Trânsito

Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga divulga as ocorrências atendidas na semana

(Divulgação)

Emergências atendidas em 13 a 20 de maio

Salvamento de pessoa – acidente veicular. A guarnição deslocou até a BR 285, sentido São Luiz Gonzaga/Santo Antônio das Missões, para socorrer vítima em acidente envolvendo uma carreta Scania e uma motocicleta. Chegando no local, a guarnição constatou que o condutor da motocicleta encontrava- se caído no acostamento com várias escoriações nas mãos e um corte profundo no joelho esquerdo, sendo imobilizado com colar cervical, maca rígida e encaminhado ao hospital.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Salvamento de pessoa – crise de hipertensão. A guarnição deslocou até a Rua General Lima, no bairro Vila Paz, para prestar socorro a senhora com histórico de diabetes em crise de hipertensão arterial. A vítima estava deitada no sofá da sala, inconsciente, e com respiração superficial e rápida, sendo imobilizada e encaminhada ao hospital.

Salvamento de pessoa- crise respiratória de criança. A guarnição deslocou até a Rua João Goulart, no bairro Vila Floresta, para prestar socorro a um menino de 08 anos de idade, com crise respiratória, onde foi colocado no suporte de oxigênio da viatura resgate e encaminhado ao hospital para atendimento médico.

Salvamento de pessoa – acidente veicular. A guarnição deslocou para socorrer um senhor de 45 anos de idade, vítima de acidente com motocicleta, vindo a sofrer uma fratura fechada no fêmur direito. Foi imobilizado com colar cervical e maca rígida.

Salvamento de pessoa- mal súbito. A guarnição deslocou até a Rua Gal. Paiva para socorrer um senhor de 53 anos de idade, vítima de mal súbito em sua residência, vindo a cair ao solo e ficar inconsciente. Não foram encontrados ferimentos aparentes, sendo imobilizado com colar cervical e maca rígida e encaminhado ao hospital para atendimento médico.

Salvamento de pessoa – acidente veicular. A guarnição deslocou até a Rua João Goulart, no bairro Vila Floresta, para socorrer vítima em acidente veicular, envolvendo uma motocicleta e um veículo de passeio. No local, somente foi vítima o condutor da motocicleta, um rapaz de 19 anos de idade, que estava caído ao solo, com um corte profundo no joelho esquerdo, e no dedo mindinho da mão esquerda, sendo que foi realizado um curativo, imobilizado com tala de perna, maca rígida, colar cervical e encaminhado ao hospital.

Salvamento de pessoa – mal súbito. A guarnição deslocou até a Rua Venâncio Aires, em uma parada de ônibus, no Centro, para socorrer um senhor de 50 anos de idade, morador de rua, que relatou estar com fraqueza nas pernas e dor, não conseguindo caminhar, sendo imobilizado e encaminhado ao hospital.

Salvamento de pessoa – ferimento por arma branca. A guarnição deslocou até a Rua Borges de Medeiros, no bairro Vila Floresta, para socorrer um senhor de 76 anos de idade, vítima ferimento por arma branca. No local, a vítima encontrava- se sozinha em sua casa, deitado no sofá, sentindo muito frio, com corte na face, vindo da orelha até o nariz, estava consciente, porém desorientado, não soube informar o que aconteceu, sendo imobilizado e encaminhado ao hospital.

Atividade preventiva – vazamento de gás. A guarnição deslocou até a Rua Júlio de Castilhos, na Vila Mário, para verificar vazamento em botijão de gás (GLP). Foi colocado o botijão para fora da casa e retirado a válvula, sendo orientado a dona da residência a fazer contato com a empresa distribuidora de gás, para realizar a troca deste botijão, para sua segurança.

Salvamento de pessoa – trauma de coluna cervical. A guarnição deslocou até a Estrada Velha de acesso São Luiz Gonzaga a São Nicolau, numa propriedade rural no Assentamento Sepé Tiarajú, para socorrer um idoso de 62 anos de idade, que sofreu acidente em serviço de campo. A vítima foi imobilizada e encaminhada ao Hospital de São Luiz Gonzaga.

Salvamento de pessoa – mal súbito. A guarnição deslocou na Rua Benjamim Constant, no bairro Duque de Caxias, para socorrer um idoso 72 anos de idade, vítima de mal súbito em sua residência, e encontrava-se desorientado. Sendo imobilizado e encaminhado ao hospital.

Salvamento de pessoa – mal súbito. A guarnição deslocou na Rua Antônio Gomes Pinheiro Machado, no bairro Agrícola, para prestar socorro a um senhor 32 anos de idade, caído em via pública, que foi encontrado por pessoas que trafegavam por esse lugar. Estava consciente, com dificuldade de locomoção, foi encaminhado ao hospital.

Por Sd Márcia Vargas – Comunicação Social do 2º PelBM

Bombeiros combatem incêndio em carreta na ERS 168

(Fotos: Divulgação/Bombeiros)

O Corpo de Bombeiros de São Luiz Gonzaga combateu incêndio em uma carreta na manhã desta sexta-feira, 20. O fato ocorreu na ERS 168, nas proximidades do acesso ao Limoeiro.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O foco do incêndio se concentrou na cabine “cavalinho”. Não há vítimas.

Uma pane elétrica no motor teria ocasionado as chamas. O veículo estava carregado com bobinas.

Fonte: Rádio São Luiz

Novo modelo de CNH possibilitará inclusão de nome social

Representantes da ONG Igualdade e GAPA reuniram-se com técnicos do DetranRS

O Mês da Diversidade traz mais um motivo de celebração para as pessoas trans e travestis. A partir de 1º de junho, será possível incluir o nome social também na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O DetranRS recebeu, na tarde de quarta-feira, 11, a representante da ONG Igualdade – Associação de Travestis e Transexuais do RS, Marcelly Malta, e do Grupo de Apoio e Prevenção à AIDS – Gapa, Carla Almeida, para ouvi-las sobre as expectativas e dificuldades enfrentadas por esse público e construir uma estratégia conjunta para implementação.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O direito à utilização do nome social já está garantido no documento de identidade no Estado do RS desde 2019, mas só a partir do mês que vem, com a mudança do documento instituída pela Resolução 886/2021, será possível incluir a informação na CNH. A inclusão do nome social na CNH só pode ser feita por quem já tem o nome social no RG, já que as informações vêm do cadastro do Departamento de Identificação do Instituto Geral de Perícias. O nome social é o que ficará impresso no documento e o nome civil ficará somente no cadastro acessível via QR Code.

Marcelly conta que, embora a luta das pessoas trans e travestis agora seja pela mudança do nome civil, a inclusão do nome social é uma inovação do ponto de vista desse direito, já que a CNH é válida como documento de identificação, sendo a mais usada, inclusive. “O nome social é um paliativo, é importante para algumas travestis, que não querem mudar o nome civil, mas é um avanço que seja o único nome que vai ficar visível no novo documento. Na identidade, por exemplo, como constam o nome social e o civil,  fica claro que é uma pessoa trans ou travesti.”

A preocupação da Autarquia e das entidades é garantir o direito com respeito e dignidade à população trans e travesti. “Avançamos muito na legislação dos direitos das pessoas trans, mas ainda enfrentamos muitas dificuldades na prática. O Rio Grande do Sul sempre foi vanguarda nas questões de legislação para pessoas trans, inclusive fomos os primeiros a ter carteira de nome social, mas na prática não é bem assim. No serviço público, muitas vezes, os direitos são garantidos, mas se utilizam os pronomes errados, por exemplo”, comenta Carla.

O chefe da Divisão de Habilitação do DetranRS, Jonas Bays, ressaltou que o primeiro passo é promover uma sensibilização do público interno e das empresas credenciadas, que atendem a população lá na ponta. “Os atendentes dos Centros de Formação de Condutores, que vão receber essas pessoas, devem ter o conhecimento desse direito e a compreensão da sua importância na vida dos e das transexuais e travestis. O DetranRS precisa levar a discussão da identidade de gênero para os quatro cantos do Estado, muitos lugares onde essa discussão ainda não está tão avançada. É preciso que esses profissionais saibam não só que é um direto a inclusão do nome social na CNH, mas a diferença que isso faz. O reconhecimento da identidade de gênero não reverbera somente na segurança da pessoa que vai evitar constrangimentos tendo seu nome reconhecido e recebendo o tratamento adequado, mas em todas as questões de políticas públicas”.

DetranRS e ONG Igualdade preparam ações para fazer a sensibilização no mês que a diversidade sexual está em pauta, sendo discutida e celebrada em todo o país. Agora também na carteira de motorista.

Novo documento

A possibilidade de inclusão do nome social é só uma das mudanças trazidas pela Resolução 886/2021, que começa a valer em junho. O novo documento trará também termos em língua estrangeira, pictogramas representando as categorias de habilitação e código internacional utilizado em passaportes facilitando a vida de quem viaja e dirige fora do país. Também trará a possibilidade da inclusão de filiação afetiva.

Quem está com o documento válido não precisa se apressar. A substituição pelo modelo novo se dará gradualmente, nas renovações ou eventual emissão de segunda via.

Fonte: DetranRS

Pavimentação das 49 quadras da área urbana de São Luiz Gonzaga será dividida em três etapas

Pavimentação será com concreto usinado. (Foto: Arquivo/Prefeitura de São Luiz Gonzaga)

A administração municipal decidiu dividir em três etapas a pavimentação das 49 quadras com concreto usinado em São Luiz Gonzaga. O objetivo é agilizar o processo, que contemplará ruas que ainda não tem nenhum tipo de pavimentação.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O projeto será desenvolvido com recursos próprios e já há, segundo a gestão, o recurso disponível para execução. O edital de notificação informa que os locais contemplados serão:

Lista de Quadras para pavimentação, concreto usinado.

Trecho I.

Ruas

  • Rio Branco, Entre a Gen. Neto e Benjamin Constant = Três quadras
  • Barão da Passagem, Entre a Gomes Carneiro e Benjamin Constant = Duas quadras.
  • Sepé Tiarajú, Entre a Benjamin Constant e Gomes Carneiro = Duas quadras.
  • David Canabarro, Entre a Dinarte Vieira Marques e Edmar Furtado Fabrício = Duas quadras
  • Pe. Miguel Fernandes, Entre a Andrade Neves e Benjamin Constant = Uma quadra
  • Gen. Portinho, Entre a Gen. Raposo e Santos Filho = Uma quadra.
  • Gen. Neto, Entre a Dinarte Vieira Marques e Rio Branco = Uma quadra.
  • Gen. Neto, Entre a Homero Batista e Dr. Álvaro Batista = Uma quadra.
  • Gen. Osório, Entre a João Goulart e Homero Batista = Uma quadra.
  • Homero Batista, Entre a  Gen. Neto e Corredor da Joaquim = Uma quadra.

Trecho II.

Ruas

  • Gen. Leovegildo Alves Paiva, Entre a Gen. Neto e Andrade Neves = Duas quadras.
  • Benjamin Constant, Entre a 13 de Maio e Rui Ramos = Duas quadras
  • Hipólito Ribeiro, Entre a Bento Gonçalves e Ernesto Alves = Duas quadras
  • Silva Jardim, Entre a Vasco Alves e Tupi Caldas = Duas quadras
  • Júlio de Castilhos, Entre a Frutuoso  Pinheiro e Campos Sales = Uma quadra.
  • Frutuoso Pinheiro, Entre a Júlio de Castilhos e Borges de Medeiros = Uma quadra.
  • Rui Ramos, Entre a Benjamin Constant e Gen. Raposo = Uma quadra
  • Gen. Raposo, Entre a Rui Ramos e Monsenhor Estanislau Wolski = Uma quadra.
  • Vasco Alves, Entre a Borges de Medeiros e 1º de Março = Uma quadra
  • Gomes Carneiro, Entre a Gen. Leovegildo Alves Paiva e Rui Ramos = Uma quadra.
  • Trav. Pe. Tiago Kieling, Entre a Venâncio Aires e 1º de Março = Uma quadra.
  • Bento Soeiro de Souza, Entre a Vasco  Alves e Borges do Canto = Uma quadra
  • Bento Gonçalves, Entre a Vasco Alves e Borges do Canto = Uma quadra.

Trecho III.

Ruas

  • Sepé Tiarajú, Entre a Borges de Medeiros e Quintino Bocaiuva = Quatro quadras
  • Frutuoso Borges da Fontoura, Entre a Sete de setembro e BR 285 = Duas quadras
  • Bairro Loureiro, Entre a Maria Conceição e Travessa Adelaide Aguirre = Três quadras.
  • Júlio de Castilhos, Entre a João Goulart e Barão da Passagem = Uma quadra
  • Júlio de Castilhos, Entre a Rio Branco e Sepé Tiarajú = Uma quadra
  • Barão da Passagem, Entre a Júlio de Castilhos e Borges de Medeiros = Uma quadra
  • Edmar Furtado Fabrício, Entre a Quintino Bocaiuva e Ernesto Alves = Uma quadra.
  • Tv. Otto Flach, Entre a Sete de Setembro e João Batista = Uma quadra.
  • Cel. Charnaneco, Entre a Silva Jardim e Marechal Floriano Peixoto = Uma quadra.
  • Sete de Setembro, Entre a Frutuoso Borges da Fontoura e Domingos José de Almeida = Uma quadra.
  • Ernesto Alves, Entre a 13 de Maio e Gen. Leovegildo Alves Paiva = Uma quadra.

Fonte: Rádio São Luiz

Dezesseis de Novembro apresenta projeto para Pórtico Municipal

(Foto: Divulgação)

Ontem, 16, pela manhã, no Gabinete do Prefeito de Dezesseis de Novembro, foi realizada a apresentação do projeto de um pórtico municipal. Participaram do encontro o prefeito e vice, vereadores, secretários, departamento de turismo, professores e representantes sindicais.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Na ocasião, a arquiteta Thiane Kist de Lima, autora do projeto, realizou a explanação. A obra, segundo ela, buscará aliar modernidade com o passado histórico. A ideia é tornar o local um ponto turístico.

As principais inspirações estão na alfafa, planta forrageira de grande identidade com o município, e o Salto Pirapó, um dos grandes atrativos turísticos da região.

A obra será construída no trajeto que liga Dezesseis de Novembro ao Trevo do Arado. O poder público vai agora buscar a captação de recurso.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Dezesseis de Novembro

Administração buscará dar condições para vias de longo curso visando desafogar o trânsito de São Luiz Gonzaga

(Foto: Ilustrativa/Arquivo/Divulgação)

Percebendo que a BR 285 tem se tornado uma extensão da via urbana por motoristas que utilizam a rodovia para ir de um bairro ao outro, a administração de São Luiz Gonzaga tem elaborado projetos para melhorar a infraestrutura das vias paralelas. Uma delas é a Rua Júlio de Castilhos, que liga o município de uma ponta a outra.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Conforme o vice-prefeito Piti Werle, os projetos visam, também, desafogar o trânsito, assim como foi feito com a Silva Jardim, Borges de Medeiros e General Portinho.

Existem, além da Júlio de Castilhos, outras vias que devem receber o mesmo investimento. Antes, porém, o foco serão as três etapas de pavimentação das 49 quadras que serão pavimentadas no município.

Fonte: Rádio São Luiz

Carro e moto se envolvem em acidente no trevo da BR 285 com a ERS 168

O Corpo de Bombeiros e o Samu de São Luiz Gonzaga atenderam, por volta das 18h50min deste domingo, 15, um acidente de trânsito ocorrido na BR 285. O fato envolveu um automóvel e uma motocicleta. Os veículos colidiram no trevo de entroncamento com a ERS 168, na saída para Santo Antônio das Missões.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A condutora do automóvel não teve ferimentos. Os ocupantes da motocicleta tiveram lesões. Uma das pessoas foi conduzida ao hospital pelos Bombeiros e a outra pelo Samu.

As causas do acidente mão foram informadas.

Fonte: Rádio São Luiz

Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga divulga as ocorrências da semana

(Ilustrativa/Divulgação)

Emergências atendidas de 06/05/2022 a 13/05/2022

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a Av. Senador Pinheiro Machado, no bairro da Gruta, para prestar socorro vítima com crise hipertensiva, no interior de um mercado. No local, a vítima encontrava-se consciente, deitada ao solo, onde foi imobilizada e encaminhada ao hospital para atendimento médico.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a Tv. Martin Luther King, no bairro Vila Jauri, para socorrer uma senhora de 85 anos de idade, vítima de mal súbito, com dificuldades para se locomover.

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a Rua Silva Jardim, no Centro, para socorrer um senhor da idade 80 anos de idade, vítima de mal súbito, com dores na região abdominal e na coluna.

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a BR 285, na Penitenciária Estadual de São Luiz Gonzaga, para socorrer uma senhora de 52 anos de idade, vítima de mal súbito, onde veio a sentir-se mal, devido aos problemas de saúde já existentes.

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a Rua Dinarte Vieira Marques, para socorrer uma senhora 71 anos de idade, vítima de mal súbito. No local, a vítima com hipertensão, encontrava-se sentada em uma cadeira, no lado de fora da casa, não responsiva, sendo imobilizada e encaminhada ao hospital para atendimento médico.

Salvamento – mal súbito. A guarnição deslocou até a Tv. Cícero Cavalheiro, no bairro Vila Trinta, para socorrer uma senhora de 44 anos de idade, que estaria enfartando. No local, a vítima estava sentada do lado de fora da residência, consciente, sentindo fortes dores abdominais e com dificuldades de caminhar.

Salvamento – convulsão. A guarnição de serviço deslocou até a Rua – Monsenhor Wolski, no Centro, numa casa de fundos, para socorrer uma senhora de 79 anos de idade, acamada, que teve uma crise convulsiva. A vítima foi colocada na maca retrátil e lateralizada, pois já havia passado a crise, sendo encaminhada ao hospital.

Salvamento – convulsão. A guarnição deslocou até a Rua 13 de maio, no Centro, para socorrer uma senhora, vítima de crise convulsiva, no interior de um estabelecimento de atividades físicas. No local, a vítima encontrava- se caída ao solo no vestiário, inconsciente, com sinais vitais estáveis.

Salvamento – queda da própria altura. A guarnição deslocou até a Rua Edmar Furtado Fabrício, no Centro, para atender uma senhora de 97 anos de idade, que caiu no interior de sua residência, quando foi ao banheiro. No local, a vítima encontrava-se deitada em sua cama, consciente, relatando sentir fortes dores no ombro esquerdo, indicando possível fratura de clavícula, também sentia dores nos membros inferiores, foi imobilizada em maca rígida e encaminhada ao hospital.

Combate a incêndio – veículo. A guarnição deslocou até a Rua Silva Jardim, para combater incêndio em veículo de passeio, onde a condutora estava só e relatou que houve uma pane na mangueira de saída do motor, por onde vazou combustível e teve início ao fogo. Foi utilizado água com LGE (Líquido gerador de espuma), para realizar o combate e controle do fogo.

Salvamento – atropelamento de pedestre. A guarnição deslocou até a Av. Senador Pinheiro Machado, no Centro, para socorrer um senhor de 54 anos de idade, vítima de atropelamento por uma motocicleta. No local, a vítima encontrava- se deitada no asfalto, inconsciente e com a respiração fraca. Foi imobilizado em maca rígida e encaminhado ao hospital.

Salvamento – Acidente veicular. A guarnição deslocou até a BR 285, no bairro Monsenhor Wolski, para socorrer vítima de acidente veicular envolvendo uma carreta e um veículo de passeio. No local, uma das vítimas da carreta, apresentava escoriações na face, inconsciente, foi imobilizada com colar cervical, maca rígida e encaminhada ao hospital. O outro ocupante da carreta foi atendido e conduzido pela equipe do SAMU. O condutor do veículo de passeio encontrava-se em óbito.

Salvamento de animal- cão. A guarnição deslocou até a BR 285, nos fundos de uma empresa, para resgatar um cão da raça Australiano, que encontrava-se em um fosso escavado de grande profundidade. O animal foi resgatado e encontrava-se em bom estado de saúde, apenas cansado, devido tentar sair do buraco, após entregue ao proprietário.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Corpo de Bombeiros Militar de São Luiz Gonzaga

Roque Gonzales comemora 56 anos com o maior projeto de pavimentação de sua história

(Foto: Divulgação)

O prefeito Fernando Machry falou nesta sexta-feira, 13, sobre o aniversário de 56 anos de Roque Gonzales, que serão comemorados oficialmente no próximo domingo, 15. No dia, haverá programação festiva na Praça, a partir das 15h30min, com mateada, concurso de desenho, corte de bolo e show musical.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

O chefe do Executivo destacou que Roque Gonzales chega aos 56 anos vivendo um momento muito positivo, com investimentos, crescimento e qualidade de vida.

Ao citar obras de calçamento no Bairro Grings, com exemplo, Machry destacou que o município passa pelo maior projeto de pavimentação de sua história. São várias as frentes de trabalho, melhorando as condições para residências e comércio.

Machry ainda comentou que no momento suas equipes estão trabalhando exaustivamente, inclusive aos finais de semana, para melhorar a trafegabilidade para o interior. O grande período de seca somando às chuvas recentes danificaram as vias.

Por fim, o prefeito destacou que a Administração tem aproveitado o frio e o período de baixa temporada da Prainha, hoje o maior cartão de visita da cidade, para concluir reformas e obras estruturantes para que o local esteja ainda mais aprazível no próximo verão.

Fonte: Rádio São Luiz

Obras de pavimentação asfáltica do acesso ao Sítio Arqueológico de São Lourenço iniciam na próxima semana

(Foto: Arquivo/Assessoria de Imprensa)

Ordem de serviço foi assinada nesta quarta-feira, 11, pelo prefeito Sidney Brondani  

Nesta quarta-feira, 11, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, assinou a ordem de serviço para o início da aguardada obra de pavimentação asfáltica da estrada de acesso ao Sítio Arqueológico de São Lourenço Mártir (da BR-285 até o local histórico). A assinatura do documento foi acompanhada pelo vice-prefeito, Piti Werle; pelo secretário de Planejamento, Francisco Lourenço; pela secretária de Ação Social, Nelvia Tavares; e pela imprensa local.  

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A empresa vencedora do processo de licitação foi a Carpenedo e Cia Ltda., de Santa Rosa. Após a assinatura do documento, a empresa tem o prazo de 10 dias para iniciar a obra. O projeto tem o valor de R$ 10.290.413,00, sendo R$ 9.575.191,00 oriundos do Governo Federal – por meio do Ministério do Turismo – e R$ 715.222,00 de contrapartida do município. A destinação do recurso oriundo do Governo Federal contou com o intermédio dos deputados federais Ubiratan Sanderson (PSL) e Osmar Terra (MDB) e do senador Luis Carlos Heinze (Progressistas).   

O prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, ressaltou a importância do início das obras de pavimentação. “Estamos satisfeitos por atender essa antiga reivindicação em prol da comunidade de São Lourenço e da nossa história. Entre os entraves para o início da obra, tivemos um atraso no projeto na parte de arqueologia. Por se tratar de um local histórico, o acompanhamento de um arqueólogo é indispensável. Agora, as obras irão iniciar utilizando os recursos da contrapartida do município, até a liberação dos valores destinados pelo Governo Federal para a execução do serviço, o que ocorrerá nos próximos dias. Agradeço a todos os envolvidos nesse grandioso projeto, o qual será de extrema importância na preservação e divulgação das nossas origens!”.      

O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 12 meses, a contar de 10 dias após o recebimento da ordem de início de serviços.    

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga