Sindicatos debatem estratégias para se manter fortes e atuantes

WhatsApp Image 2019-01-28 at 11.29.05

Avaliar a atuação em defesa de seus associados e garantir uma representação forte em defesa dos trabalhadores do campo. Essas foram algumas das intenções de encontro realizado na quarta-feira, 23, em São Luiz Gonzaga, com lideranças dos sindicatos da Regional Missões II e Fetag, para debater estratégias de atendimento à categoria.

Entrevistado no programa Expressão Livre, Rafael Dalenogare Paz, da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de São Luiz Gonzaga com extensão em Rolador e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (FETAG), disse que a conversa abrangeu vários temas. Um deles é um problema crônico: o envelhecimento da população rural.

Segundo Rafael, hoje, 65% da população rural tem acima de 45 anos de idade. Isso faz com que as entidades rurais se preocupem cada vez mais com políticas públicas e atendimento aos idosos. Como o número de políticas públicas tem diminuído, conforme informação do representante sindical, é visível que as entidades devem investir cada vez mais nessa área ao longo dos anos.

Os participantes do encontro também debateram as exigências cada vez maiores para o meio rural, paralelo ao sentimento de enfraquecimento dos sindicatos – Rafael citou o exemplo de medida provisória do Governo que orienta o INSS a não mais aceitar documento validados por sindicatos. Ele diz saber da ocorrência de casos que devem ser revistos, porém, reforça que isso prejudica muitos trabalhadores que tinham, nos sindicatos, meios confiáveis e acessíveis para encaminhar seus direitos.

Ele lembrou que os sindicatos devem ser valorizados, pois foi por meio deles que a reforma da Previdência não foi votada. Esse reforma ainda carece de revisão, devendo começar pelos que ganham mais, ao invés de pesar sobre os ombros daqueles que com menor poder aquisitivo. Nesta terça (29) ele estará em Santa Cruz, onde ocorre o Grito de Alerta da Macrorregional Central, em parceria com a Macrorregional Fronteira Missões. Na quarta ocorre outro debate envolvendo regionais, em Porto Alegre.

Rádio São Luiz

Foto: Rafael Dalenogare Paz (E) em participação no programa Expressão Livre