Presidente da FETAG enaltece os resultados obtidos com o 9º Grito de Alerta

9b643f0d-f2a1-47ef-9113-92ae15ca50c7

Ao final do 9º Grito de Alerta, ocorrido nesta quarta-feira, 15 de maio, em Santa Cruz do Sul, a reportagem da Rádio São Luiz, presente no evento, conversou com o presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura – FETAG/RS, Carlos Joel da Silva, que avaliou os resultados da mobilização que contou com mais de 12 mil participantes.

Segundo Silva, “para nós, o evento cumpriu as expectativas. Quando iniciou a chuva pela  manhã tínhamos o receio de que muitas pessoas não viessem, mas tivemos mais de 12 mil participantes, bem como contamos com o apoio de prefeitos, vereadores e deputados, tanto presentes aqui como em Brasília que nos ligaram preocupados para que a nossa pauta chegasse lá”, salientou.

PAUTAS ATENDIDAS – Sobre a pauta elencada no 9º Grito, o presidente da FETAG enfatizou: “Nossas pautas foram atendidas, o que demonstrou a força da união dos agricultores. O Banco do Brasil anunciou recursos novos, após reunião realizada ontem com nossa comitiva. Em Brasília, após audiência com o presidente e o relator do projeto da Reforma da Previdência, nos foi garantido que os agricultores estarão de fora da reforma. E isso é uma grande notícia! Agora, não podemos nos acomodar. Estaremos indo a Brasília nos próximos dias conversar com o presidente da Câmara Rodrigo Maia sobre a votação da Reforma, e garantimos nesta sexta-feira, na FETAG, a vinda do Secretário Executivo do MAPA para fazer uma discussão sobre o plano safra que virá em julho. Valeu a luta e a mobilização, mas precisamos seguir firmes e fortes. Quem veio ao Grito, deve vir nas próximas mobilizações. E quem ficou em casa, precisa ir à rua mostrar o descontentamento e o valor da agricultura familiar”, salientou Silva.

FORÇA DO MOVIMENTO SINDICAL – O presidente do STR de São Nicolau e coordenador da Regional Missões II, Nilton Rutsatz, enalteceu a ampla participação dos trabalhadores no 9º Grito de Alerta: “foi uma grande mobilização que ultrapassou as expectativas. Tivemos resultados e eles somente ocorreram porque o povo se mobilizou e veio ao Grito. Por isso é importante que cada agricultor acredite no movimento sindical, pois somente com luta é que conseguiremos resultados. Aconteceu na Reforma anterior do Temer e esta acontecendo agora, só que não podemos ficar de braços cruzados; vamos seguir na luta e agradecemos a todos os agricultores que saíram desde ontem de suas casas para nos acompanhar no Grito de Alerta em Santa Cruz do Sul”, finalizou.

Fonte: Emerson Scheis/Rádio São Luiz

Fotos: Kelvin Morais/Rádio São Luiz