Polícia

Realizada formatura de novos Patrulheiros Ambientais Mirins

Projeto é dirigido a alunos na faixa etária de 9 a 12 anos. (Fotos: Alcides Figueredo/Rádio São Luiz)

Uma nova turma de mais de 20 Patrulheiros Ambientais Mirins se formou ontem (21), na Escola Amália, em São Luiz Gonzaga. Participaram da solenidade o Juiz Tiago Dias da Cunha, o Promotor Marcos Roberto Lamin, o Tenente Paulo César Amaral Monteiro, comandante do Pelotão de Polícia Ambiental, representantes do Poder Executivo, familiares e instrutores.

Alunos destaque ganharam bicicleta e todos ganharam brindes destinados por colaboradores da comunidade

Criado com o objetivo de orientar as crianças para a adoção de hábitos e atitudes que ajudem a proteger a natureza, o projeto é realizado pelo Pelotão de Polícia Ambiental, com apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público, que destinam recursos das penas alternativas, inclusive de pequenos delitos ambientais, para a manutenção das atividades.

O Juiz Tiago Dias da Cunha, padrinho da turma, comentou a importância da ação dizendo que este é um dos melhores projetos custeados pelo recurso. “São instruções em uma fase da vida em que tudo fica marcado por muito tempo. Eles conseguem realizar ações que fogem da rotina do dia a dia, como passear de barco pelo Rio Ijuí e aprender sobre os cuidados com o bioma e os animais, por exemplo”.

O mesmo pensa o Promotor de Justiça Marcos Roberto Lamin, que falou sobre a importância de desenvolver na comunidade esse tipo de pensamento e comportamento, já que cada vez mais estamos sentindo os sintomas da falta de cuidado com a natureza. Marcos Roberto também apontou a organização da cerimônia como exemplo de dedicação e organização dos policiais, o que, segundo ele, evidencia a competência dos servidores.

Por fim, o Tenente Monteiro agradeceu o apoio do Judiciário e do Ministério Público, dos policiais e de toda a comunidade. Explicou que a torcida é que estas “sementes” desenvolvam a consciência ambiental, de modo que as futuras gerações possam agradecer pelo passo dado nesta fase da vida.

Fonte: Rádio São Luiz

Polícia Rodoviária Federal alerta para golpes envolvendo o nome da instituição

Criminosos estão utilizando o nome da PRF para obter dinheiro de empresas através de golpe telefônico. (Foto: divulgação)

Chegou ao conhecimento da Polícia Rodoviária Federal que, em vários pontos do Rio Grande do Sul, criminosos estão realizando ligações telefônicas para empresas, dizendo serem de uma associação de policiais rodoviários federais, e solicitando doações. Inclusive, em algumas situações, estariam dizendo aos empresários que se negam a doar, que seus veículos seriam abordados e multados.

A PRF informa que a instituição nem qualquer associação ligada a ela ou aos seus policiais solicita doações. O serviço de inteligência da PRF está, em conjunto com outras forças policiais, trabalhando para identificar e prender tais criminosos. O telefone 191 da PRF está à disposição para denúncias e informações.

Fonte: Polícia Rodoviária Federal

Brigada Militar apreende revólver durante abordagem em São Luiz Gonzaga

Armamento estava com o registro vencido. (Foto: divulgação/BM)

Em abordagem, durante patrulhamento ostensivo em São Luiz Gonzaga, policiais militares localizaram no interior de um veículo, embaixo do tapete, um revólver calibre 32, marca Schmidt Osthein, com acabamento niquelado e municiado com seis munições intactas.

Ao ser indagado sobre a procedência da arma, o indiciado respondeu que era de sua propriedade, porém o registro estava vencido. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e encaminhado à delegacia onde a autoridade policial arbitrou fiança em um salário mínimo a qual foi paga.

Fonte: Brigada Militar

Mulher é presa por tráfico de drogas em São Luiz Gonzaga

Marido da mulher já cumpre pena pelo mesmo crime. (Foto: divulgação/PC)

Na manhã desta quarta-feira (29), a Polícia Civil, em ação da Delegacia de Polícia de São Luiz Gonzaga, prendeu J.P.A., de 24 anos, por sentença penal condenatória por tráfico de drogas.

Conforme a Delegada de Polícia Elaine Maria Schons, a mulher já havia sido presa em duas oportunidades pelo crime de tráfico de drogas e agora foi condenada a nove anos e nove meses de prisão pelos crimes. O marido da mulher presa já cumpre pena de treze anos de prisão pelo mesmo crime.

Aviso: A Rádio São Luiz 1060 AM saiu do ar em definitivo. A qualquer momento estaremos no ar na sintonia FM 100.9

Fonte: Polícia Civil

Polícia recupera ferramenta furtada de obra

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Civil, em ação da Delegacia de Polícia de São Luiz Gonzaga, recuperou uma ferramenta furtada na sexta-feira (15), em uma obra no Centro da Cidade.

