Consulta Popular deste ano registrou baixíssima participação de eleitores da região

1521719534-Corede-Nordeste-receberA-mais-de-R-milhAes-referente-a-Altima-Consulta-Popular
Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Foi divulgado na tarde desta terça-feira, 10, o resultado ainda não homologado da Consulta Popular 2019. A divulgação, realizada pelo Conselho Regional de Desenvolvimento das Missões, mostrou um índice muito baixo de participação dos eleitores dos 25 municípios que compõem o COREDE Missões. Os dias de votação na Consulta Popular ocorreram em 4, 5 e 6 de setembro, exclusivamente pela internet.

Ao contrário de outras Consultas Populares, a votação deste ano ocorreu somente através da internet, e, em São Luiz Gonzaga, não contou com centrais de votação instaladas na cidade. Provavelmente, a baixa votação registrada no município (que ficou nas últimas posições em  número de votantes, ficando Garruchos com a última posição) ficou por conta desse fator, além do fato de que, neste ano, apenas três demandas estavam entre as escolhas, e ainda eram regionais. Os pleitos e os recursos diretamente direcionados para cada município não existiram nesta Consulta, assim como não houve opções nas áreas de Educação, Saúde e Segurança (as quais sempre contavam com mobilização por parte dos órgãos públicos em busca de eleitores por suas demandas).

Em São Luiz Gonzaga, de 27.204 eleitores aptos a votar, somente 146 efetuaram o seu voto, representando um percentual de votação de 0,54%. Garruchos, em último lugar, teve apenas 4 votos dos 2.648 aptos, representando apenas o percentual de votação de 0,15%. O município da região que mais contabilizou votos foi São Pedro do Butiá, com 1.122 votos de 2.312 eleitores aptos, representando 48,53% de percentual de votação. Rolador veio logo em seguida, com a participação de 976 eleitores dos 2.159 aptos, representando 45,21% de percentual de votação.

Fonte: Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin