Destaques Principais

Chefe escoteiro divulga vagas e lamenta furtos no Parque Centenário


Luciano participou do programa Olho Vivo. Foto: Genaro Caetano/Rádio São Luiz

Trabalho que há décadas é desenvolvido em São Luiz Gonzaga e mobiliza jovens e crianças, o Escotismo segue de portas abertas para a comunidade. Por meio do Grupo Escoteiro Caetés, crianças e jovens têm a oportunidade de ingressar neste ambiente saudável e acolhedor.

Entrevistado no programa Olho Vivo desta quarta-feira (8), o advogado e chefe escoteiro Luciano Canabarro anunciou que o Grupo encontra-se em processo de inscrição de novos membros. Qualquer criança a partir de seis anos, alfabetizada, pode solicitar sua inscrição. O Grupo orienta que essa solicitação seja feita até o mês de setembro, com o menor acompanhado por seu responsável.

Como o trabalho já foi retomado após um breve recesso, os chefes escoteiros podem ser encontrados no Parque Centenário, todo sábado, das 14h às 17h, realizando as atividades junto aos jovens, que se dividem por idade, entre lobinhos, escoteiros e seniores, sendo que há vagas em todas essas categorias. Luciano também ressaltou que o Grupo está tão bem estruturado que vem conseguindo manter um clã pioneiro (maiores de 18 anos) desde o ano passado.

Furto

Apesar do bom andamento da entidade, Luciano também informou a respeito de furto de mudas de um pomar que os Caetés plantaram recentemente no Parque Centenário. Esse fato foi bastante sentido pelo Grupo.

Segundo o entrevistado, certamente a atitude não ocorreu como um puro ato de vandalismo, pois as mudas foram levadas do local. Isso vai de encontro ao real objetivo da ação, uma vez que o pomar estaria à disposição de todos que visitassem o Parque, sem qualquer cerco ou obstáculo para impedir o acesso da comunidade ao mesmo.

Fonte: Rádio São Luiz

Compartilhe: