Diretor do 33º Núcleo do Cpers/Sindicato fala sobre as demandas locais no “Dia da Pressão”

dc993909-658d-4fa6-9b35-8d22fac3155b
Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Joner Alencar Marchi Nascimento foi recebido pelo Coordenador Regional de Educação, Vitor Hugo Nascimento. (Foto: Alcides Figueiredo/Rádio São Luiz)

Ocorreu na manhã desta segunda-feira (25), em todas as coordenadorias regionais de educação do estado, manifestações de líderes dos núcleos do Cpers/Sindicato. O chamado “Dia da Pressão” teve como pauta a extinção de turmas nas escolas estaduais e o fechamento das coordenadorias.

Conforme o diretor do 33º Núcleo, Joner Alencar Marchi Nascimento, a pressão em São Luiz Gonzaga foca especialmente no fechamento da coordenadoria. “Precariza todo o serviço e dificulta mais a vida dos trabalhadores que têm que acessar a coordenadoria para emitir documentos”, avalia o diretor.

A respeito das turmas, ele explicou que na região do núcleo não deve haver problemas, uma vez que as escolas não retornaram o ofício questionando sobre o tema. “Nossa parte foi feita”, pontua.

Sobre um possível fechamento da 32ª CRE, Joner disse que lideranças locais garantiram que a mesma será mantida. Mas, segundo ele, o governo pediu 90 dias para fazer as alterações e não há certeza sobre a manutenção.

Mais tarde, após conversar com a imprensa, o diretor do Núcleo foi recebido por Vitor Hugo Nascimento, Coordenador Regional de Educação.

Fonte: Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin