Kelvin de Morais

Mais de 1.400 alunos realizam a versão impressa da prova do Enem em São Luiz Gonzaga neste domingo

Uso de máscara é obrigatório (Foto: Divulgação)

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na sua versão impressa, está marcada para hoje, 17, e para o próximo domingo, 24. Em São Luiz Gonzaga, os locais de prova serão as escolas Mamede (89 alunos), Amália (96 alunos), Osmar Poppe (150 alunos), São Luiz (231 alunos), Rui Barbosa (335) alunos e URI (551 alunos). Ao todo serão 1452 alunos.

Seguindo determinação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os locais de prova vão antecipar a abertura dos portões para às 11h30min. Eles fecham às 13h e a prova inicia às 13h30min. A medida visa evitar aglomerações e a consequente disseminação do novo coronavírus.

“Nesta edição,  além de precisar apresentar um documento oficial original com foto e de ter uma caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, quem não estiver de máscara não poderá fazer a prova. O edital prevê que a máscara deve ser usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca. Caso isso não seja feito, o participante será eliminado. Os candidatos poderão levar máscaras para trocar durante a aplicação, seguindo a recomendação de especialistas da área de saúde.

Outra regra é o distanciamento social. As salas, de acordo com o Inep, estarão dispostas de forma a assegurar a distância entre os participantes.

Quem for diagnosticado com covid-19 ou apresentar sintomas da doença, ou de outra infectocontagiosa até a realização do exame deve comunicar o Inep pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161. Esses candidatos terão direito de participar da reaplicação do Enem nos dias 23 e 24 de fevereiro”.

Fonte: Rádio São Luiz/Agência Brasil

AGSL apresenta diretoria, lança plano de sócios e divulga participação na Liga 3

(Fotos: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

A retomada da AGSL foi formalizada neste sábado, 16, durante live transmitida do Salão de Atos da URI – São Luiz Gonzaga, com a presença dos diretores e imprensa. A transmissão foi inciada pelo vice-prefeito de São Luiz Gonzaga, Piti Werle, seguida pelas falas do presidente Pascoal Cadore, vice-presidente administrativo Eduardo Dorneles, vice-presidente de marketing Sandro Andrade, vice-presidente de futebol Paulo Henrique Pires e do treinador Jeferson Beccon.

Sem participar de competições desde 2015, quando interrompeu um ciclo iniciado em 1998, a Associação aposta na apoio da comunidade para alavancar o projeto 2021. Foram lançados quatro planos de sócio-torcedor: bronze, prata, ouro e platinum. Os benefícios vão desde descontos no comércio local, participação em promoções até local exclusivo no ginásio para acompanhar os jogos.

“Mais do que nunca precisamos da torcida”, ressaltou Sandro, convocando a comunidade a conhecer os planos e vantagens. Os detalhes estão em site específico criado em parceria com a URI (acesse aqui). A parceria com a universidade, inclusive, é destacada como ponto fundamental para o retorno. Os jogos do time serão no ginásio da instituição.

Quanto as disputas, a diretoria anunciou que a AGSL vai participar da Liga Gaúcha 3, competição criada pela união dos principais clubes de futsal do Estado. A previsão de início é 29 de maio, com a decisão sendo disputada em novembro. Antes, o clube estuda participar da Copa dos Pampas, competição que serviria de preparação e que inicia em março.

O grupo de atletas, segundo o vice-presidente de futebol, Paulo Henrique, vai mesclar jogadores experientes e atletas de São Luiz Gonzaga. Os nomes deverão ser anunciados em breve.

Fonte: Rádio São Luiz

Brigada Militar encerra festa clandestina no interior de Porto Xavier

(Imagem ilustrativa/Divulgação)

Hoje, 16, por volta da 1h, a Brigada Militar de Porto Xavier recebeu uma denúncia de que estava sendo realizada uma festa em uma propriedade rural na linha São Francisco, interior de Porto Xavier. Segundo a informação recebida, a festa havia sido organizada via WhatsApp pelo morador do local e seria na propriedade do seu pai. Ao chegar no local, 300m antes da propriedade, foi possível ouvir a música tocada no evento.

Ao chegar na propriedade foram visualizadas diversas pessoas dentro de um galpão, que ao perceberem a presença policial correram e fugiram em direção ao mato. Enquanto o organizador do evento era informado dos procedimentos, um dos participantes da festa desferiu um tapa no braço de um dos PMs.

Foi abordado também também um menor de idade que estava com copo de bebida alcoólica na mão. Foi aprendido no galpão onde ocorria a festa, em uma prateleira, três cartuchos intactos calibre .14 de procedência argentina e um estojo metálico calibre 32, um cigarro de substâncias com características de maconha em cima da mesa e também diversas bebidas alcoólicas em duas caixas térmicas. Posterior a abordagem o organizador e o menor foram conduzidos até a Delegacia de Polícia para registro da ocorrência.

Tais situações, tendo em vista a realidade vivenciada pela região em razão da pandemia, continuarão a ser coibidas pela Brigada Militar.

Fonte: Assessoria Brigada Militar

Brigada Militar realiza prisão por tráfico de drogas em São Luiz Gonzaga

(Divulgação)

Hoje, 16, por volta das 05h a guarnição em patrulhamento, próximo a entrada do Estádio Municipal de São Luiz Gonzaga, local conhecido como ponto de tráfico de drogas, flagrou um veículo em atitude suspeita saindo do local. Após abordado, em revista pessoal, na carteira do acusado (condutor) foi encontrado uma bucha semelhante a cocaína. O mesmo informou ser para o seu consumo. O caroneiro também foi revistado e localizado junto ao mesmo uma porção de cocaína.

Por volta das 5h30min, a guarnição – de posse das informações acima – deslocou até o local da traficância e abordou dois indivíduos; em diligências foi localizada uma porção de cocaína no bolso do acusado e R$ 110,00 em espécie, o outro indivíduo possuía R$ 75,00 espécie e dispensou um involucro, sendo uma porção de substância semelhante a cocaína. Diante dos fatos, os acusados foram conduzidos ao hospital para laudo médico e posterior a DPPA, onde foi lavrado o flagrante de ambos os traficantes. Foi necessário o uso de algema para garantir a integridade da guarnição e do acusado. Para os usuários foi lavrado um Termo Circunstanciado por posse de entorpecente.

Fonte: Assessoria Brigada Militar

Conforme mapa preliminar, Região das Missões segue com alto risco epidemiológico

(Divulgação)

Indicadores refletem o risco alto de esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de propagação do vírus

O Rio Grande do Sul segue, na 37ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado, com alto risco de esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de propagação do coronavírus. Pela segunda semana consecutiva, o mapa preliminar do Estado, divulgado nesta sexta-feira (15/1), ficou quase todo vermelho. A Região das Missões, por exemplo, teve a última bandeira laranja em novembro do ano passado.

Das 21 regiões Covid, apenas uma, Caxias do Sul recebeu bandeira laranja. As demais receberam bandeira vermelha, com alto risco epidemiológico.

Região Santo Ângelo

Dos seus quatro indicadores regionais, Santo Ângelo alcançou classificação de risco máximo (bandeira preta) em dois deles. É o caso do número de hospitalizações por Covid-19 para cada 100 mil habitantes e da projeção de óbitos. O indicador do número de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias obteve bandeira vermelha.

Houve crescimento nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos 7 dias, que passaram de 55 para 62 registros nesta semana, aumento de 13%. Com o registro de 12 óbitos nos últimos sete dias, houve crescimento de 20% em relação aos registrados na semana anterior (10 óbitos).

No caso do indicador de Ativos sobre Recuperados, a região registrou 481 ativos e 1797 recuperados. Com isso, a razão entre as duas variáveis ficou em 0.27, uma piora em comparação a mensuração anterior, que estava em 0.22.

Destaca-se que a quantidade de novas hospitalizações em proporção da população é bastante elevada, refletindo na bandeira preta para o indicador de incidência na região.

Fonte: Governo do Estado do RS

Registrados 21 novos casos de covid-19 em São Luiz Gonzaga nesta sexta-feira

(Divulgação)

Foram 145 novos casos registrados desde segunda-feira. Hospital está com 12 pessoas na Ala Covid; ontem um paciente foi transferido para UTI

O município de São Luiz Gonzaga divulgou hoje, 15, o registro de mais 21 casos de covid-19, 11 do sexo feminino e 10 do sexo masculino. Nesta semana, desde segunda-feira, o acumulado aponta 145 novos casos.

Agora são 1.248 casos confirmados, com 1.040 recuperados, 187 casos ativos e 21 óbitos. São 301 pessoas monitoradas em domicílio por síndrome gripal e 60 coletas aguardando resultado do Lacen.

No Hospital São Luiz Gonzaga, oito são-luizenses seguem hospitalizados na Ala Covid-19 por síndrome respiratória aguda grave; em outros municípios são seis.

O boletim do Hospital São Luiz Gonzaga, além dos oito pacientes daqui, informa que estão internados dois de Roque Gonzales, um de Bossoroca e um de Minas Gerais, totalizando 12 na Ala Covid-19. Hoje uma paciente de São Luiz recebeu alta, ontem um paciente de 68 anos foi transferido para UTI em Santo Ângelo.

DIVULGAÇÃO DOS GRÁFICOS

Devido ao aumento significativo no número de casos de Covid-19, juntamente com casos graves que requerem internação, a Comissão Municipal de Combate e Prevenção ao Covid-19 decidiu compartilhar, junto com o boletim epidemiológico diário, os dados gráficos que são usados internamente como base para o acompanhamento da evolução da pandemia.

O objetivo é dar a população mais subsídios para percepção de que enfrentamos um momento muito delicado, com alta em todos os indicadores de tendências. Serão divulgados os gráficos de média móvel diária para casos novos, tendências de elevação ou queda, casos ativos e casos acumulados. Em caso de dúvidas, a comissão está à disposição da comunidade para esclarecimentos e orientação.

AVISOS    

Reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem em casa, saindo apenas em casos de extrema necessidade; usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.

A ESF Centro realiza atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas gripais. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de terça a sexta-feira (nas segundas-feiras – de forma temporária – atendimento nos turnos da manhã e tarde). O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde e Hospital São Luiz Gonzaga

Famurs solicita que professores sejam incluídos nos grupos prioritários da vacinação contra covid-19

(Foto: Getty)

Em Assembleia Geral, os prefeitos eleitos para gestão 2021/2024 solicitaram que os professores fossem incluídos no plano nacional de vacinação contra a covid-19. A medida visa garantir a imunização dos docentes para retorno das aulas presenciais.

De acordo com o presidente da Famurs, Maneco Hassen, já foi solicitado, inclusive por outras entidades, a inclusão dos educadores entre os grupos prioritários. No entanto, Maneco salientou que a integração está condicionada ao número de doses que o estado irá receber, informação que ainda não foi divulgada pelo governo federal. “Conforme o número de quantidade de doses que iremos receber, mais setores da sociedade serão incluídos para receberam a primeira dose da vacinação”, explicou.

O Ministério da Saúde já informou que os estados receberão quantidades de doses proporcionais às suas populações, que serão posteriormente distribuídas pelos governos estaduais aos municípios. “O importante é estarmos com as nossas equipes preparadas para iniciar o processo de imunização”, salientou Maneco, lembrando que o governo do Estado já viabilizou seringas e agulhas, além do transporte dos insumos.

O Ministério da Saúde ainda não apontou uma data para início da campanha de imunização, mas trabalha com três hipóteses: 20 de janeiro, entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro, e após 10 de fevereiro.

Grupos prioritários
De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, que define as diretrizes da vacinação da população brasileira, a primeira fase do cronograma engloba trabalhadores da saúde, idosos a partir dos 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência. A segunda fase será para pessoas de 60 a 74 anos.

Já a terceira fase prevê a imunização de pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Famurs

Após análise do Centro de Operações do Estado, município registra o 21º óbito em decorrência da COVID-19

(Divulgação)

Exames da paciente foram encaminhados para Porto Alegre, com a notificação do resultado da análise na sexta-feira (15)  

Após análise de exames pelo Centro de Operações de Emergência (COE) do Rio Grande do Sul, São Luiz Gonzaga registrou a 21ª morte em decorrência da COVID-19. A paciente – uma mulher de 90 anos – internou no Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG) no dia 30 de dezembro e faleceu no dia 8 de janeiro, sendo os exames encaminhados para Porto Alegre. O município foi notificado pelo COE Estadual sobre o resultado da análise na sexta-feira (15).  

De acordo com o boletim epidemiológico de 14 de janeiro, 1.227 casos de COVID-19 foram registrados no município desde o início da pandemia. A Secretaria Municipal de Saúde reforça o pedido para que as pessoas fiquem em casa (saindo apenas em casos de extrema necessidade); usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; e ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus. 

ATENDIMENTO 

A ESF Centro realiza atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas gripais. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de terça a sexta-feira (nas segundas-feiras – de forma temporária – atendimento nos turnos da manhã e tarde). O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da Secretaria de Saúde  

Executivo de São Luiz Gonzaga entrega homenagem ao comandante do 4º RCB

Homenagem foi entregue na última quinta-feira (2)

Coronel Rodrigo de Carvalho Bernardo entregará o comando do regimento ao coronel Leonardo Faulhaber Martins no dia 21 

Após dois anos como comandante do 4º Regimento de Cavalaria Blindado, o coronel Rodrigo de Carvalho Bernardo entregará o comando do Regimento Dragões do Rio Grande ao coronel Leonardo Faulhaber Martins. Para homenagear e agradecer o serviço prestado ao município, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani – acompanhado da primeira-dama Maria Lurdes Brondani – e o vice-prefeito José Antônio Flach Werle (Piti), entregaram ao comandante Bernardo uma lembrança do município.  

Durante visita ao regimento na quinta-feira (14) – a qual também contou com a participação do tenente coronel Faccioni – o Executivo Municipal presenteou o coronel com uma pequena réplica da escultura de Sepé Tiaraju. O monumento (instalado em frente à Prefeitura de São Luiz Gonzaga) e a réplica foram confeccionados pelo escultor são-luizense Vinícius Ribeiro.  

Na ocasião, o prefeito Sidney Brondani parabenizou o comandante Bernardo pela atuação em São Luiz Gonzaga. “Agradecemos pelo grande trabalho desenvolvido em nosso município, desejamos que tenha sucesso e leve boas recordações da nossa comunidade. Tenha certeza que deixou marcas em nosso município e um legado para nossa sociedade. O senhor e sua família serão sempre bem-vindos a São Luiz Gonzaga”.  

O coronel Rodrigo de Carvalho Bernardo agradeceu a homenagem. “Quando você faz algo com amor e carinho, isso fica marcado e essa homenagem será a lembrança materializada. A gratidão é minha. Levo comigo bons exemplos. Saio um cidadão melhor pelos exemplos que colhi do senhor prefeito, da primeira-dama e de diversas pessoas”, afirmou.  

A passagem de comando do 4º RCB ocorrerá no dia 21 de janeiro. Devido a pandemia, a solenidade será realizada sem a presença de convidados.      

Por Larissa Dorneles / AI da Prefeitura de São Luiz Gonzaga  

Secretário de Planejamento de São Luiz Gonzaga fala sobre programa habitacional e estrada de acesso ao Rincão de São Pedro

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

O secretário de Planejamento e Gestão de São Luiz Gonzaga, Francisco Lourenço, falou hoje, 15, sobre os desafios da nova função e o andamento das primeiras ações na pasta. Chiquinho destacou que a situação é diferente, que a pasta é iminentemente técnica, mas que ele, por sua experiência de 20 anos no legislativo e por ter integrado várias comissões na câmara, se sente em condições de desempenhar um bom trabalho.

Uma das primeiras providências tomada, segundo ele, foi solicitar ao executivo a reposição dos postos de engenheiro civil, pois um está de férias e outro licenciado. A solicitação foi encaminhada em caráter de urgência para a câmara.

Chiquinho disse também que, ao lado do prefeito e vice, já vistoriou áreas onde poderão ser instalados conjuntos habitacionais. Essa é uma das demandas mais importantes da pasta por causa das reivindicações da comunidade. “Temos que adiantar os desmembramentos de área para que quando o programa Casa Verde e Amarela, do governo federal, tiver andamento, o local esteja definido”.

O secretário citou que dará seguimento aos projetos de pavimentação do acesso a São Lourenço, obras no estádio, na Praça Cícero, no Parque Centenário e que já visualiza outras ações a serem colocadas em pauta.

Estrada de acesso ao Rincão de São Pedro

Sobre as obras do acesso ao Rincão de São Pedro, Chiquinho lembrou que integrou comissão – com a vereadora Ana Barros e o vereador Fraguinha – que visitou o município de Santa Cruz do Sul e verificou o excelente resultado obtido com o estabilizador de solo. A partir disso, coube ao grupo “convencer o executivo a aplicar o valor, cessando ali sua participação; com a administração e o setor técnico fazendo a licitação e o acompanhamento do trabalho”.

Ontem, 14, o secretário participou de encontro com representante da empresa para discutir os defeitos apresentados na estrada. A posição da empresa deve sair na próxima semana e a cobrança é para que o problema seja resolvido na maior brevidade possível, sempre primando pelo diálogo.

Fonte: Rádio São Luiz