Meio Ambiente

Questão climática mobiliza debates no Parlamento do Mercosul, explica Pompeo de Mattos

Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

O deputado federal Pompeo de Mattos (PDT) concedeu uma entrevista na manhã desta terça-feira, 18 de junho, para comentar sobre os debates do Parlamento do Mercosul, como um dos representantes brasileiros que participa de encontro realizado em Montevidéu, no Uruguai. Pompeo manifestou sua solidariedade com a comunidade são-luizense atingida por desastre meteorológico no último sábado (15/06).

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

De acordo com o deputado, a questão do clima foi tema de debates entre os membros do Parlamento do Mercosul, uma vez que, eventos extremos têm sido cada vez mais frequentes e intensos, em consequências das mudanças climáticas. A intenção é criar uma comissão especial para tratar do tema e dos impactos de desastres climáticos nos países do Cone Sul da América.

“Nós temos que debater isso, porque cada vez mais vamos ser vítimas dessas questões do clima e, na verdade, essas são respostas que a natureza dá”, afirmou Pompeo, que ressaltou a necessidade de aprender a conviver com o clima e de repensar a ocupação de áreas próximas a margens de rios, fator que potencializou as enchentes deste mês de maio no Rio Grande do Sul. Ele também comentou sobre a articulação em prol de recursos para a recuperação do estado e, agora, também para a comunidade de São Luiz Gonzaga.

Fonte: Rádio São Luiz

 

Cooperativas se unem no processo de limpeza de área afetada pelo temporal

Foto: Assessoria de Imprensa da Coopatrigo

A Cermissões, por determinação do presidente Diamantino Marques dos Santos, com supervisão do vice-presidente Diomedes Rech, está auxiliando a Coopatrigo desde ontem, 16, removendo galhos e auxiliando na limpeza de todo o complexo atingido pela microexplosão atmosférica do sábado, 15.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Paulo Pires, presidente da Coopatrigo, disse que está extremamente agradecido pela “ajuda extraordinária” da Cermissões, acrescentando que ficará uma dívida enorme de gratidão com os irmãos cooperativistas. Ele também comentou que o processo de reconstrução busca, dentro do menor tempo possível, trazer a funcionalidade dos locais atingidos.

A preocupação maior no momento envolve os grãos, pois os armazéns estavam cheios. Há menos de 30 dias a colheita havia sido finalizada.

Paulo Pires disse ainda que a força do evento climático impressiona, citando o exemplo de árvores plantadas há 50 anos pela Coopatrigo que foram “torcidas” como papel. Ele agradeceu os conselheiros e colaboradores, que desde a noite de sábado não mediram esforços para auxiliar no que fosse possível.

Fonte: Rádio São Luiz

Semana inicia com mobilização para limpeza e desobstrução de vias, informa prefeito Brondani

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

O prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, atualizou na manhã desta segunda-feira, 17, o andamento das ações de recuperação do município após a microexplosão atmosférica da noite de sábado, 15. Ele disse que as últimas horas foram de muito trabalho, agradecendo a contribuição das autoridades e voluntários, os quais estão atuando para estabelecer a melhor condição para as famílias afetadas.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Brondani disse que tem recebido muitas manifestações de apoio, incluindo do governador Eduardo Leite, deputados, senadores e ministros. Também citou o apoio dos municípios de Bossoroca, Caibaté e Mato Queimado, que vão enviar ainda hoje maquinários pesados para ajudar na limpeza das vias.

O prefeito ainda agradeceu o apoio do empresário Zanchi, que disponibilizou o transporte para buscar uma ajuda humanitária da Defesa Civil em Passo Fundo. Brondani acrescentou que a Defesa Civil deverá distribuir cobertura para as casas e entregar cestas básicas. Equipes da Secretaria de Ação Social estão visitando as pessoas atingidas, mas caso alguém ainda não tenha sido procurado deve entrar em contato direto na sede da pasta, que fica ao lado da sede do Batalhão da Brigada Militar, ou pelo telefone WhatsApp (55) 3352-9353.

Fonte: Rádio São Luiz

Patram atua em denúncia de descarte irregular de resíduos em Bossoroca

Divulgação/Patram

Na sexta-feira, 14, a Brigada Militar, por meio dos policiais da Patrulha Ambiental de São Luiz Gonzaga, atendeu uma denúncia sobre descarte irregular de resíduos no interior do município de Bossoroca. No local, foram encontrados resíduos sólidos orgânicos e inorgânicos, incluindo latas de tinta, pneus, bolsas e embalagens plásticas, fragmentos de PVC, vasilhas de vidro e carcaças de eletrodomésticos como geladeiras e ventiladores.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Após constatar o descarte em desacordo com as normas ambientais, foi lavrado um boletim de ocorrência pelo crime de poluição. Além disso, uma notificação ambiental foi emitida, exigindo a suspensão imediata do descarte e a remoção dos resíduos inorgânicos do local no prazo de 10 dias úteis.

Fonte: Rádio São Luiz com informações da Patram

Semana do Ministério Público em São Luiz Gonzaga vai discutir o meio ambiente, violência doméstica e crime organizado

Foto: Arquivo/URI São Luiz

Na terça e quarta-feira da próxima semana, dias 18 e 19 de junho, o Ministério Público, por meio da Associação do Ministério Público, em parceria com o Curso de Direito da URI São Luiz Gonzaga, promove a Semana do Ministério Público, um evento importante e que está completando 40 anos em 2024.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A iniciativa visa aproximar a instituição da comunidade acadêmica e da sociedade como um todo, uma vez que o evento é aberto ao público. Esta será a terceira edição em São Luiz Gonzaga, tendo a primeira ocorrido em 2019 e a segunda em 2023.

Nos dois dias de evento, as palestras vão iniciar às 19h, no Salão de Atos da Universidade. O primeiro dia terá como tema “Ministério Público: Resolutividade Ambiental”, tendo como painelista a promotora de Justiça Paula Regina Mohr. Na segunda noite, as conferências serão sobre “Tráfico de drogas e organizações criminosas: os efeitos da atual jurisprudência”, com o promotor Vinícius Cassol, e “Combate e prevenção à violência doméstica”, com Fabrício Perin.

Conforme a coordenadora do Curso de Direito, professora Cristiane Menna Barreto Azambuja, este é um momento importante também para os acadêmicos, pois nem sempre, em sala de aula, é possível esgotar temáticas tão importantes como essas que serão abordadas. Ela aproveitou para reiterar o convite para que a comunidade como um todo participe do evento.

Fonte: Rádio São Luiz

São Luiz Gonzaga terá ponto de coleta de lixo eletrônico nesta sexta-feira

Coleta será feita em frente à prefeitura – Divulgação/Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Um ponto de coleta de lixo eletrônico estará disponível para a população nesta sexta-feira, 7 de junho, em São Luiz Gonzaga. Na ocasião, serão recolhidos diferentes aparelhos eletrônicos como eletrodomésticos velhos e peças de computador. O recolhimento será feito das 8h30 às 16h horas na frente da prefeitura municipal.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Entre os materiais que serão recolhidos de forma gratuita estão: aparelhos de som; ar condicionado de janela, split, aquecedores; baterias; bebedouros; cabos e fios; caixas de som de microcomputadores; cafeteiras, liquidificadores e batedeiras; calculadoras; carregadores em geral; celulares e telefones no geral; centrais telefônicas; chuveiros; DVDs e videocassetes; estabilizadores e nobreaks; fax; ferros elétricos; fontes de computadores; fornos elétricos; freezer; geladeiras; HDs; impressoras e scanners; lavadoras de roupa, secadoras e centrífugas; máquinas de escrever; máquinas de lavar roupa; micro-ondas; modens; monitores CRT e de led; mouse; notebook; pen drive; placas em geral; plástico ABS/PP/PS; receptores; roteadores e servidores; térmicas; teclados; TV de tubo, led e LCD; torneiras; unidade de CD, DVD e disquetes.

Existem certos lixos pelos quais serão cobradas algumas taxas: para a entrega de pilhas será cobrado R$ 17,00 por quilo. O descarte de lâmpadas possui uma taxa de R$ 2,20 por unidade. Já a entrega de toners e cartuchos custará R$ 4,00 por unidade.

A iniciativa é do Setor de Proteção Ambiental da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sempa) em parceria com a empresa Natusomos, de Horizontina. O objetivo é estimular o descarte adequado desses materiais que podem prejudicar o meio ambiente. Muitos dos componentes de eletrônicos possuem substâncias que podem contaminar rios e solos, o que pode afetar também a saúde humana. O Brasil é o quinto maior produtor de lixo eletrônico do mundo, com cerca de 2,4 milhões de toneladas por ano.

Nos últimos anos, a coleta de lixo eletrônico em São Luiz Gonzaga e na região das Missões apresentou um crescimento significativo. No município, o percentual de itens recolhidos passou de cerca de 2% para aproximadamente 41, segundo dados do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS).

De acordo com a chefe do setor ambiental, Andressa Venquiaruro ressaltou que a próxima edição do recolhimento está prevista para novembro, por isso, é importante a participação da comunidade nesta sexta.  Sobre a destinação dos aparelhos recolhidos, o responsável da Natusomos Rui Hirt, explicou que os resíduos são encaminhados para reciclagem e encaminhados para indústrias e fábricas.

Recolhimento será feito até às 16h desta sexta – Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz

Fonte: Rádio São Luiz com informações da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Licenças para podas de árvores em São Luiz Gonzaga podem ser emitidas até agosto

População deve buscar a prefeitura para emissão da licença – Foto: Canva

O licenciador ambiental da prefeitura de São Luiz Gonzaga, Itamar Hider, concedeu entrevista à Rádio São Luiz FM 100.9 na manhã desta sexta-feira, 24 de maio, para falar sobre o período das podas de árvores na cidade, que teve início neste mês e segue até agosto.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Segundo explicou Itamar, existe uma taxa de emissão da licença para a poda de R$35,33, paga após o preenchimento de formulário para poda ou supressão de árvores. Após isso, a equipe da secretaria do Meio Ambiente faz a vistoria no local e emite a licença. O tempo estimado para esse processo é de uma semana.

“Orientamos sempre que quando forem árvores no passeio, qualquer intervenção que a pessoa for fazer, que venha até o setor e solicite a autorização, até para evitar conflito com a fiscalização”, explicou o técnico. Itamar também comentou sobre a compensação ambiental prevista em lei para o caso de derrubada de espécies exóticas ou nativas, neste caso, é necessário a doação de mudas para a prefeitura para o plantio.

Fonte: Rádio São Luiz

Ivanir Coimbra é o novo Secretário de Agricultura e Meio Ambiente de São Luiz Gonzaga

Ademir, Clóvis, Sidney, Ivanir e Piti. Foto: Divulgação

Ivanir Coimbra assumiu nesta segunda-feira, 29, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de São Luiz Gonzaga. A notícia, que já circulava nas redes sociais, foi confirmada ao grande público durante a sessão da Câmara de Vereadores.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A pasta, que antes estava sob a responsabilidade do PDT, fica agora sob a coordenação de Coimbra, o qual já possui experiência em administração de secretarias. Na gestão passada, ele exerceu a função de Secretário de Obras.

Ivanir, que é militar da reserva, também é atuante na Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar de São Luiz Gonzaga (ASSTBM). Sua posse contou com a presença do prefeito Sidney Brondani, vice-prefeito Piti Werle, ex-vereador Clóvis Veiga e Ademir Pinheiro da Cruz.

Fonte: Rádio São Luiz

Associação Preserva Inhacapetum promove soltura de alevinos e assembleia neste final de semana

A Associação Preserva Inhacapetum (API) promove neste sábado, 4 de maio, uma atividade de soltura de alevinos no Rio Inhacapetum, na comunidade São João das Missões. A programação conta também com almoço, uma tértulia com a dupla Valtair Oliveira e Lucas, além da exibição do documentário “Gumercindo Saraiva: a última batalha”. Já no domingo, 5, está prevista a realização da Assembleia Ordinária da API.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Os alevinos que serão soltos no rio foram doados pelo departamento ambiental da prefeitura de São Miguel das Missões. A atividade faz parte das diversas ações promovidas pela Associação com o objetivo de preservar o Inhacapetum, atuando na preservação do seu curso e na conscientização ambiental da comunidade.

Durante a assembleia, está prevista a apresentação de projetos a serem desenvolvidos pela entidade ao longo deste ano, com início marcado para às 9h. Ainda no domingo, na parte da tarde, será realizada uma nova tertúlia e uma rodada de “causos” entre os participantes do encontro. Criada em 2021, a API integra o Conselho de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Comdema) de São Miguel das Missões desde o ano passado.

Fonte: Rádio São Luiz

Projeto Frutificar contará com o apoio da Uergs São Luiz Gonzaga

Foto: Divulgação

A presidente da Casa do Poeta, Vania Coimbra, ao lado dos integrantes da entidade João Carlos Dias Oliveira e Evar Brandão, participou do programa Expressão Livre desta terça-feira, 23, para falar sobre as novidades do Projeto Frutificar.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A iniciativa, que teve início há alguns anos, já apresenta resultados, com mudas dando seus primeiros frutos. O projeto contempla diversas localidades de São Luiz Gonzaga, mas teve uma maior concentração no Bairro Jauri, onde aproximadamente 900 mudas foram plantadas.

Durante o verão, as ações do projeto foram reduzidas devido às condições climáticas, mas agora serão retomadas com força total. Essa retomada, inclusive, contará com o importante apoio da Uergs São Luiz Gonzaga, que estava trabalhando em um projeto semelhante e agora se unirá ao Frutificar.

Vania espera que o projeto possa ser estendido a toda a comunidade na mesma proporção do que foi realizado na Jauri. Evar também relatou que a prefeitura pretende iniciar um processo de substituição de árvores antigas que estão danificando calçadas no centro da cidade, e o projeto deverá colaborar com o plantio, proporcionando um aspecto mais humano à cidade. As mudas plantadas são de frutas nativas e domésticas, e a comunidade pode colaborar com o projeto plantando em suas próprias casas ou também doando mudas para o grupo.

Fonte: Rádio São Luiz

Denúncia de lixão a céu aberto em São Luiz Gonzaga será encaminhada às autoridades

Fotos: Marcelo Gamarra

O são-luizense Marcelo Gamarra informou que recebeu denúncias de moradores do Bairro Loureiro sobre um lixão a céu aberto no município. Ele foi até o local, que fica na antiga fábrica de tubos, quase em frente ao portão da Secretaria de Obras, e confirmou a situação.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Ele cobra providências sobre a situação e disse que o cenário que observou o fez lembrar do antigo lixão que existia na saída para o Rolador. No local são encontrados vários tipos de resíduos, desde carcaças de televisores a pedaços de móveis e plásticos, detritos que levam muito tempo para se decompor.

Gamarra cobra providências sobre a situação e disse que nesta segunda-feira, 22, vai protocolar a denúncia na Polícia Ambiental e também no Ministério Público. Ele não soube precisar quem está largando o lixo no local.

A reportagem contatou o vice-prefeito Piti Werle e foi informada que o local é para depósito de galhos, mas que as pessoas também estão largando os resíduos.

Fonte: Rádio São Luiz

Policiais identificam desmatamento de 60 hectares do bioma Pampa em Bossoroca

Imagem de área desmatada em Bossoroca – Divulgação/Comando Ambiental da Brigada Militar

Uma porção 60 hectares do bioma Pampa foram desmatados em propriedades de Bossoroca. A supressão da vegetação foi identificada após ação realizada nesta terça-feira, 16 de abril, por policiais da 1° Companhia Independente Ambiental, do Comando Ambiental da Brigada Militar. O levantamento ambiental ocorreu após pedido do Ministério Público.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Os policiais fizeram visitas a diferentes propriedades do município, analisaram licenças ambientais e utilizaram tecnologia de georeferenciamento. Como resultados, foram confeccionados três boletins de ocorrência, sendo um em flagrante por conta da conversão irregular de campos do Pampa em lavoura. A supressão atingiu também diversas porções de Áreas de Preservação Permanente (APP).

Em nota sobre a ação, o comando ambiental destaca a perda irreparável causada pelo desmatamento de áreas nativas para conversão em lavouras, o que gera desequilíbrios ecológicos que afetam o bioma e toda a região.

Fonte: Rádio São Luiz com informações da Comunicação Social – 1 ª Cia Ind Ambiental

Polícia Ambiental autua depósito de Santo Antônio das Missões por armazenagem irregular de agrotóxicos

Fotos: Patram/Divulgação

Na manhã desta terça-feira, 9, a Polícia Ambiental de São Luiz Gonzaga averiguou uma denúncia de crime ambiental em uma propriedade de Santo Antônio das Missões.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Durante a inspeção, a equipe descobriu um depósito irregular de agrotóxicos e produtos similares, que não estavam sendo armazenados de acordo com as regras estabelecidas na norma técnica. Além disso, algumas embalagens vazias destes produtos estavam sendo deixadas ao ar livre no solo.

O responsável pela propriedade não estava presente no momento da fiscalização, mas foi contatado por telefone para esclarecimentos. Ele foi informado sobre a infração cometida, que vai contra o artigo 56 da lei nº 9.605/98.

Como medida corretiva, o responsável foi notificado para apresentar o receituário agronômico e para realizar o armazenamento adequado dos produtos em um local apropriado.

Fonte: Rádio São Luiz com informações da Polícia Ambiental

Floriano Paz Júnior assume a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente

Foto: Larissa Dorneles/Assessoria de Imprensa

Atualização – No início da tarde desta segunda-feira, 8, o partido informou que o ato foi revogado, pois a reunião da Executiva ainda não havia ocorrido. O encontro está marcado para a noite de hoje, 8. Saiba mais sobre o assunto no link: PDT adia nomeação de secretário para Agricultura e Meio Ambiente após falha de comunicação interna

 

Na manhã desta segunda-feira, 8, o servidor municipal Floriano Paz Júnior tomou posse como titular da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (SEMAG) de São Luiz Gonzaga. A cerimônia ocorreu no Gabinete do Prefeito, com a presença do prefeito Sidney Brondani, que assinou a portaria de nomeação do novo secretário.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O evento também contou com a participação do vice-prefeito, Piti Werle, e do antigo secretário, Atanásio Santiago, a quem o prefeito Brondani parabenizou pelo trabalho realizado à frente da SEMAG. Brondani desejou sucesso ao novo titular, destacando a importância da pasta no apoio aos produtores e comunidades locais, bem como na proteção dos animais.

Floriano Paz Júnior, em seu discurso de agradecimento, expressou sua gratidão pela confiança depositada pelo Executivo Municipal. Com experiência de 14 anos no serviço público e três anos como chefe do Setor Agropecuário da SEMAG, o novo secretário se comprometeu a continuar priorizando o bom atendimento e trabalhando em prol da comunidade.

Floriano Paz Júnior é formado em Administração pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER). Atanásio deixou o cargo, pois é pré-candidato a vereador.

Fonte: Rádio São Luiz com informações da Assessoria de Imprensa

Atrasos na coleta de lixo foram causados por problemas nos caminhões, explica Thayson Karlinski

Coleta teve atrasos durante alguns dias – Foto: Larissa Dorneles/Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Nesta sexta-feira, 5 de abril, o representante da empresa TK Ambiental, Thayson Karlinski, falou sobre os problemas no recolhimento de lixo em São Luiz Gonzaga. Segundo ele, os transtornos ocorreram devido a problemas nos caminhões utilizados para coleta dos resíduos, o que causou atraso no serviço.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Thayson afirma que, em alguns dias, a coleta seguiu até a madrugada para atender a todos os bairros. Atualmente são três caminhões, sendo um para cada roteiro de recolhimento de resíduos na cidade, além de um reserva, no entanto, dois estão parados já há algum tempo devido a esses problemas mecânicos.

O representante da empresa pediu a compreensão da população com os roteiros, para que não seja colocado lixo nos dias em que a coleta não é realizada naquele local. Outra reclamação da população, sobre os sacos de resíduos deixados no meio da rua também foi comentada, segundo Thayson, foi solicitado para que os colaboradores da empresa façam os montes mais perto da calçada para não prejudicar o trânsito.

