2 DESTAQUE

Reabertura do Sítio Arqueológico de São Lourenço pautou reunião da Secretaria Municipal de Turismo e IPHAN

(Divulgação)

Pasta irá desenvolver um estudo para o atendimento no local devido a pandemia 

Nesta semana, a secretária municipal de Turismo e Cultura, Luiza Caterine Santos Panegalli, participou de uma reunião on-line com a equipe do escritório regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Na pauta, a reabertura dos sítios arqueológicos de São Lourenço das Missões e São João Batista (em Entre-Ijuís). 

Além dos representantes regionais do IPHAN – Jorge Lima, Rafael Ferreira e Adriana Almeida – a reunião também contou com a participação da secretária de Turismo de São Miguel das Missões, Luciana Scherer; da secretária de Educação, Cultura, Turismo e Esportes de Entre-Ijuís, Jucli Rejane Maia de Deus e da representante do Departamento de Cultura de Entre-Ijuís, Terezinha Angst.   

Com a assessoria do IPHAN, a Secretaria de Turismo e Cultura fará o cálculo da capacidade de atendimento do Sítio Arqueológico de São Lourenço, considerando o tempo de permanência dos visitantes, entrada, saída e o cumprimento de protocolos de biossegurança. Também será elaborado um decreto com as regras de atendimento e controle, obedecendo ao Modelo de Distanciamento Controlado do Estado do Rio Grande do Sul. “Nos próximos dias, esperamos divulgar a abertura do Sítio Arqueológico de São Lourenço para a visitação dos admiradores da história das Missões, considerando sempre a saúde e a segurança dos visitantes”, destacou a secretária Luiza Caterine.  

Mesmo com o sítio arqueológico atualmente fechado para visitação, a pasta segue com a manutenção do local. Na última semana, a assessora cultural Irene Notarjacomo realizou a entrega de materiais de limpeza e álcool em gel ao responsável pela segurança, Rubem.   

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da Secretaria de Turismo e Cultura  

4º Regimento de Cavalaria Blindado comemora o Dia do Exército

(Fotos: Divulgação/4º RCB)

Na última sexta feira, em cerimônia realizada no pátio de formatura Leovegildo Paiva, o 4º Regimento de Cavalaria Blindado comemorou com uma formatura alusiva, o Dia do Exército.

O Dia do Exército é celebrado no dia 19 de abril, em memória à Batalha dos Guararapes, ocorrida no distante 19 de abril de 1648, no Estado de Pernambuco. Nesse episódio histórico, um grupo de brasileiros, de diferentes etnias mas com o mesmo sentido patriótico, reuniram-se, pela primeira vez, para combater a dominação holandesa, marcando o nascimento do Exército Brasileiro

Na solenidade foram agraciados com a Medalha Corpo de Tropa com Passador de ouro pelos bons serviços prestados em organizações militares de Corpo de Tropa do Exército Brasileiro durante mais de vinte anos, o Subtenente Edu Marques da Rocha e o Primeiro Sargento Wandré de Carvalho Pobel, com a Medalha do Serviço Militar Amazônico com Passador de Bronze, pelos relevantes serviços prestados em Organizações Militares da área Amazônica, o Segundo Sargento Márcio Guedes Bueno.

Fonte: Assessoria de Comunicação do 4º RCB

Diretoria da ALM esteve reunida com Regionais Sindicais das Missões

(Divulgação)

Pauta do encontro foram medidas de apoio à agricultura familiar

Na quinta-feira, 15 de abril, a diretoria executiva da ALM – Associação do Legislativo das Missões, esteve reunida com representantes das Regionais Sindicais Missões I e II.

Estiveram participando da reunião que ocorreu na cidade de Roque Gonzales, o Presidente da ALM,  Elói Andrade Batista, juntamente com o 1º Vice-Presidente – Paulo Aloísio Justen, 3º Vice-Presidente – Afonso Luís Bremm Gomes, 3º Secretário – Janete Maria Haas e  1º Tesoureiro – Jorge Augusto Welter.

Das Regionais estiveram representando Márcio Roberto Langer – Presidente da Regional II, Vanderli Ferreira Lopes, representando a Regional I, Presidente STR Dezesseis de Novembro – Celso Otswald, Presidente STR São Pedro Butiá – Nelcindo Mayer e Rafael Dallenogare Paz.

Na oportunidade a Associação do Legislativo das Missões recebeu documento com as reivindicações das regionais solicitando apoio para a produção da agricultura familiar. Dentre as reivindicações estão a equalização dos juros do Pronaf devido à elevação dos custos com matéria prima e insumos. Outro ponto importante é a subvenção do prêmio seguro rural, mecanismo de proteção da produção que é sujeita a todo tipo de intempérie.

Assim, foi solicitado que as lideranças legislativas enviem para seus deputados, senadores e demais, moções de apoio para fortalecer as solicitações sindicais.

As câmaras podem solicitar a ALM uma cópia do modelo de moção de apoio para fortalecer esse movimento dentro da região missioneira.

O presidente da ALM, Elói Batista, destacou a importância deste debate, assegurando ser papel do legislativo missioneiro a apresentação de propostas para defesas regionais, as quais, terão maior visibilidade no âmbito estadual e federal.

Por Pâmela Moraes – Assessoria de Imprensa

Hospital São Luiz Gonzaga ainda precisa de cinco doadores de sangue

(Divulgação)

Voluntários devem fazer agendamento pelo (55) 3352-4000; coleta ocorre nesta sexta-feira

O Hospital São Luiz Gonzaga atingiu a meta de agendar 50 doadores de sangue para a coleta desta sexta-feira, 23. Contudo, conforme a bioquímica Ângela Lunkes, uma das responsáveis pela organização, a casa de saúde precisa de mais cinco doadores por medida de segurança.

O objetivo é se antecipar caso um dos voluntários não passe na triagem.

Por causa da pandemia, os estoques dos hemocentros estão baixos. Voluntários que tiveram covid-19 precisam aguardar um mês após a alta médica para doar; vacinados contra a covid-19 devem aguardar uma semana. Os detalhes sobre a coleta podem ser obtidos pelo contato (55) 3352-4000.

Fonte: Rádio São Luiz

Psicóloga realiza ação solidária em prol do Hospital São Luiz Gonzaga

(Divulgação)

Ação solidária envolve a rifa de uma faca do músico Mano Lima

Está em andamento uma campanha da psicóloga Lizandra Marchesan em prol do Hospital São Luiz Gonzaga. Trata-se de uma rifa, cujo prêmio será uma faca multiuso da marca Cusco, do músico Mano Lima, que será sorteada no dia 24 de junho, data do aniversário da casa de saúde são-luizense.

Segundo Lizandra, a ideia de fazer algo em benefício do hospital surgiu no momento em que foram publicadas as primeiras notícias dando conta da possibilidade de faltar oxigênio para os pacientes da ala covid. Ao entrar em contato com amigos para buscar apoio em uma eventual ação, um dos que respondeu foi o artista missioneiro, dispondo o artigo para ser rifado. Mano Lima, inclusive, gravou um vídeo destacando a ação.

Com a ajuda da secretária geral da Associação Comercial Industrial, Taciana de Carli Foletto, Lizandra organizou a rifa e fez a impressão dos primeiros 300 números. O sucesso foi instantâneo e novos precisaram ser impressos; hoje estão chegando à marca de dois mil.

O número está sendo comercializado a R$ 10,00 e pode ser adquirido no comércio local e com colaboradores na região. A própria psicóloga também possui números e disponibiliza os contatos de suas redes sociais no Facebook e Instagram para intermediar a aquisição.

A entrega dos valores, devido à urgência da saúde, está sendo feita logo que os valores entram no caixa.

Fonte: Rádio São Luiz

RS em bandeira preta: veja o que muda em todas as regiões a partir de sábado, dia 27

(Divulgação)

Com a decisão de suspender temporariamente a cogestão regional, a partir deste sábado (27/2), e de antecipar a vigência do mapa da 43ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado também para sábado, todas as regiões do Rio Grande do Sul deverão seguir os protocolos de bandeira preta pelo menos até 7 de março.

As medidas foram anunciadas pelo governador Eduardo Leite nesta quinta-feira (25/2) diante do crescimento exponencial de contágio de coronavírus e do pico de internações em leitos hospitalares, o que já levou ao esgotamento de UTIs em algumas regiões.

A intenção da bandeira preta do Distanciamento Controlado é instituir o alerta máximo e reforçar a necessidade de cumprimento dos protocolos e das regras sanitárias. Não é o mesmo que decretar lockdown, medida mais extrema que foi adotada em alguns Estados e em outros países, mas impõe medidas mais rígidas para conter a circulação do vírus.

A suspensão geral de atividades das 20h às 5h, em todo o Estado, determinada na segunda-feira (22/2), também será mantida pelo menos até as 5h do dia 2 de março. O governo do Estado ainda estuda a prorrogação da medida.

O que muda nas regiões em bandeira preta

Conforme decreto publicado na segunda-feira (22), a bandeira preta permite o ensino presencial em escolas de Ensino Infantil e em turmas de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. O restante dos anos escolares, assim como Ensino Superior, só podem funcionar de forma remota.

A exceção é o atendimento  individualizado e sob agendamento para atividades práticas essenciais para conclusão de curso de Ensino Médio Técnico concomitante e subsequente, Ensino Superior e pós-graduação da área da saúde (pesquisa, estágio curricular obrigatório, laboratórios e plantão), e Ensino Médio Técnico subsequente, Ensino Superior e pós-graduação (somente atividades práticas essenciais para conclusão de curso: pesquisa, estágio curricular obrigatório, laboratórios e plantão).

O decreto de segunda-feira também incluiu a autorização expressa de atividade presencial de equipe mínima de funcionários nos diferentes níveis de ensino exclusiva para a manutenção do acesso à educação (por ex.: entrega de material).

No serviço público, apenas áreas da saúde, segurança, ordem pública e atividades de fiscalização atuam com 100% das equipes. Demais serviços atuam com no máximo 25% dos trabalhadores presencialmente.

Serviços essenciais à manutenção da vida, como assistência à saúde humana e assistência social, seguem operando com 100% dos trabalhadores e atendimento presencial.

Nos serviços em geral, restaurantes (à la carte ou com prato feito) podem funcionar apenas com tele-entrega e pague e leve, e 25% da equipe de trabalhadores. Essa definição também vale para lanchonetes, lancherias e bares. Salões de cabeleireiro e barbeiro permanecem fechados, assim como serviços domésticos.

O comércio atacadista e varejista de itens essenciais, seja na rua ou em centros comerciais e shoppings, pode funcionar de forma presencial, mas com restrições – respeito a um distanciamento maior entre as pessoas.

O comércio de veículos, o comércio atacadista e varejista não essenciais, tanto de rua como em centros comerciais e shoppings, ficam fechados.

Cursos de dança, música, idiomas e esportes também não têm permissão para funcionar presencialmente.

No lazer, ficam proibidos de atuar parques temáticos, zoológicos, teatros, auditórios, casas de espetáculos e shows, circos, cinemas e bibliotecas. Demais tipos de eventos, seja em ambiente fechado ou aberto, não devem ocorrer.

Academias, centros de treinamento, quadras, clubes sociais e esportivos também devem permanecer fechados.

As áreas comuns em condomínios prediais, residenciais e comerciais ficam fechadas. No caso de academias situadas em condomínios, o atendimento pode ser feito de forma individualizada ou entre coabitantes. Os serviços de manutenção predial, por exemplo, podem permanecer funcionando.

Locais públicos abertos, como parques, praças, faixa de areia e mar, devem ser utilizados somente para circulação, respeitado o distanciamento interpessoal e o uso obrigatório e correto de máscaras. É proibida a permanência nesses locais.

Missas e serviços religiosos podem operar sem atendimento ao público, com 25% dos trabalhadores, para captação de áudio e vídeo das celebrações.

Bancos, lotéricas e similares podem realizar atendimento individual, sob agendamento, com 50% dos funcionários.

No transporte coletivo municipal e metropolitano de passageiros, é permitido ocupar 50% da capacidade total do veículo, com janelas abertas

• Clique aqui e veja a comparação de protocolos entre bandeira preta e vermelha

• Clique aqui e confirma quais são as atividades consideradas essenciais conforme decreto

Polícia prende autor de violência doméstica em Porto Xavier

A Polícia Civil, por atuação da Delegacia de Polícia de Porto Xavier, prendeu na tarde de terça-feira, 22, um homem de 25 anos de idade pelo crime de lesão corporal, ameaça e descumprimento de medida protetiva contra sua companheira, uma mulher de 29 anos, em Porto Xavier.
O fato se deu no último dia 20 quando vizinhos da vítima acionaram a Brigada Militar a fim de verificar a informação de a vítima estava sendo espancada por parte do companheiro com agressões como chutes e esganadura à vítima. A mulher foi encaminhada a atendimento médico, tendo em vista a gravidade das lesões sofridas.


Diante das informações, a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Porto Xavier, sob coordenação do Delegado Anderson Pettenon, representou pela prisão preventiva do agressor, tendo em vista que sua liberdade coloca em risco a integridade física e mental da vítima, bem como o andamento das investigações. A captura do agressor se deu na tarde de terça, por parte dos agentes do setor de investigações da Delegacia de Polícia de Porto Xavier, que conta com reforço de agentes destacados para a denominada “Operação Fronteira”.
O indivíduo, o qual tem antecedentes policiais por formação de quadrilha, porte ilegal e disparo de arma de fogo, furto qualificado, resistência e lesão corporal, não reagiu à prisão. Após as formalidades, o preso foi encaminhado ao sistema penitenciário estadual.
A Polícia Civil alerta e fica à disposição da comunidade a fim de combate e apurar qualquer espécie de violência doméstica e familiar contra a mulher. Denúncias podem ser repassadas de forma anônima. O sigilo é absoluto.

Fonte: Polícia Civil

Terça-feira com sol mas com retorno da instabilidade no final do dia

Segundo a Somar Meteorologia, o tempo voltou a ficar firme nesta terça-feira por causa da entrada de uma massa de ar seco. Assim, na maior parte do dia o sol predomina e as temperaturas podem chegar na casa dos 32°C. Porém, as instabilidades retornam à noite, com previsão de chuvas em forma de pancadas.

Na quarta-feira o tempo segue instável, com pancadas de chuva a qualquer momento do dia; no entanto, a partir de quinta-feira, o tempo volta a ficar firme na região. As informações são da Somar Meteorologia.

Fonte: Somar Meteorologia

Secretaria de Turismo e Cultura divulga projetos selecionados pelo Comitê da Lei Aldir Blanc

A Secretaria Municipal de Turismo e Cultura publicou na manhã desta segunda-feira (14) o parecer do Comitê Municipal de Implementação das Ações Emergenciais, destinadas ao Setor Cultural (Comitê Lei Aldir Blanc). A publicação – disponível no site da Prefeitura de São Luiz Gonzaga (https://www.saoluizgonzaga.rs.gov.br/site/editais/5040-parecer-n-01-comite-lei-aldir-blanc) – informa os projetos selecionados conforme as definições do edital nº 94/2020.  

O comitê levou em consideração os seguintes critérios para a seleção dos projetos: coerência entre as ações propostas e as diretrizes do edital; relevância cultural e originalidade das atividades propostas; planejamento do projeto (clareza, viabilidade, exequibilidade) e capacidade técnica; democratização do acesso; legado e perspectiva de continuidade das ações do projeto. Todos os projetos cadastrados estavam de acordo com critérios e pontuação, não havendo cadastros indeferidos.  

Os projetos selecionados são:  

– Feira Cultural Virtual – I Edição (Agência Santana e Messa LTDA.);  

– Mostra Cultural Revivendo os Troncos Missioneiros (Centro de Tradições Gaúchas Galpão de Estância);  

– Declama, canta e dança DN Carlos Bastos do Prado: Drive-in e live: A cultura além das portas da Entidade Tradicionalista (Departamento Nativista Carlos Bastos do Prado).  

 

LEI ALDIR BLANC 

O repasse dos recursos para os projetos selecionados deverá ocorrer até o dia 23 de dezembro. A Lei Aldir Blanc possibilita aos governos estaduais e municipais repassar recursos destinados pelo Governo Federal para manter espaços artísticos e culturais; pequenas e microempresas culturais e cooperativas; instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social contra a pandemia de COVID-19.  

 Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da Secretaria de Turismo e Cultura  

Foto: Divulgação / Secretaria de Turismo e Cultura 

 

Curso de Pedagogia – Uergs em São Luiz Gonzaga inicia novo Projeto nos Programas PIBID e RP – Capes

Na quinta-feira passada, 10 de dezembro, ocorreu a abertura oficial do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e do Programa de Residência Pedagógica (RP), durante o 3º Fórum das Licenciaturas da Uergs, o qual realizou-se de forma virtual, com as presenças das respectivas coordenadoras, supervisoras, diretoras e comunidade acadêmica.

Os Programas Pibid e RP são importantes para a qualificação da formação dos acadêmicos dos cursos de licenciatura da Uergs, assim como as redes de ensino dos municípios em que a Instituição esta inserida. Cabe destacar que o Curso de Pedagogia da Uergs de São Luiz Gonzaga, de acordo com o Guia da Faculdade – Quero Estadão, o qual analisa a qualidade de cerca de 14 mil cursos superiores em todo o Brasil, tem o conceito de 4 estrelas, que demostra a alta qualidade de ensino reconhecido nacionalmente. A Unidade local já formou 07 turmas do Curso de Pedagogia, estando atualmente com 04 turmas em andamento com previsão de ingresso de nova turma em 2021/2.

A coordenação em São Luiz Gonzaga do PIBID está a cargo da Prof. Dra Viviane Maciel Machado Maurente e do RP da Prof. Me Edila Dutra da Silva, as quais já realizaram reuniões virtuais para os primeiros acertos e organizações com os acadêmicos bolsistas de iniciação à docência e residentes e com os professores das escolas que serão supervisores e preceptor.

Abaixo um breve histórico dos referidos programas na Uergs em São Luiz Gonzaga:

Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) O Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) é um programa do Ministério da Educação (MEC) o qual é desenvolvido na Uergs em São Luiz Gonzaga desde agosto de 2011 oportunizando que estudantes do curso de Pedagogia realizem atividades semanais nas escolas da rede pública, acompanhando o cotidiano da escola, sob a supervisão de um docente.

A partir do edital 2020, o programa passou a ser desenvolvido em São Luiz Gonzaga na Escola Estadual de Ensino Fundamental Adalgisa Leães Lencina, nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental Boa Esperança e José Bonifácio. Ao todo são 30 acadêmicos do Curso de Pedagogia, que integralizaram a primeira metade do curso, que estão inseridos neste programa, realizando intervenções pedagógicas e auxiliando a comunidade escolar destas Escolas.

Programa de Residência Pedagógica (RP) – O Programa de Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.

O mesmo está sendo realizado pela primeira vez em São Luiz Gonzaga neste ano de 2020, inserido na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cel. Manoel Mamede de Souza, visando contemplar, entre outras atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica, acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando e orientada por um docente da sua Instituição Formadora. Ao todo são 10 acadêmicos do Curso de Pedagogia que já completaram mais de 60% do Curso.

Fonte: Assessoria de Comunicação UERGS/São Luiz Gonzaga