Conforme a Delegada de Polícia Elaine Maria Schons, a vítima registrou ocorrência noticiando o furto de uma serra circular e informou a existência de câmeras de monitoramento nas proximidades do local. Diante disso, a equipe de investigação passou a realizar diligências e conseguiu identificar o indivíduo autor do furto, destocando até a sua residência. Ao ser indagado, o homem admitiu o furto e informou que havia vendido o objeto por cinquenta reais e informou o endereço do comprador. Então, os policiais deslocaram até o endereço citado e questionaram o morador, que confirmou a compra da ferramenta. Diante disso, a serra circular foi apreendida e restituída ao proprietário. Os homens responderão pelos crimes de furto e receptação.

Fonte: Polícia Civil

Polícia prende suspeito do atropelamento que vitimou mulher de 57 anos na sexta-feira

(Foto: divulgação/Rádio São Luiz)

Na tarde de hoje, a Polícia Civil, em ação conjunta entre a Delegacia de Polícia de São Luiz Gonzaga, Delegacia de Pronto Atendimento e DRACO, prendeu preventivamente o homem apontado como autor do homicídio ocorrido na última sexta-feira (15), em São Luiz Gonzaga, que vitimou Rosemeri Pereira da Silva, 57 anos, residente na cidade de Caxias do Sul e que estava visitando familiares.

Conforme a Delegada de Polícia Elaine Maria Schons, responsável pela investigação e pelo inquérito policial, as diligências visando identificar o autor iniciaram tão logo a ocorrência foi comunicada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento. A equipe volante coletou informações sobre o fato, suficientes para, ainda no sábado, fundamentarem a representação da Autoridade Policial plantonista pela prisão preventiva do indivíduo, que foi autorizada no mesmo dia. Imediatamente iniciaram-se as buscas pelo veículo utilizado no fato e pelo acusado, sem sucesso. Na manhã de hoje, o veículo foi apresentado na Delegacia de Policia e na primeira hora da tarde, J.A.F., 25 anos, apontado como autor do fato, compareceu no Órgão Policial para prestar escarecimentos e foi informado de sua prisão preventiva.

Para a Delegada de Polícia, o acusado declarou e que não viu que havia atropelado uma pessoa e que não se envolveu na briga, mas foi empurrado na confusão, quando tentou sair do local. Então, pegou o veículo no estacionamento, deu marcha a ré e parou porque viu que tinha muita gente e que assim que liberou o caminho, saiu. Informou que chegou a ouvir um barulho, mas não viu o que tinha acontecido e não parou, tomando conhecimento do ocorrido na manhã seguinte quando estava trabalhando.

Após as formalizações necessárias, ele será encaminhado ao Presídio Estadual desta Cidade, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil

Polícia Civil identifica motorista do veículo envolvido em atropelamento na sexta-feira

Mulher de 57 anos, moradora de Caxias do Sul, morreu em decorrência dos ferimentos. (Foto: divulgação/arquivo pessoal)

A Polícia Civil já tem a identificação do motorista do veículo envolvido em atropelamento ocorrido na saída de uma festa na sexta-feira (15), em São Luiz Gonzaga. O auxílio de imagens de câmera de segurança contribuíram para identificação.

No dia, uma briga generalizada ocorreu na saída da festa e um veículo, ao sair do estacionamento, atropelou pelo menos duas pessoas. Uma delas, identificada como Rosemeri Pereira da Silva, 57 anos, morreu a caminho hospital.

Ela era moradora de Caxias do Sul e estava em São Luiz para visitar uma das filhas. Ao todo, deixou cinco filhos.

O veículo envolvido na ocorrência foi apreendido e a investigação do caso está sob sigilo por determinação judicial.

Fonte: Rádio São Luiz

PRF prende homem por porte ilegal de arma de fogo em São Luiz Gonzaga

Homem também transportava carne de caça no veículo. (Foto: divulgação/PRF)

No domingo (17), por volta das 22h, na BR 285, a PRF prendeu o condutor de um automóvel por porte ilegal de arma. Os agentes realizavam fiscalização durante a Operação Proclamação da República quando o condutor de um Monza, com placas de Dezesseis de Novembro, fugiu da abordagem. Os policiais conseguiram interceptá-lo mais a frente, logo depois dele arremessar uma espingarda calibre 32 pela janela do veículo. Os agentes federais ainda encontraram 12 cartuchos e uma capivara carneada dentro do Monza.

O condutor, de 51 anos, residente em São Luiz Gonzaga, foi preso em flagrante e conduzido à área judiciária local.

Fonte: PRF

Polícia Civil e Brigada Militar prendem indivíduos acusados de roubos de celulares em São Luiz Gonzaga

Um dos presos invadiu uma escola no centro da cidade na manhã desta segunda-feira, armado com uma faca, e tentou roubar celulares dos alunos. (Fotos: divulgação/PC)

Na manhã de hoje (19), duas ações conjuntas da Polícia Civil e da Brigada Militar resultaram na prisão de três pessoas preventivamente e um indivíduo em flagrante, visando combate aos recentes roubos ocorridos em São Luiz Gonzaga. A primeira ação, visava apurar pelo menos seis roubos ocorridos na cidade apenas este mês, quando pessoas foram ameaçadas em via pública e tiveram seus celulares roubados.

No dia 06 de novembro, uma adolescente foi abordada no centro da cidade por um homem que ameaçou de lhe dar um tiro e roubou seu celular. No dia 07, uma mulher foi abordada por um indivíduo com uma arma de fogo na cintura, que exigiu que ela entregasse o aparelho celular. Na madrugada do dia 10, um homem foi abordado por dois indivíduos armados de faca, que exigiram que ele entregasse o aparelho celular. No dia 12, por volta das 23h, no centro da cidade, uma mulher foi abordada por dois homens, quando um ficou parado e outro fez a abordagem, roubando o celular da vítima. No dia 13, por volta das 22h, um homem foi abordado por um indivíduo portando uma arma de fogo, nas proximidades do roubo anterior, que exigiu a entrega do telefone. Já no dia 14, um adolescente foi abordado no centro da cidade por um indivíduo portando uma arma de fogo, que exigiu que ele entregasse o celular. Esta última vítima ainda constatou que seu telefone estava sendo oferecido em redes sociais.

Em diligências, foi possível apurar a identidade de dois homens que estavam praticando os crimes e de uma mulher, companheira de um deles, que estava oferecendo nas redes sociais o aparelho celular roubado no dia 14. Diante disso, representou-se pela prisão preventiva dos três indivíduos e pela expedição de mandados de busca e apreensão em duas residências. Após a autorização do Poder Judiciário, as cinco ordens judiciais foram cumpridas nesta manhã e alguns celulares foram apreendidos para que se possa apurar a procedência.

Imagens das câmeras de segurança da escola ajudaram a identificar o indivíduo. (Foto: divulgação/PC)

A segunda ação foi desenvolvida enquanto os policiais apresentavam os presos acima citados, quando a Brigada Militar informou que um indivíduo havia entrado em uma escola localizada no centro da cidade portando uma arma branca e tentado roubar os celulares de três adolescentes que estudam no educandário. Imediatamente policiais civis e policiais militares iniciaram as diligências visando localizar e prender o indivíduo, que foi localizado em uma residência nas proximidades da BR 285. Após conduzido até a Delegacia de Polícia, as vítimas reconheceram o homem como sendo o autor do fato. As imagens das câmeras da escola também auxiliaram na identificação do indivíduo.

Participaram das diligências de identificação e do cumprimento das ordens judiciais policiais civis da Delegacia de Polícia, da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, da DRACO e policiais da Brigada Militar.

A Polícia Civil solicita que, caso mais alguém tenha sido vítima de roubo nos últimas dias e não tenha efetuado registro de ocorrência, que compareça até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para registrar ocorrência informando as circunstâncias do fato.

Fonte: Polícia Civil

Motorista mata mulher ao avançar veículo contra pessoas na saída de um clube de festas

Na madrugada deste sábado, em São Luiz Gonzaga, a Brigada Militar e a Polícia Civil atenderam a ocorrências de homicídio e de confrontos generalizados ocorridos em um clube de festas da cidade e, posteriormente, no hospital.

Segundo relatos de testemunhas à polícia, uma briga generalizada teria ocorrido em um clube de festas da cidade, entre a saída do estabelecimento e o portão para ingresso de veículos. Nesse ínterim, por volta das 5h30min, um homem ainda não identificado conduzindo uma camionete Pick Up prata, ao sair do estacionamento do clube, acelerou em direção a uma aglomeração de pessoas, vindo a atropelar várias e deixando duas mulheres desacordadas no local, as quais foram encaminhadas ao Hospital por populares. A Brigada Militar também precisou intervir em uma briga junto ao clube, que resultou em várias pessoas feridas.

A Polícia Civil se deslocou ao hospital, onde constatou a morte de uma das vítimas do atropelamento: Rosemeri Pereira da Silva, domiciliada na cidade de Caxias do Sul.

BRIGA GENERALIZADA NO HOSPITAL – Junto ao hospital, uma mulher, possivelmente parente da vítima, quebrou o vidro do balcão de atendimento do hospital, vindo a se trancar em uma sala na qual os policiais precisaram forçar a entrada. Ainda nas dependências do hospital, várias pessoas que recebiam atendimento devido à briga no clube de festas acabaram novamente se envolvendo em um confronto, sendo necessária a intervenção da Brigada Militar.

A polícia está à procura do paradeiro do motorista que atropelou e causou o óbito da vítima, bem como das pessoas envolvidas nos confrontos ocorridos no clube e no hospital. A camionete do condutor que causou o atropelamento tinha um adesivo, o que pode auxiliar na identificação do autor do homicídio.

Fonte: Emerson Scheis/Rádio São Luiz