Política

“2019 foi um ano de debates importantes e de quebra de paradigmas no Legislativo”, destaca o presidente Piti Werle

O presidente da Câmara de Vereadores, Piti Werle (MDB), concedeu entrevista à Rádio São uiz nesta quinta-feira, 5, e comentou sobre os trabalhos no Legislativo e a composição da chapa à Mesa Diretora para o ano que vem.

MESA DIRETORA – Segundo Piti, após um período de tratativas para ajustar questões pontuais, foi definida a chapa e o grupo de vereadores que irão apoiar o pleito à Mesa Diretora de 2020, que terá como candidata à presidência a vereadora Ana Barros (PT). “Fizemos pequenos ajustes, e inclusive eu fiquei de fora da composição da Mesa para atender mudanças pontuais. Acho que será muito bom ter a Ana como Presidente e o Laureano Castilho (PSDB) como 1º Secretário, pois abre a possibilidade para eles, vereadores de primeiro mandato assim como eu, de ocupar um lugar de importância na Mesa”, explicou. A votação para a Mesa Diretora do Exercício de 2020 ocorrerá na Sessão Ordinária do dia 23 de dezembro.

TRABALHOS NO LEGISLATIVO – Sobre os trabalhos no Legislativo, Piti salientou a harmonia entre os pares na discussão de matérias e de assuntos de interesse do município: “A Câmara está funcionando de forma eficiente, com as Comissões trabalhando de forma harmônica para as matérias chegarem bem discutidas no plenário, independente de questão partidária. Claro que nós, como base do governo, temos de ter um postura de apoio, mas não apoio irrestrito, mas apoio consciente daquilo que é importante para o público. Assim, podemos dizer que finalizamos 2019 de forma harmônica, ao contrário do ano passado que teve problemas, e acho que isso é um crescimento da Câmara e é muito benéfico para a comunidade”, salientou.

HORÁRIO DO COMÉRCIO – Dentre as matérias discutidas, o presidente destacou: “Neste ano, o que foi mais debatido e que resultou em uma queda de paradigma foi a questão do horário do comércio, onde todos os lados tiveram vez e voz e os vereadores apresentaram seus votos de forma consciente no plenário. E hoje, após alguns meses, vimos que foi uma decisão acertada, pois o comércio está atuando, os trabalhadores estão em seus empregos e está havendo um crescimento na economia. E agora, com o acordo firmado para a abertura do comércio até às 22h, podemos dizer que é uma coisa que não vinha ocorrendo, e, por isso, acredito que esse debate foi muito construtivo”.

MDB E AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS – Sobre o seu partido, o MDB, Piti destacou uma grande reunião ocorrida na última semana com inúmeras filiações: “Temos a grata satisfação de ver que o partido está bem estruturado e que está sendo composto por pessoas com trabalho reconhecido na sociedade, as quais irão contribuir muito no próximo pleito”. Acerca da coligação Progressistas/MDB e de suposições de que poderia não haver trocas nas posições dos partidos nos cargos de prefeito e vice, ao contrário de um acordo existente em que o MDB indicaria o candidato a prefeito para as eleições de 2020, Piti ressalta que “são questões que não se pode impedir as pessoas de comentar, pois é comum no mundo político. Porém, nós, do MDB, temos a certeza da manutenção desse acordo e vamos trabalhar para manter essa Administração que vem avançando muito em São Luiz. E quando a gente fala em Administração, a gente cita o prefeito Sidney Brondani e o vice-prefeito Mário Trindade. Sobre problemas da cidade, a gente sabe que sempre vão existir, mas o importante é que existe um rumo e São Luiz está se tornando uma cidade com melhor infraestrutura e mais oportunidades de emprego. Temos essa confiança e é essa confiança que vamos levar para o pleito no ano que vem”, finalizou.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz

MDB de São Luiz Gonzaga realizou jantar de confraternização com a filiação de novos emedebistas

Na noite de sexta-feira, 29 de novembro, o MDB de São Luiz Gonzaga realizou seu jantar de confraternização de final de ano junto à sede da Associação Atlética Banco do Brasil, oportunidade em que um grande número de lideranças, filiados e simpatizantes do partido se fizeram presentes.

O presidente do partido no município, Vitor Hugo Nascimento, realizou a saudação aos presentes, enaltecendo a importância das novas filiações que seriam concretizadas naquele momento. Da mesma forma, convidou o vice-prefeito Mário Trindade e o presidente da Câmara de Vereadores, Piti Werle, para se apresentarem aos emedebistas presentes como os pré-candidatos a prefeito pelo partido nas próximas eleições municipais que ocorrerão em 2020.

PRÉ-CANDIDATOS – Ambos os pré-candidatos, Mário Trindade e Piti Werle, destacaram o desejo de participar do pleito à majoritária e colaborar com o fortalecimento do MDB como o partido de vanguarda que trabalha, juntamente com o Progressistas, com o PSB e com o Solidariedade, na busca pelo desenvolvimento do município através de obras realizadas nas diversas áreas, como infraestrutura, educação, saúde, dentre outras. Assim, Mário e Piti convocaram a todos os emedebistas a se engajar no trabalho pré-eleição com a unidade que o partido mantém, assim como a coesão nas decisões que são tomadas pensando sempre no melhor para São Luiz Gonzaga.

JUVENTUDE – Logo após, foi eleita a diretoria da Juventude do MDB, que conta para o novo exercício com o presidente Vagner Scarton. Os jovens presentes salientaram a importância do trabalho nos setores de ponta do partido, como forma de sedimentar as bases do MDB e fortalecer a renovação constante nos quadros de colaboradores do partido.

NOVOS FILIADOS – Em seguida, foram oficializadas as novas filiações no MDB, que contou com a adesão dos novos emedebistas que passam a integrar o quadro de filiados no município: Otacilio Valdeci Carvalho dos Santos, Maxima Dora Oliveira Ferreira, Ester da Silva, Luiz Carlos Hider da Silva, Bruno Moura do Prado, Angela Eloni Gomes, Laura Renata Ferreira Pereira, Elda Nidia Pereira Gerardi, Igor Moraes de Moraes, Abigayll Santos Baierle, Carlos Christian Duarte da Silva, Luciana Maciel dos Santos, Zelinda Chaves Gonçalves, Rosangela de Fátima Chaves Gonçalves, Maria Franciele Carvalho de Morais, Maria Elaine de Morais, André Rodrigues Bender, Adriano Guedes dos Santos e Arlindo Rambo.

Fonte: Emerson Scheis/Comunicação MDB de São Luiz Gonzaga

Prefeita de São Paulo das Missões destaca a mobilização contra a PEC de extinção dos pequenos municípios

Em entrevista à Rádio São Luiz, a prefeita de São Paulo das Missões, Noila Ruwer, comentou sobre a mobilização dos municípios da AMM frente à PEC de extinção dos pequenos municípios, que atualmente está sendo discutida em Brasília.

Tendo representado o presidente da AMM, Puranci Barcelos, em encontro realizado na Famurs em Porto Alegre nos dias 25 e 26 de novembro, Noila enfatizou a capacidade de mobilização dos Chefes do Executivo Municipal contra a proposta: “Estivemos nesse encontro organizado pela Famurs com cerca de 16 prefeitos da AMM, e isso demonstra a preocupação de todos com essa PEC. Os prefeitos estão sempre preocupados para resolver problemas em suas cidades e agora vem à tona esse problemão que preocupa não só os municípios de até cinco mil habitantes, mas a todos os outros municípios vizinhos que acompanham a situação e sabem da importância no desenvolvimento regional que as pequenas cidades proporcionam, pois a qualidade devida nos pequenos municípios é muito boa. Por isso, nos preocupa essa proposta, mas vamos lutar para não deixar cair aquilo pelo que os municípios tanto lutaram, que foi a busca de sua emancipação”, enfatizou.

Para Noila, outras formas de gerar economia para os cofres públicos podem ser apresentadas, sem que leve à extinção de municípios, como a redução de órgãos ou setores da Administração Pública. Segundo ela, “quem vai nos dizer onde vai parar essa economia quando se extinguir esses municípios? Queremos uma alternativa que não venha a prejudicar os moradores dos pequenos municípios” ressaltou.

Nesta terça-feira, a mobilização dos prefeitos ganhou ainda mais força, com a presença de mais de mil prefeitos em Brasília visitando deputados e senadores para discutir os efeitos de uma eventual aprovação da PEC. O encontro ocorre a duas semanas do recesso parlamentar.

Fonte: Rádio São Luiz

 

Definida chapa postulante à Mesa Diretora de 2020 da Câmara de Vereadores

Ana Barros, do Partido dos Trabalhadores, será a candidata à presidência da Casa; documento de apoio à formação da chapa foi assinado por sete vereadores, o que representa o número mínimo de votos necessários para a eleição da nova composição da Mesa

Nesta segunda-feira, 2, foi oficializada a formação da chapa concorrente à Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga para o ano de 2020. O documento, assinado com a concordância de sete vereadores da Casa, apresenta a futura formação da Mesa Diretora e as principais diretrizes que serão seguidas para se cumprir o acordo.

A candidata à presidência será a vereadora do PT, Ana Clara Brum de Barros, a qual já havia sido previamente indicada como postulante ao cargo em documento redigido no ano de 2018, quando foi oficializado o grupo de vereadores que conduziu o edil Piti Werle (MDB) como Chefe do Legislativo neste ano de 2019.

A formação que irá disputar o pleito à Mesa será a seguinte:

Presidente: Ana Barros (PT)

Vice-Presidente: José Antônio Caetano Braga (Progressistas)

1° Secretário: Laureano Castilho (PSDB)

2° Secretário: Paulo Cesar da Trindade Garcia (Progressistas)

O documento de apoio à formação da Chapa contou com as assinaturas dos vereadores Piti Werle, José Luiz Terra Vieira (PT) e Clóvis da Veiga (Solidariedade). Dentre os compromissos a serem cumpridos pela Mesa Diretora, conforme o documento, estão: Manter, na integralidade, o quadro de funcionários (CCs e funcionários cedidos do Executivo Municipal); manter o turno único de funcionamento do Poder Legislativo (com exceção dos dias das Sessões Ordinárias) e a manter as Sessões Ordinárias na sede do Poder Legislativo, sem a possibilidade de realização de Sessões descentralizadas.

A eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores para o Exercício de 2020 será realizado na Sessão Ordinária do dia 23 de dezembro, uma segunda-feira.

Por Emerson Scheis – Rádio São Luiz

Bossoroca: Licitação para pavimentação de 15 quadras com recurso de financiamento do Badesul ocorrerá nesta quinta-feira

Em entrevista ao programa Olho Vivo desta quarta-feira, o prefeito de Bossoroca, José Moacir Fabrício Dutra, comentou sobre o andamento das obras do Estado junto à RS-168 e também os trabalhos desenvolvidos pela prefeitura junto às zonas urbana e rural do município.

Sobre o recapeamento asfáltico na RS-168, Dutra salientou que o serviço está um pouco atrasado e que, em contato com a Secretaria dos Transportes, foi informado de que ocorreu problemas no fornecimento de material. “Estamos aguardando. Sabemos que isso causa inquietude na população e em quem passa pela estrada. A parte nova da estrada ainda está parada, mas a operação tapa-buracos teve alguns avanços na semana passada. Sobre isso, conversamos com o Coordenador Loureiro (DAER), de Santiago, e ele nos informou que esse serviço logo iria se intensificar”.

O município também está recebendo obras de pavimentação, conforme informou o Chefe do Executivo: “Estamos aguardando o depósito da Caixa de 20% do recurso destinado a Bossoroca pelo senador Luis Carlos Heinze para a pavimentação de três quarteirões na Rua Alves Valença. Tão logo ocorra o depósito, a empresa inicia os trabalhos”, ressaltou Dutra, que explicou também que a Secretaria de Obras está com suas equipes focadas no trabalho no interior do município: “Temos cerca de 1.600 Km² de estradas no interior, e isso nos traz uma preocupação muito grande, pois temos de oferecer estradas de qualidade. Tivemos um grande volume de chuva logo no início da colheita do trigo, e uns locais ainda ficaram sem receber atendimento em função do tempo chuvoso. Mas estamos procurando resolver as questões mais emergenciais para proporcionar a trafegabilidade na época da safra e para o transporte escolar também”, salientou o Chefe do Executivo.

Conforme o prefeito, nesta quinta-feira ocorre a licitação para obras do recurso de financiamento do Badesul, que proporcionará a pavimentação de 15 quarteirões da cidade. “O recurso já está disponibilizado, e, tão logo seja conhecida a empresa vencedora da licitação, a mesma já poderá dar início ao serviço”, finalizou Dutra.

Fonte: Rádio São Luiz

 

Câmara de Vereadores de São Nicolau realizou sua Sessão Ordinária na localidade de Passo das Tropas

Na tarde desta segunda-feira, 25, o Legislativo de São Nicolau realizou mais uma Sessão Ordinária itinerante. Desta vez, a comunidade que recebeu a Sessão foi da localidade de Passo das Tropas, onde um grande público se fez presente.

 

Na ocasião, foi aberto espaço para a população fazer suas reivindicações, as quais compreendiam estradas melhores, a falta de coleta de lixo, falta de atendimento ao pessoal que procura a Secretaria de Saúde (uma vez que algumas pessoas teriam ido consultar nos municípios vizinhos por falta de atendimento no município), além da exigência do trator que foi prometido em reuniões com a Associação da Comunidade.

A Câmara de Vereadores agradeceu a presença da comunidade, salientando que nesses encontros os vereadores conseguem analisar as difíceis condições das pessoas do interior se manter nas localidades onde moram.

Fonte: Assessoria da Câmara de Vereadores de São Nicolau

“Acredito que não irão ‘roer a corda’; porém, não aceitarei ‘balcão de negócios’”, ressalta Ana Barros sobre a definição da Mesa Diretora para 2020

Em entrevista ao programa Olho Vivo desta terça-feira, 26, a vereadora Ana Barros (PT) falou sobre audiência pública realizada na noite de ontem com a comunidade do Rincão de São Pedro e sobre as definições da Mesa Diretora para o ano que vem, onde existe um acordo que prevê a vereadora como Presidente do Legislativo em 2020.

ESCOLAS DE CAMPO – Segundo Ana, “há alguns meses atrás, o então coordenador da 32ª CRE deu entrevista nas rádios informando da medida do Governo do RS em fechar as escolas de campo de Santa Inês e Capela São Paulo, além da implantação do turno único na escola do Rincão de São Pedro. Imediatamente, a Comissão de Bem Estar Social da Câmara de Vereadores começou a fazer audiências públicas para ouvir a comunidade, tirando daí os encaminhamentos. Então, eu estou confiante de que as duas escolas (de Santa Inês e Capela São Paulo) não fecharão para o ano de 2020. E sobre a escola do Rincão, ontem realizamos a audiência com a comunidade na Câmara, onde contamos com a presença da coordenadora Mônica Pagliusi Justo, da 32ª CRE, no chefe da EMATER Paulo Corrêa e do coordenador regional que representa a Secretaria Estadual de Agricultura, Jair Monteiro da Rosa. Infelizmente, lamentamos que a Secretaria Municipal de Agricultura não se fez presente. Mas ali se formou uma possibilidade de se trabalhar com um projeto, que será discutido na quinta-feira, às 19h, no Rincão de São Pedro, onde estaremos reunindo as alternativas para encaminhar o pleito ao Governo do RS mostrando a importância de se manter a escola e os alunos no campo, pois, quando se fecha escola em uma comunidade, se fecha também a esperança” , salientou Ana.

MESA DIRETORA DE 2020 – Questionada acerca da composição da Mesa Diretora para 2020, para a qual existe um acordo formado no ano passado, Ana enfatizou: “Eu tenho uma herança que quero deixar pros meus filhos: quero que lembrem de mim como aquela pessoa que tinha o cumprimento de palavra, que não precisava assinar para cumprir o acordado, que é uma qualidade que deveria ser de todos, mas isso está se esvaindo hoje em dia”. A fala da vereadora fez referência à indefinição da chapa da Mesa para o ano que vem, onde existe um acordo mas que ainda não foi consolidado.

Ainda segundo Ana, “o vereador Fraguinha deveria de dizer outro motivo, porque esse não é (fazendo referência a entrevista concedida pelo vereador Paulo Fraga que disse que a questão da Mesa teria de ser mais discutida). Primeiro, ele faz parte do governo, ele é do partido do governo, já participou de uma reunião onde inclusive havia dado o seu nome para 1º Secretário (na chapa que teria Ana como Presidente, Piti Werle como vice, Fraga como 1º Secretário e José Antônio Braga como 2º Secretário). A chapa já estava formada. Agora, dizer que tem que discutir mais, se há um  ano foi feito o acordo e assinado, então eu acho que as pessoas têm de ser claras nos seus objetivos. Não adianta dourar a pílula. Ficou agora para a próxima segunda-feira a definição da chapa”, informou Ana, que completou: “É tão difícil de acreditar que as pessoas não cumprem o que tratam? Pra mim, não cumprir alguma coisa acertada é muito grave, então fica difícil de entender. E é uma dificuldade de se trabalhar na Câmara, por parte de algumas pessoas, e isso tem de vir à tona nas eleições (o posicionamento de cada um). Não estou me referindo ao Fraguinha, estou me referindo a quem não cumpre a palavra. O que o eleitor quer com alguém que trata e não cumpre? Vai cumprir a promessa de quando pediu o voto?”.

A vereadora acredita, no entanto, que o acordo não será quebrado, mas enfatizou que não irá participar de negociatas: “Eu acredito que não irão roer a corda (no acordo). Porém, não aceitarei o cargo se houver ‘balcão de negócios’. Se isso ocorrer, eu vou às emissoras de rádio dizer o porquê que eu não fui à presidência da Casa. Não é meu estilo, e quero que se lembrem de mim como uma vereadora que tem caráter e preserva a credibilidade de seu nome”, finalizou.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz

Famurs e CNM mobilizam prefeitos gaúchos para debater as propostas de mudança no pacto federativo e outras reivindicações

Prefeitos da Região das Missões participam do encontro. (Foto: divulgação)

A Famurs e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) convocaram os 497 prefeitos dos municípios gaúchos a participar da Mobilização Municipalista 2019: a força dos prefeitos gaúchos. O evento acontece hoje (25) e amanhã, em Porto Alegre.

Desde a semana passada a mobilização dos prefeitos ganhou ainda mais força pelo impacto de mudanças no pacto federativo, propostas pelo governo federal, no dia 5 deste mês. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do governo prevê a incorporação a municípios vizinhos das cidades com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total.

Famurs debate a PEC do Pacto Federativo

O cenário levantado pela Famurs mostra a importância da Mobilização Municipalista 2019, principalmente neste momento. Segundo levantamento da entidade, entre os 497 municípios gaúchos, 226 têm menos de 5 mil habitantes e menos de 10% de arrecadação própria. Pela PEC do governo, seriam extintos.

A participação na Mobilização Municipalista de prefeitos e prefeitas, vice-prefeitos e prefeitas, secretários e secretárias e gestores municipais é imprescindível. A Famurs e a CNM conclamam todos para o debate, para firmar posição a respeito da extinção dos municípios e pela manutenção do pacto federativo.

Pautas de reivindicação

Serão dois dias de mobilização para que os prefeitos também exponham suas reivindicações sobre as demais demandas dos municípios. Hoje, a partir das 13h30, os líderes municipais vão falar para representantes dos Poderes Executivo e Legislativo do estado sobre problemas como falta de acesso asfáltico, repasses das verbas da saúde aos municípios e relações com o Ministério Público e Tribunal de Contas, entre outros assuntos.

Amanhã, das 9h às 17h, acontecem painéis sobre as reformas tributária e previdenciária, sobre fechamento de contas dos municípios e vedações eleitorais.

Governador receberá carta de reivindicações

Ao final do primeiro dia de manifestações dos prefeitos, o governador Eduardo Leite irá participar do evento e receber um documento com o resumo da pauta de reivindicações.

Serviço:

Data: 25 e 26 de novembro

25/11 – a partir das 13h30

26/11- das 9h às 17h

Local: Hotel Plaza São Rafael (Avenida Alberto Bins, 514 – Porto Alegre -RS)

Fonte: Famurs

Câmara de Vereadores de São Nicolau realiza sessão descentralizada no Passo das Tropas nesta segunda-feira

Encontro anterior ocorreu no Rincão dos Teixeira. (Foto: arquivo/Rádio São Luiz)

Será realizada hoje (25) à tarde a 4ª sessão descentralizada da Câmara de Vereadores de São Nicolau. O encontro para ouvir as demandas da comunidade ocorrerá no Salão Comunitário do Passo das Tropas, a partir das 14h.

Conforme o presidente da câmara, Emerson Bierman, serão apresentadas proposições dos vereadores, mas a pauta principal é ouvir a comunidade. “Precisamos que as pessoas participem para que possamos levar as demandas ao Executivo Municipal”, explicou.

Já foram realizados encontros em Santo Isidro, Assentamento Cambaí e Rincão dos Teixeira. A reivindicação mais comum nas comunidades, segundo Emerson, é na área da saúde e na qualidade das estradas.

Fonte: Rádio São Luiz

Vereador José Antônio Flach Werle assume a titularidade do Executivo são-luizense

No final da manhã desta terça-feira (19), o presidente da Câmara de Vereadores de São Luiz Gonzaga, José Antônio Flach Werle (Piti Werle), assumiu a titularidade do Executivo Municipal. O edil exerce as funções de chefe do Executivo Municipal até sexta-feira (22), devido a participação do vice-prefeito Mário Trindade em audiências em Porto Alegre e o período de férias do prefeito Sidney Brondani.

Na Câmara de Vereadores, o edil Laureano Castilho, vice-presidente do Legislativo Municipal, comandará os trabalhos da Casa até o retorno do vereador Piti Werle.

 Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga