Presidente do MDB confirma a cabeça de chapa na coligação e destaca: “Hoje, somos o único partido de São Luiz com dois pré-candidatos de peso

Em convenção municipal realizada neste sábado, 24, na Câmara de Vereadores, o presidente Vitor Hugo Nascimento foi reconduzido pela 5ª vez à direção do partido. Da mesma forma, foram escolhidos os 31 membros do Diretório Municipal e a Executiva do MDB para os próximos dois anos. Em entrevista à Rádio São Luiz, Vitor Hugo comentou sobre o momento do partido e as tratativas visando o pleito eleitoral no município no ano que vem.

Segundo Vitor, “a convenção foi realizada nos 497 municípios do RS onde o MDB está organizado, e nos surpreendeu pela participação efetiva, comprovando a força e tradição que o partido tem em São Luiz. Na oportunidade, elegemos os 31 membros do Diretório e a Executiva do MDB, o qual está unido e preparado para enfrentar o pleito eleitoral de 2020”.

COLIGAÇÃO – Conforme o presidente, para o ano que vem o partido terá a cabeça de chapa na coligação, na qual, por acordo, o Progressistas indicará o candidato a vice-prefeito. “Não quer dizer, porém, que estamos fechados a demais conversações com outros partidos que queiram conversar e participar da coligação. Temos uma negociação que irá ocorrer nos próximos dias com o PDT, que já nos procurou e deseja uma reunião nesse sentido. É assim que se constrói a democracia. Todos os partidos que queiram se agregar serão bem-vindos, pois não possuímos restrições”, destacou.

DOIS PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO – Sobre o candidato a prefeito pelo MDB, Vitor Hugo informou que existe o interesse de dois membros do partido para concorrer: o vice-prefeito Mário Trindade e o presidente da Câmara de Vereadores, Piti Werle. Conforme o presidente, “definimos internamente com os dois em reunião da Executiva, onde ambos manifestaram o interesse de colocar seus nomes à disposição. Então, já temos dois pré-candidatos e, diante dessa realidade, fizemos uma composição do Diretório de 31 membros da seguinte forma: como 13 vagas já estavam estabelecidas para serem preenchidas por vereadores e ex-presidentes do partido, o número restante (18 vagas) foram preenchidas através da indicação igualitária dos dois pré-candidatos, com cada um indicando nove nomes ao Diretório, para ambos estar em igualdade de condições na Convenção”.

Para Vitor, “o momento demonstra que o partido está coeso, e, embora tenhamos dois pré-candidatos, já temos o acordo formal dos dois que, após a escolha, aquele que não for candidato a prefeito irá apoiar o outro, assim como seus apoiadores. E isso é uma resposta àqueles que falam na divisão do partido: saliento que isso não irá acontecer e que temos a força da convicção de que somos o único partido em São Luiz Gonzaga que conta com dois pré-candidatos a prefeito de peso, assim como a palavra deles de que um irá apoiar o outro”, destacou. A escolha do candidato a prefeito irá ocorrer em pré-convenção a ser realizada entre o final do mês de março e início de abril de 2020.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Arquivo/Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email