No caso do interior, o recolhimento é feito uma vez por semana em cada comunidade. Nesta semana, começaram a ser substituídos alguns dos contêiners de depósito de resíduos danificados no município. De acordo com Thaysson, essa troca de facilitar o trabalho de recolhimento do lixo. “Esses contêiners que chegaram vão ajudar bastante e, gostaria de pedir para a comunidade ter um cuidado com eles, manter a tampa fechada e não colocar os lixos seletivos”, acrescenta o representante da TK Ambiental.

Questionado sobre a situação financeira da empresa, o gestor disse que não houve pedido de aditivos para a prefeitura e que as finanças estão estáveis, o que deve ocorrer é uma renovação do contrato. “Nos preocupamos muito com a cidade de São Luiz”, disse Thayson, que se colocou à disposição para atender todas as demandas e solicitações da comunidade. O contato com a empresa pode ser feito pelo telefone: (55) 98173-0029.

Fonte: Rádio São Luiz

Coleta de lixo eletrônico na região registra crescimento de 270% em 2023

Municípios apresentaram resultados positivos nos últimos anos – Foto: Freepik/Ilustrativa

A coleta de lixo eletrônico nos municípios que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio Ijuí cresceu 270% em 2023. O resultado representa avanços significativos desde que o Ministério Público determinou a criação de um projeto para o recolhimento.  Em 2021, foram recolhidas 107,9 toneladas de material na região, 265,1 toneladas em 2022 (aumento de quase 200%), e, no ano passado, o percentual alcançou 491 toneladas.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O trabalho possui importância chave no cuidado ambiental e para evitar a mistura com o lixo não reciclável. “Tal prática, além de ser benéfica ao meio ambiente, ainda reduz os gastos dos municípios com a destinação e transporte do lixo aos aterros, para onde deve ser destinado apenas o lixo orgânico, não reciclável”, ressalta a promotora regional da Bacia do Rio Ijuí, Paula Regina Mohr.

Salvador das Missões foi um dos 34 municípios onde a coleta de lixo eletrônico mais cresceu. Em 2021, a coleta era de 13,54% do volume, em 2023, o percentual passou para 71,50%. “Em São Luiz Gonzaga o percentual passou de 2,63% para 41,97% e em Coronel Barros, de menos de 1% para 90%”, acrescenta a promotora.

Antes do projeto, segundo informações da empresa responsável pela coleta de forma gratuita, o volume de material recolhido nos anos de 2019 a 2021, era muito baixo, em média 7% do que era produzido, considerando estudos que indicam uma produção média de 7kg de lixo eletrônico por pessoa, anualmente. “Assim, buscamos estabelecer uma rotina de troca de informações sobre o calendário dos recolhimentos a serem realizados pela empresa, para, de forma antecipada, realizar um trabalho de sensibilização junto aos gestores municipais”, explica Paula.  A previsão é de que outros três municípios recebam a visita da promotoria para falar sobre a iniciativa.

Fonte: Rádio São Luiz com informações de MPRS

Confraria do Icamaquã promove encontro para retomar atividades e formação de diretoria

Elvio e José Paulo são os novos gestores da confraria – Foto: Divulgação

O presidente da Confraria do Icamaquã, José Paulo Urach, concedeu entrevista à Rádio São Luiz na manhã desta segunda-feira, 1° de abril. Depois de três anos desativada, a confraria promoveu na última quarta-feira, 26, uma reunião para reativar a entidade e escolher seus representantes. Na ocasião, Elvio Antônio Gomes foi escolhido novo vice-presidente da instituição, com sede em Bossoroca.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A iniciativa reúne artistas e amantes da natureza em prol da valorização da cultura e do meio ambiente. Paulo Urach ressalta que a entidade busca estimular a criação de versos nas barrancas do rio. A intenção é realizar um novo encontro na quarta-feira, 3 de abril, para nomear os demais membros da diretoria e apoiadores.

Paulo possui uma trajetória na promoção de festivais e na participação em entidades culturais e de música missioneira. Segundo ele, a intenção nesse primeiro momento de ressurgimento da confraria está em aumentar a participação e presença dos membros na direção da entidade, depois, a ideia é promover um novo festival para marcar o retorno das atividades da instituição.

Durante a entrevista, o presidente da Confraria do Icamaquã abordou o papel do trabalho coletivo e voluntário para valorizar a cultura missioneira. Paulo citou como exemplo as doações e a mobilização para a construção da estátua em homenagem a Noel Guarany em Bossoroca.

Fonte: Rádio São Luiz

 

Projeto “Vale Feira” de Rolador fica entre os três melhores em Sustentabilidade e Meio Ambiente do Prêmio Sebrae

Prefeito João Alberto recebeu premiação em evento realizado em Porto Alegre – Divulgação/Prêmio Sebrae

Na última quarta-feira, 27 de março, o município de Rolador foi reconhecido como um dos três melhores no Prêmio Sebrae, na categoria Sustentabilidade e Meio Ambiente, pelo projeto “Vale Feira”. Em entrevista à Rádio São Luiz FM 100.9, o prefeito de Rolador, João Alberto Aquino Gomes (MDB), comentou sobre o significado e a importância da premiação para o município.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A iniciativa socioambiental do “Vale Feira” busca estimular a consciência ambiental através da reciclagem e coleta seletiva, além de apoiar a agricultura familiar local. Através do projeto, a população poderia trocar lixo reciclável para concorrer a créditos para serem utilizados na feira da agricultura familiar do município. O vencedor da premiação foi uma iniciativa semelhante de Santiago, chamada de “Pila Azul”.

De acordo com João Alberto, o reconhecimento é motivo de alegria para o município, principalmente por conta do nível de concorrência do prêmio, que contou com cerca de 100 projetos inscritos. “Nos enche de orgulho e satisfação de ver que um projeto que aparentemente pode parecer simples, pode ter um grande valor”, destacou o gestor.

Eleições 2024

Questionado sobre a organização para as eleições deste ano, João Alberto afirmou que o momento é de esperar as definições do partido. Segundo ele, a ideia é manter a coligação entre MDB e PP e integrar também o PSB, com isso existe a possibilidade de um consenso, mas algo ainda não confirmado. João Alberto disse ter colocado seu nome à disposição para dar continuidade ao trabalho. Nos próximos dias, a administração de Rolador deve ter mudanças por conta do pleito de 2024, com a troca de três secretários que devem concorrer.

Fonte: Rádio São Luiz

Adolfo Brito pretende abrir diálogo com diferentes setores para avançar na pauta da irrigação

Divulgação

Após a solenidade de posse da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Adolfo Brito, eleito presidente, concedeu entrevista coletiva, oportunidade em que comentou sobre alguns dos principais assuntos deste início de gestão.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O foco, como ele havia sinalizado em manifestações anteriores e repetido no discurso de posse, esteve em três pontos principais: reservação de água, irrigação e psicultura.

Brito reiterou que “não podemos ficar à mercê do que ocorreu nos últimos anos, quando pelo menos três safras foram perdidas pela estiagem”. O presidente disse que os pequenos produtores foram os que sentiram o maior impacto, resultando na dificuldade de manter o jovem no interior.

Para tirar a sua proposta do papel, Brito citou que já tem conversas adiantadas com diferentes setores. Segundo ele, recebeu carta branca do governador Eduardo Leite para montar os projetos; conversou com o Ministério Público para que o projeto seja viável e tem se reunido com representantes de diferentes secretarias e das federações, entidades representativas dos produtores.

A tema deve encontrar resistência na pauta do meio ambiente.

Fonte: Rádio São Luiz

Deputado Elton Weber defende aprofundamento nas discussões sobre reservação de água

Divulgação

O deputado estadual Elton Weber, do PSB, tomou posse ontem, 31, como quarto secretário da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O parlamentar, que tem ligações com o meio rural, disse que estará alinhado ao presidente da Casa, deputado Adolfo Brito, para construir alternativas às estiagens.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Weber defendeu que mais importante que a própria irrigação é a reservação de água. Ele afirmou estar em total acordo com a pauta e enfatizou que, por conhecer o histórico de Brito, acredita que o diálogo vai prosperar.

O secretário adiantou que são necessários projetos que preparem as propriedades para os efeitos do clima. “Temos muitas chuvas, mas ainda temos que avançar na reservação de água”, observou. O parlamentar ainda comentou que projetos nesse sentido podem avançar também para a área urbana, nas construções de edifício, por exemplo, para melhor aproveitamento das águas.

Fonte: Rádio São Luiz