2 DESTAQUE

Secretária reforça pedido para que moradores dos bairros Joaquim Nascimento, Trinta, Pedreira e Itapevi realizem a regularização fundiária

(Arquivo/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga)

São Luiz Gonzaga – A secretária de Ação Social e Comunitária de São Luiz Gonzaga, Nelvia Tavares, reforçou o pedido para os moradores dos bairros Joaquim Nascimento, Trinta, Pedreira e Itapevi realizarem a regularização fundiária de seus terrenos. Conforme a titular da pasta, os bairros citados ainda não atingiram 50% de regularização.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

No próximo ano, a meta é iniciar o processo nos bairros Auxiliadora e Marcos. “Sejam donos legalmente do que é seu. A regularização valoriza o terreno”, comentou a secretária.

Existem duas modalidades, uma é modalidade S (gratuita) e a outra a modalidade E (específica). A análise de qual categoria se encaixa é feita pela Secretaria de Ação Social e Comunitária, localizada na Rua Silva Jardim, na esquina com a sede do 14º Batalhão de Polícia Militar.

Para encaminhar a regularização o morador precisa ter consifo o RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento de todos os residentes no imóvel; conta de água e luz em nome do requerente; Certidão Negativa de Bens Imóveis (a qual pode ser obtida no Cartório de Registro de Imóveis, na Rua 1º de Março, nº 2369) e contrato de compra do imóvel ou declaração de tempo de residência. O requerente precisa residir no local há mais de um ano e não possuir outro imóvel registrado em seu nome.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga 

Fonte: Rádio São Luiz

Em São Luiz Gonzaga, 980 vacinados com a Janssen devem receber doses de reforço

(Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto)

São Luiz Gonzaga – O município de São Luiz Gonzaga aplicou 980 doses da Janssen. Essas pessoas terão que receber doses de reforço do imunizante. A segunda dose deve ser aplicada após dois meses da primeira e a terceira dose, de reforço, cinco meses depois. É o que informou o Ministério da Saúde no último dia 25. As orientações para as secretarias municipais de saúde, no entanto, até sexta-feira, 26, ainda não haviam chegado.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

A vacina da Janssen era dose única, contudo, estudos apontaram queda na proteção, indicando necessidade de nova aplicação. As doses de reforço devem ser, preferencialmente, da Pfizer.

A Secretaria Municipal de Saúde divulgará o calendário e as orientações assim que estas forem repassadas pelo Ministério.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Com suspensão das coletas de sangue em São Luiz Gonzaga, doadores agora precisam se deslocar até Santa Rosa

(Foto: Josiane Aquino / Divulgação)

Mudança dificultou a obtenção de novos voluntários e a logística dos doadores fidelizados

São Luiz Gonzaga – O Hemocentro de Santa Rosa, atendendo a uma mudança interna, decidiu não realizar mais coletas presenciais no Hospital São Luiz Gonzaga. Com isso, os doadores do município e da região agora precisam percorrer os mais de 100 quilômetros até o município da região noroeste.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Conforme Ângela Lunkes, responsável pelo setor, ficou mais difícil conseguir novos doadores a partir da decisão. As coletas que já vinham em porcentagens baixas por causa da pandemia tendem a diminuir.

A responsabilidade de levar os voluntários é do Hospital São Luiz Gonzaga. A casa de saúde conta com auxílio dos municípios integrantes do Consórcio Intermunicipal de Saúde (São Luiz Gonzaga, Rolador, Bossoroca, Santo Antônio das Missões, Dezesseis de Novembro, São Nicolau, Pirapó, Roque Gonzales e Garruchos). A cada mês um é o responsável pelo transporte.

Ângela explicou que existe uma lista com doadores fidelizados e solicitou que aqueles que puderem doar devem entrar contato com o hospital são-luizense. Atualmente, o estoque da casa de saúde está com os níveis dentro da normalidade, “mas todos os dias alguém precisa de transfusão”, lembro Ângela.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Formatura de alunos do Proerd será realizada nesta quarta-feira em São Luiz Gonzaga

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga – O Programa Estadual de Resistência às Drogas (Proerd), que é coordenado pela Brigada Militar, forma mais uma turma nesta quarta-feira, 1°. A solenidade está marcada para às 18h30min, na URI – São Luiz Gonzaga.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Com 21 anos de existência no Rio Grande do Sul, o programa busca desenvolver nas crianças e adolescentes habilidades que possibilitem a compreensão dos perigos e de como se manter afastada das drogas e da violência. O Proerd também ajuda a criança a desenvolver a autoestima, lidar com as pressões do dia a dia que poderão influenciá-la a experimentar as drogas, bem como a tomar decisões seguras e responsáveis.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Painel Mulher: Desafios e Conquistas e entrega da Láurea Mulher de Vanguarda é adiado

Na manhã desta sexta-feira (13), a presidenta da Câmara de Vereadores, Ana Clara Brum de Barros, decidiu cancelar o evento que seria realizado na próxima segunda-feira (16), referente ao mês da mulher.

O Painel Mulher: Desafios e Conquistas, e a entrega da Láurea Mulher de Vanguarda foi cancelado devido as instruções dos órgãos de saúde para evitar grandes aglomerações, devido a expansão do coronavírus.

A sessão ordinária foi mantida, com a indicação que a comunidade acompanhe pelo rádio e redes sociais, evitando sair de casa neste período.

Por Pâmela Moraes – Assessora de Imprensa da Câmara de Vereadores

Cancelado o jantar baile de posse de nova patronagem do CTG Galpão de Estância

O CTG Galpão de Estância informou no início da tarde desta sexta-feira (13), que o jantar baile de posse da nova patronagem, previsto para acontecer amanhã, dia 14, foi cancelado. A decisão foi tomada com base no decreto do governo estadual, recomendando que sejam evitados eventos com grandes aglomerações de pessoas por um período de até 30 dias, em razão do Coronavírus.

Quem já realizou pagamento das mesas ou dos ingressos deve ir até o CTG para ser reembolsado.

Fonte: CTG Galpão de Estância

Seguindo orientação de decreto estadual, IV Fórum Internacional Mulheres: Violência de Gênero é cancelado

Face ao decreto publicado pelo Governador no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (13), recomendando a suspensão, durante o prazo de 30 dias, de viagens internacionais ou interestaduais e de reuniões de capacitação, como prevenção ao coronavírus, o IV Fórum Internacional Mulheres: Violência de Gênero, que seria realizado hoje, foi cancelado.

Fonte: Rádio São Luiz