Destaques Principais

Nova reitoria da Uergs tomou posse nesta segunda, em Porto Alegre

Solenidade marcou o último ato da são-luizense Arisa Araujo da Luz como reitora da universidade


Leonardo Beroldt recebe a reitoria das mãos de Arisa Araujo da Luz

Nesta segunda-feira, 5 de novembro, os professores Leonardo Beroldt e Sandra Lemos assumiram a Reitoria da Uergs para a gestão 2018/2022, em cerimônia realizada no auditório do Tribunal de Contas do Estado. O ato de posse, presidido pela então reitora Arisa Araujo da Luz, contou com a presença da secretária do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Susana Kakuta, e foi prestigiado por cerca de 250 pessoas da comunidade universitária e autoridades civis e militares do estado e de diversos municípios.

AGRADECIMENTO – Em seu último pronunciamento como reitora da Uergs, Arisa agradeceu a todos que fizeram parte da gestão ao longo dos seus quatro anos de mandato e citou as marcas deixadas neste período: a aprovação de cinco mestrados e a realização de importantes eventos para a comunidade universitária. Arisa também lembrou de outras conquistas, como novas vagas para funcionários, incluindo os docentes, a manutenção do orçamento sem cortes e o aumento do valor das bolsas acadêmicas. “Fizemos parcerias, atuamos em conjunto com Instituições de Ensino Superior, públicas e comunitárias, realizamos cursos corporativos, e estar aqui hoje, no momento mais importante da Uergs, a posse da terceira Reitoria eleita, exatamente no Auditório do TCE, é a maior prova do caminhar junto a que nos propomos”, salientou Arisa.

Leonardo Beroldt recebe a reitoria das mãos de Arisa Araujo da Luz

O ato de passagem do cargo para o reitor Leonardo Beroldt foi simbolizado pela passagem do capelo pela agora ex-reitora Arisa Arauo da Luz, seguida da entrega do Relatório da Gestão 2014/2018. A leitura da Ata de Posse foi feita pelo membro mais antigo do Conselho Superior Universitário da Uergs, Benamin Dias Osório Filho, diretor do Campus Regional 5 da Uergs.

O reitor Leonardo Beroldt lembrou importantes momentos da trajetória da Uergs e mencionou as conquistas da Universidade ao longo dos seus 17 anos. Entre os desafios que terá daqui para frente, citou a conquista da autonomia universitária, assegurada pela Constituição de 1988, e parafraseou o professor Darcy Ribeiro quando disse que “se os governantes não construírem escolas, em 20 anos faltará presídios”.

Beroldt foi ovacionado pelo público ao falar da Constituição, que neste ano celebra seus 30 anos, e determina que “a educação é um direito de todos e deve ser garantida pelo Estado”: “Não se pode preparar um indivíduo para o exercício da cidadania sem a devida liberdade de pensamento. Qualquer tentativa de cerceamento da liberdade de pensamento no âmbito das escolas e das universidades colide com esta prerrogativa constitucional”, ressaltou.

A solenidade foi transmitida ao vivo para todas as Unidades da Uergs e contou com apresentações musicais dos professores Cristina Bertoni (teclado, voz e sax soprano) e Eduardo Pacheco (percussão, pandeiro e conga), e do estudante Gabriel Guedes (violão), todos do curso de Licenciatura em Música da Uergs em Montenegro. Os hinos brasileiro e do Rio Grande do Sul foram executados em acordeão pelo professor Júlio Pereira.

Estiveram presentes na solenidade o Prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidnei Brondani, o vereador Francisco Lourenço, os professores da Unidade Eugênio Farias Marques Portela, coordenador do Curso de Agronomia; a Professora Cláudia Hernandes Ogeda, coordenadora do Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos, também diversos acadêmicos da unidade de São Luiz Gonzaga.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe: