Destaques Principais

Segundo Laureano Castilho, “o PSDB está sozinho na indicação de nomes para os Cargos de Confiança do Estado em São Luiz Gonzaga”

O vereador também enfatizou que não se vê saindo do Legislativo para ocupar uma coordenadoria estadual


O vereador Laureano Castilho, em entrevista ao programa Olho Vivo desta terça-feira, falou da vitória de Eduardo Leite (PSDB) para o Governo do RS. Segundo o vereador, “o momento foi histórico, tendo em vista a idade do novo governador, de apenas 33 anos. E, também, levando em consideração a grande votação dele em Pelotas, onde fez 91% de votação, demonstra que alguma coisa de boa ele tem como administrador”, enfatizou Laureano, o qual disse que “o povo colocou nas costas dele um grande compromisso, mas tenho certeza de que ele será uma pessoa que irá negociar com as entidades quando for necessário”.

CARGOS EM SÃO LUIZ GONZAGA – De acordo com Laureano, como não houve apoio dos partidos locais na candidatura de Leite, “o PSDB está sozinho na indicação de nomes para os cargos de confiança para da Coordenadoria Estadual de Educação e Coordenadoria Estadual de Agricultura”. Questionado sobre a informação de que poderia assumir a CRE, Laureano disse que tem conversado com o presidente do partido, mas que deixou claro que tem um compromisso e um projeto como vereador: “Inclusive, busquei junto a deputados para implantar um projeto de castração de animais em São Luiz. Até o momento, não me vejo saindo do legislativo. O partido tem de estudar um nome para assumir a CRE, pois, no momento, não me vejo preparado para assumir um compromisso dessa grandeza. Mas acredito que encontraremos nomes que satisfaçam as necessidades desses órgãos”.

MESA DIRETORA – Sobre a composição da Mesa Diretora para o ano que vem, Laureano enfatizou que, no primeiro ano (2017) fez parte do bloco de oposição, mas que, no momento em que foi dissolvida a Mesa, foi desfeito o compromisso do referido bloco: “Hoje, sou uma pessoa neutra. As tratativas para a nova formatação da Mesa estão ocorrendo, e até me sugeriram de fazer parte da Mesa, mas ainda não está nada acertado. Não sou situação e nem oposição, atualmente”, finalizou Laureano.

Compartilhe: