades seguirão todos os protocolos sanitários contra a COVID-19. A Secretaria de Turismo e Cultura pede a colaboração da comunidade para que utilize a máscara de proteção facial ao circular pela feira.  

Confira a programação dos quatro dias de evento:   

 

2 de dezembro (quinta-feira)  

A partir das 9 horas 

– Abertura Oficial da 44ª Feira do Livro 2021 – “Uma REconexão com a Leitura”. 

– Homenagens ao Patrono João Ribeiro de Almeida e ao Grupo Gurias de 64. 

– Programa Cidade Alerta da Rádio Missioneira. 

– Café Literário e Brinde ao Patrono. 

– Visitação do Patrono João Ribeiro de Almeida à Feira. 

– Abertura do Caminho Literário da Rede Municipal de Ensino (SEMEDE). 

– Entrega de livros para escolas municipais (SEMEDE). 

– Entrega de livros para a Biblioteca Municipal Senador Pinheiro Machado. 

 

A partir das 14 horas 

– Pré-escola da Escola de Educação Infantil Pernalonga, com o Projeto Robótica. 

– Rosemari da Veiga – INCLUSÃO, uma Questão de Atitude. 

– SICREDI – Autores Elemar José Wilhelm e José Odelso Schneider SJ. O Primeiro Centenário de Um Sonho. 

– Entrega do Gibi Educação Financeira para crianças. 

– E.E. Adalgisa Leães Lencina – Novos Talentos na Feira. 

– Projeto Interact 

 

18 horas: Sergio Venturini – Encontro de 2 Sonhos – Utopia e Terra Sem Mal. 

19 horas: Sorella Mendes – Livro Oráculos da Sorelle. 

 

3 de dezembro (sexta-feira) 

A partir das 9 horas 

– Oficina de currículos, empregos e oportunidades (URI). 

– Novembro Azul: Nós Apoiamos Esta Causa (SEG). 

– Solte a Língua com Senac Idiomas (SENAC). 

– Atividades físicas (Berti Fit Academia) 

– Bate papo com autores (Paulo Urach, Noeli Schnorrenberger, Douglas Oliveira, Juliano Gustavo Osga e Mateus Duarte). 

 

A partir das 14 horas 

– Abertura do espaço Kids (brinquedos infláveis e animadores culturais). 

– Lançamento do Livro “A Abelha Tina” (Escola Básica da URI – Pré II, Educação Infantil e 5º ano). 

– Painel com o conferencista Dr. Edison Huttner sobre a pesquisa São Miguel Missioneiro de São Luiz Gonzaga (PUC). 

– Coordenador do Grande Projeto Missões, Álvaro Theisen (Coleção Reduções Missioneiras – São Lourenço Mártir). 

– 2º Dose de Poesia (E.M.E.F. Boa Esperança). 

– Projeto Música na Escola. 

 

A partir das 18 horas 

– Paulo Adílio Prestes Ferreira (Uma Infância nas Missões do RS nos anos 60 – Muitas Histórias para Contar). 

– Neiva de Melo (Clima de Festa). 

 

20 horas – Show da Banda Morphem e da Banda Os Madrugas. 

 

4 de dezembro (sábado) 

A partir das 9 horas 

– Oficina de Boneca Abayomi (Magia das Letras). 

– Lançamento de Obra (Neeja Promotor, Jorge Vicente Pacheco). 

– Livro Uma Jornada de Emoções (Maria Ivone de Ávila Oliveira – Gurias de 64). 

 

A partir das 15 horas 

– Contos Inclusivos: contribuindo com a formação inclusiva e solidária (Núcleo de Acessibilidade da URI São Luiz Gonzaga). 

– Acampamento da Poesia de Entre-Ijuis (Paulo Prado). 

– Projeto Mulheres Extraordinárias que Revolucionaram o Brasil (E. M. Boa Esperança e Inst. E. Rui Barbosa). 

– Lançamento da Seleta 30 ASAS Poemas e Prosas, Seletinha Meu Primeiro Voo. 

 

18 horas: Poesia em tempos de pandemia e Prove que você não julga um livro pela capa (Luiza Romero Fortes). 

19 horas: Coletivo de Mulheres Universo Feminino. 

  

5 de dezembro (domingo) 

8 horas: Missa – Paróquia de São Luiz Gonzaga. 

 Abertura da feira. 

 

A partir das 14 horas 

– Abertura do espaço kids (brinquedos infláveis e animadores culturais) 

– Animação com bonecos (MEVAM SLG) 

– Oficina infantil (Sávio Moura) 

– Bate papo com a autora, jornalista e pesquisadora Carmem Rejane Antunes Pereira sobre a obra Memória, Identidade e Mídia em processos comunicacionais KAINGANG. 

– Terra e Cidadania na Obra de Cenair Maicá (Valter Portalete). 

– Livro Festa do Arroz Carreteiro (Carlos Sidnei Ferreira). 

 

A partir das 18 horas 

– Entrega da Comenda Sepé Tiaraju (COMTUR). 

– Lançamento do Projeto Memorial dos Artistas São-luizenses (COMCULT). 

– Natal Luz SEMEDE – Projeto Social Giovelli em Canto.  

– Show com Xirú Missioneiro 

 

21h30min: Encerramento da Feira 

 

ATRAÇÕES PERMANENTES DA 44ª FEIRA DO LIVRO 

Livreiros:  

– Magia das Letras (livraria e café). 

– Colisa Comércio de Livros e Brinquedos. 

– Livraria São Matheus. 

– Seicho-No-Lê. 

– Santa Rosa Livros. 

– Panini. 

– Livros Damme Rosa (desapego e sebo online). 

– Vitrola Editora e Distribuidora (Adriana Medeiros). 

 

– Varal Literário (Casa do Poeta). 

– Caminho Literário (SEMEDE). 

– Rodas de conversas literárias. 

– Animadores Culturais. 

– Projeto Frutificar. 

– Exposição de Artesanato (Centro de Criatividade). 

– ACOPAN. 

– Artesãos do Brique Abegair Damião. 

– Exposição da Rede Estadual de Ensino (32ª CRE). 

O patrono da 44ª Feira do Livro de São Luiz Gonzaga será o radialista, compositor e poeta, João Ribeiro de Almeida

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMTC