Servidores da Inspetoria Veterinária de 16 unidades da região estão paralisados

f7d9b869-f62b-4e63-96d3-6fa158be49b3

Somente postos localizados nas prefeituras seguem atendimento. (Foto: divulgação)

Desde segunda-feira (26), 59 servidores das Inspetorias Veterinárias de municípios da região, incluindo a Supervisão Regional de São Luiz Gonzaga, estão paralisados contra o pacote de ajustes do Governo do Estado. Conforme o técnico em agropecuária Gelson Marian, entre as principais pautas da greve estão o atraso e parcelamento de salários, que ocorre há mais de 47 meses, e a falta de reposição salarial.

O servidor também elencou a retirada dos avanços temporais, que são vantagens adquiridas ao longo do tempo de serviço na soma de 1% ao ano; a diminuição da porcentagem na insalubridade de 40% para 20% e de 20% para 10% e a gratificação de permanência. Outro ponto é o que altera a contribuição de 14% do Ipê, atualmente servidores inativos não precisam contribuir, mas a proposta do Governo é alterar este tópico.

Com a paralisação dos servidores, serviços como a emissão de Guia de Trânsito Animal (GTAs), Permissão de Transito Vegetal (PTV), cadastramentos de senhas online para produtor, cadastramento de produtos hormonais e atendimentos a campo estão afetados. Não há previsão de término do movimento.

Fonte: Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email