Rosangela Vidoto fala sobre retomada das aulas na rede municipal e contratação emergencial de professores

rosangela vidoto
Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

(Foto: arquivo/Prefeitura Municipal)

Iniciam amanhã (20) as aulas na rede municipal de ensino. As preparações para essa retomada vêm sendo feitas desde o dia 1º, quando iniciou o processo de organização e limpeza dos espaços físicos.

No dia 13, houve reunião preparatória com diretores, a qual se estendeu ontem e hoje (19) para professores e funcionários. Conforme Rosangela Vidoto, secretária municipal de Educação, essa preparação é para atender “com todo carinho e aparato necessário”.

Para 2019, estão previstas mais de 2.600 crianças matriculadas. Um aumento significativo e que, segundo Rosangela, mostra a confiança das famílias na rede municipal. “Foram acréscimos não só na educação infantil, mas no fundamental. Os pais e alunos estão vendo como há qualidade no nosso ensino”, avalia.

A respeito das vagas na faixa obrigatória – para crianças que completam quatro anos até 31 de março deste ano – Rosangela destacou que é preciso que os responsáveis fiquem atentos. “Se algum pai ainda não atendeu ao chamamento, venha até a secretaria no máximo até sexta-feira”, esclarece.

A secretária ainda explicou que vagas de crianças de zero a três anos atendem normativas e critérios que avaliam quais casos têm mais necessidade, uma vez que não há vagas para todos. Para cadastrar o filho nesta modalidade é preciso procurar a central de vagas nas segundas-feiras.

Rosangela também falou a respeito do Ensino de Jovens e Adultos, o qual passará para a Escola Centenário e que já conta com 40 matriculados, e ainda sobre o transporte escolar. Aberto desde dezembro, o cadastro de quem precisa tem que ser feito o mais breve possível. Ela esclarece que não haverá transporte de alunos sem cadastro.

Contratação emergencial de professores

A administração municipal encaminhou para a câmara de vereadores um projeto de lei solicitando a autorização da contratação emergencial de 20 professores. O projeto será votado amanhã (20). Se aprovado, sairá edital com os requisitos e uma banca fará a seleção.

Através desse contrato, a administração prevê um concurso. As vagas previstas no contrato emergencial serão para anos iniciais, finais e área específica.

Fonte: Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin