Presidenta do Legislativo comenta sobre as primeiras ações à frente da Mesa Diretora e da relação com o Executivo Municipal

Vereadora Ana Barros

Em entrevista à Rádio São Luiz, a presidenta da Câmara, vereadora Ana Barros (PT) comentou sobre os trabalhos na primeira semana à frente da Mesa Diretora de 2020. Conforme a edil, algumas medidas, como a contenção de despesas, estão sendo implementadas nos primeiros dias do ano.

REUNIÕES DAS COMISSÕES TELEVISIONADAS – Além das Sessões Ordinárias que passaram a ser transmitidas ao vivo pelo Youtube no ano passado, as reuniões das Comissões Permanentes (Constituição e Justiça, Infraestrutura, Orçamento e Finanças e Bem Estar Social) também serão televisionadas. Segundo Ana, os aparelhos estão em fase de instalação, e a transmissão ao vivo das reuniões tem o objetivo de oportunizar o acompanhamento pela população dos debates, tanto de forma presencial, como através da internet. “É nas comissões que os projetos são discutidos e onde o debate sobre eles ocorre, por isso, é importante darmos a oportunidade à população de acompanhar os assuntos elencados nas comissões”, salientou. Além das transmissões, as pautas com os projetos a serem analisados serão divulgados previamente.

CORTE DE CAFEZINHO E ERVA MATE – Outra medida adotada pela Mesa Diretora em 2020 foi a contenção de despesas. Na lista, entraram os tradicionais cafezinhos e o chimarrão: “É uma medida para conter gastos. Entendemos que não devem ser proibidos, só que cada um (funcionários e vereadores) deve bancar o seu. Tendo em vista que no final do ano a despesa com esses dois itens se torna muito elevada, entendemos que deva ser dado prioridade a outras despesas essenciais ao trabalho do Legislativo”.

LEGISLATIVO E EXECUTIVO – Sobre a relação com o Executivo Municipal, a vereadora Ana Barros, embora faça parte do partido de oposição, pondera: “A relação vai ser com a maturidade que o cargo exige. Somos representantes do povo com 13 vereadores eleitos legitimamente. Sou oposição ao governo municipal na questão de ideias, de formas, de projetos e de prioridades, e nunca abrirei mão daquilo em que temos essas diferenças. Mas o compromisso que temos é com a Administração da Casa. Já o posicionamento político de cada um sempre será preservado, e a relação será sempre de respeito, com o olhar voltado à comunidade e jamais, por ser oposição, votarei contra algo que venha a ser benéfico para a comunidade são-luizense”, finalizou a presidenta.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Arquivo/Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email