Política

Comissão Especial sobre o Hospital São Luiz Gonzaga esteve reunida na Câmara

Nesta quinta-feira (27) ocorreu reunião da Comissão Especial criada na Câmara de Vereadores para acompanhar e articular ações em defesa do Hospital e da instalação da UTI em São Luiz Gonzaga. A reunião contou com a presença da presidente da Comissão, vereadora Ana Clara Brum de Barros, relator vereador Aldimar Pereira Machado, os membros vereadores Clóvis Henrich da Veiga, Francisco Rodrigues Lourenço, Paulo César Trindade Garcia, representado pela assessora parlamentar Edileuza Cervo.

Também, acompanharam o encontro o vereador José Antônio Flach Werle, o prefeito Sidney Luiz Brondani e a Secretária Municipal da Saúde, Clari Ramborger. O prefeito Sidney, na oportunidade também representou o Consórcio Intermunicipal de Saúde. Representando o Hospital, a interventora Iria Diedrich, o diretor de projetos, Tiago Dal Santo e o diretor clínico, médico Luiz Grings. Representando a Associação dos Municípios das Missões AMM, prefeito Puranci Barcelos. Os vereadores da região, Roni Bolter e José Cunha, assim como, o assessor da Câmara Federal, Emerson Marques de Matos.

Dentre a pauta, esteve o crescimento dos hospitais da região e do tempo que o nosso hospital ficou sem poder receber recursos federais, bem como, a necessidade de recursos para investimentos em estrutura e equipamentos o que mudará o cenário, com a vinda da UTI e logo após hemodiálise e outras especialidades.

O Prefeito Sidney em sua fala citou sobre as negativas do hospital que estão em dia, e a intervenção do município na requisição dos serviços e da personalidade jurídica do hospital, sobre as futuras reformas que serão realizadas, o aumento dos serviços que serão ofertados, e sobre os empenhos, prontos para licitação.

Iria Diedrich, destacou os investimentos que estão encaminhados no hospital através de emendas, como a reestruturação do setor de imagem e outros atendimentos do hospital, o que abrangerá outros setores, facilitando e aumentando o fluxo dos atendimentos. Ainda, informou sobre os contratos que estão sendo revisados e algumas alterações, para que a licitação ocorra o mais transparente e as prestações de contas sejam realizadas dentro do que é exigido.

O Presidente da AMM, prefeito Puranci Barcelos, destacou a importância de cada microrregião se dedicar e buscar apoio para a realização de melhorias e aumento dos serviços em saúde.

A presidenta da comissão, Ana Barros, realizou a coordenação dos encaminhamentos e debates do encontro, sendo solicitado a transmissão da situação real do hospital com a previsão de recursos necessários para a reestruturação do mesmo e após a instalação da UTI, para que haja transparência na busca dos recursos juntamente com as bancadas.

Após as manifestações foi deliberado que os dados serão levantados e após será apresentado para a comissão e a comunidade regional. Outro encaminhamento é o acompanhamento de novas fontes de investimentos por meio dos ministérios para o hospital.

Fonte: Câmara de Vereadores

 

Prefeito Sidney Brondani informou sobre novas licitações de pavimentação em estradas do interior

Neste feriado de carnaval, o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, foi entrevista no programa Olho Vivo, ocasião em que comentou sobre recentes projetos que estarão sendo licitados e ainda respondeu questionamentos dos ouvintes e internautas da Super Rádio São Luiz FM 100.9.

PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA DE ACESSO AO RINCÃO DE SÃO PEDRO – Conforme Brondani, no dia 11 de março serão abertas as propostas da nova licitação, a qual atende a recomendações do Tribunal de Contas. No novo projeto, que terá um valor orçado maior que o projeto anteriormente licitado, a modalidade de licitação será de empreitada a preço global, incluindo as obras do bueiro e da limpeza das sarjetas. De acordo com o prefeito, a pavimentação compreenderá 6,5 km de extensão, no trecho compreendido da BR-285 até a sede do Rincão de São Pedro.

ENCASCALHAMENTO NA ESTRADA DE LIGAÇÃO A SÃO LOURENÇO – Brondani também falou da licitação para o encascalhamento de trecho que liga São Lourenço à BR-285, próximo da entrada da Esquina União. Na mesma licitação também será incluído o aterro da RS-542, cuja manutenção vem sido feita pelo município ao invés do Estado. Conforme o Chefe do Executivo, “já encaminhamos o projeto de 200 metros de aterro com tubulação para a água, pois é um problema crônico que vamos tentar resolver com esse projeto. Nesta semana, o engenheiro do DAER deverá dar a autorização para assinatura do termo de parceria com o Estado, e assim que estiver assinado, iremos realizar a licitação para o encascalhamento do trecho de 8,5 km. Estamos reiterando o pedido para municipalizar aquele trecho”. Conforme o Chefe do Executivo, ambos os projetos serão realizados com recursos próprios, na ordem de R$ 2,7 milhões.

Logo em seguida, Brondani respondeu a questionamentos de ouvintes e internautas que interagiram com perguntas sobre situações envolvendo situações cotidianas do município, como situações de ruas e pedidos de pavimentação nas mesmas.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz

PDT recebe novos filiados em evento neste sábado, 29

Em entrevista à Rádio São Luiz, o presidente do PDT de São Luiz Gonzaga, Atanásio Santiago, comentou sobre a expectativa do partido de receber novos filiados visando aumentar as suas fileiras e, consequentemente, o número de candidatos ao pleito eleitoral deste ano.

Segundo Atanásio, “desde que assumimos a presidência do partido no ano passado estamos trabalhando para buscar pessoas ao partido. E, neste sábado, dia 29 de fevereiro, na sede do partido, teremos um grande ato de abonação das filiações de novos membros que estarão ingressando no partido, o qual contará com a presença do presidente estadual do PDT Pompeo de Mattos, às 18h”.

Além de dois novos nomes que estarão se filiando ao PDT, como Tchê Dutra e Luciana Maciel, ambos oriundos do Progressistas e que serão pré-candidatos a vereador em 2020, o partido vive a expectativa de novas adesões a partir da janela eleitoral, que ocorre de 5 de março a 3 de abril, quando detentores de cargos eletivos podem trocar de legenda sem incorrer em infidelidade partidária. “Nossa tendência é de concorrer com os 18 candidatos disponíveis na legenda no pleito. Temos a expectativa de receber no PDT vereadores que já exercem mandato em outros partidos, e, para isso, provavelmente no dia 22 ou no dia 29 de março teremos atividades de abonação de filiações dos novos membros do partido que ingressarão a partir da janela eleitoral”. Perguntado sobre a possibilidade de que dois vereadores do MDB local, Aldimar Machado (Buzina) e Reni Rodrigues Lopes, poderiam vir para o PDT, Atanásio não confirmou a informação. Apenas disse que “são comentários que têm que partir deles, mas sabemos que há manifestações de outros vereadores que deverão partir para outras fileiras, pois estariam em partidos pequenos e, como não terá coligação na proporcional neste ano, cada sigla terá de concorrer sozinho com suas nominatas, e terá de ter quociente eleitoral.

Sobre a eleição à majoritária, Atanásio informou que “o PDT montou uma comissão para fazer as tratativas e conversar com outros partidos. A Executiva achou melhor dar mais um espaço de negociação após a janela eleitoral e seguimos conversando, pois a meta do PDT é de efetivar uma coligação e buscar um conjunto que seja benéfico para o partido”, finalizou o presidente.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz

Ponte Internacional: Edital para o projeto executivo é necessário para a obra sair do papel, destaca o deputado Eduardo Loureiro

Em entrevista à Rádio São Luiz, o deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT) comentou sobre o edital publicado recentemente para licitar o projeto executivo da Ponte Internacional Brasil/Argentina.

Segundo Loureiro, “a ponte internacional sempre foi uma das grandes bandeiras da região, e desde que eu fui presidente da AMM, sempre lutamos muito visando sensibilizar os governos do Brasil e da Argentina para a importância dessa ponte. Tivemos alguns avanços importantes recentemente, como a decisão da Bancada Gaúcha de alocar recursos na ordem de R$ 80 milhões para a ponte, mas que ainda não tínhamos o projeto. Agora saiu o edital para que possamos ter o projeto executivo elaborado e concluído, e isso vai fazer com que tenhamos condições de alocar os recursos necessários para a obra sair do papel”, destacou.

Conforme o deputado, a construção da ponte binacional “é um investimento de importância estratégica e irá trazer um impacto para toda a Região Noroeste, fortalecendo o comércio e o turismo. Agora, vamos acompanhar os desdobramentos, mas digo que é um passo fundamental, pois sem o projeto executivo não teríamos condições de alocar recursos. Há dois anos havíamos conseguido a alocação de verba, mas não tínhamos o projeto executivo elaborado. Então, toda a região está de parabéns pois isso é fruto de uma grande mobilização, principalmente, liderada pelos prefeitos da região missioneira”, salientou o parlamentar.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Divulgação/AL-RS

PSD de São Luiz Gonzaga busca resgatar o gosto da juventude pela política para montar sua base visando as eleições municipais

Em entrevista à Rádio São Luiz, os representantes do PSD de São Luiz Gonzaga, Edilmar Garcia (presidente) e João Iuri de Oliveira (assessor parlamentar), comentaram sobre as diretrizes do partido visando o planejamento de sua nominata de candidatos para o pleito que se aproxima.

Sobre o trabalho da sigla no município e na busca de filiados e possíveis candidatos a vereador, Edilmar destacou que “estamos com boa expectativa e confiantes, com pessoas altamente capacitadas para que o projeto tenha andamento”. Para João Iuri, “possivelmente o PSD irá concorrer somente nas proporcionais (para os cargos ao Legislativo Municipal) e o objetivo, quanto à eleição majoritária, é de apoiar um determinando grupo partidário. Isso ainda não está definido (o apoio), existindo ainda questões internas para se debater, mas a ideia é de apoiar uma chapa na majoritária e manter o foco nas eleições proporcionais”, salientou.

Quanto às mudanças nas regras eleitorais para 2020, onde não será possível realizar coligação de partidos nas candidaturas à proporcional, os dirigentes do PSD de São Luiz enfatizaram: “Por conta disso, os partidos têm de ser independentes, e precisam se fortalecer bastante. Dessa forma, vamos trazer cidadãos que entendam a importância da política, a qual acabou perdendo crédito e espaço por conta de muitos erros de âmbito estadual e federal. Assim, vamos buscar os jovens e as pessoas que deixaram a política em um segundo plano, levando e apresentando o nosso plano de governo e proposta de trabalho e tentaremos resgatar a essência da política nesse meio. Contamos com um cronograma de visitas diárias às famílias dos bairros da cidade, e estamos tendo um bom resultado nas filiações”, explicaram.

Sobre pré-candidaturas, até o momento, o PSD conta com a possibilidade de João Iuri concorrer, haja vista que obtivera um resultado satisfatório no pleito eleitoral de 2016, época em que ficou na suplência concorrendo pelo PT. Segundo Edilmar, “até temos tratativas com outras pessoas que já concorreram a vereador, mas a maioria dos nossos 18 candidatos que devemos ter para completar a nominata deverá ser formada por pessoas que ainda não participaram de um processo eleitoral. E, da mesma forma, vamos elencar as nossas bandeiras pela transparência e pela busca de ser a voz do povo são-luizense”, salientou.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz

 

AMM irá pleitear juntamente com a FAMURS por soluções do governo quanto ao acesso asfáltico de Pirapó e Garruchos

Em entrevista à Rádio São Luiz, o presidente da AMM e prefeito de Santo Antônio das Missões, Puranci Barcelos, comentou sobre a reunião realizada pela FAMURS na última semana, em Capão da Canoa. Na ocasião, o presidente falou sobre o pleito pelos acessos asfálticos a Pirapó e Garruchos e a frustração da Secretaria dos Transportes não ter participado, o que motivou a AMM a organizar ações para serem efetuadas nos próximos dias.

Segundo Puranci, “a Secretaria dos Transportes sequer deu atenção para uma reunião agendada para o dia 14, quando havia um grande número de prefeitos aguardando para esse encontro. Mas não vamos desistir, pois planejamos algumas ações a serem feitas”, destacou Puranci.

Conforme o presidente da AMM, serão realizados relatos dos municípios que não possuem acesso asfáltico, no caso da região, Pirapó e Garruchos, e que através da FAMURS será agendada uma nova reunião, desta vez, com o governador do Estado, além da Secretaria dos Transportes. Na ocasião, Puranci salienta que será apresentada uma proposta ao Executivo Estadual: “Iremos pleitear que, na negociação da prorrogação do ICMS que deverá ser solicitada, que a mesma seja prorrogada desde que o governo garanta que os recursos sejam destinados exclusivamente aos municípios sem acesso asfáltico”. Para o presidente da AMM, se nada ocorrer nessas ações, dificilmente Pirapó e Garruchos terão solução a curto prazo para a tão aguardada e pleiteada pavimentação de seus acessos.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: AMM

Política: Mesmo com anúncio de dois pré-candidatos a prefeitos, oposição não descarta “frentão” de coligação para disputar o Executivo de Bossoroca

Mesmo com o anúncio de dois pré-candidatos de oposição ao atual governo municipal de Bossoroca (Eloi Batista, do PT, e Nestor Hernani Jaeger, o “Chicão”, do PSDB), não está descartada a formação de um “frentão” formado pelos partidos de oposição, como PT, PSDB, PTB, MDB, PDT e PSB.

Conforme fontes informaram à Rádio São Luiz, mesmo com o anúncio dos pré-candidatos a prefeito do PT e PSDB, as negociações entre os partidos ainda seguem, com novas reuniões a serem realizadas nas próximas semanas. Essas negociações poderão definir se um bloco amplo será formado pelas siglas para disputar o Executivo Municipal nas eleições com o atual prefeito e pré-candidato pelo Progressistas, José Moacir Dutra.

Fonte: Rádio São Luiz

Chicão e Silico falam sobre pré-candidatura à Prefeitura de Bossoroca

Silico e Chicão falaram sobre as projeções para as eleições de outubro. (Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Nesta quarta-feira (12), Pedro Silvestre, o popular Silico, presidente do PSDB de Bossoroca, esteve na emissora acompanhado do pré-candidato ao Executivo, Nestor Hernani Jaeger, o Chicão, e do também pré-candidato ao Legislativo, Carlos Urach. Na ocasião, ele lembrou a recente filiação de Chicão, ocorrida no dia 29 de janeiro. “Fui vice do pai dele (Ardi Jaeger) por oito anos, um dos melhores cidadãos e políticos bossoroquenses. Sinto-me honrado em receber a filiação do filho”, destacou.

Silico comentou que até então o PSDB não pensava em candidatura à majoritária, mas como Chicão manifestou o interesse, a sigla se mobilizou. No momento, o partido articula possíveis coligações, mas caso ela não ocorra, Silico deu a entender que pode concorrer como vice, em chapa única.

Chicão, por sua vez, disse que sabe que a caminhada é longa e difícil, mas que está feliz com a nova jornada. Segundo ele, o interesse por concorrer surgiu na gestão do pai, Ardi Jaeger. “Quando ele concorreu comecei a me inteirar, tu conhece os problemas, as situações e aí veio a vontade. Política é algo que tu tem que gostar”, afirmou.

Antes integrante do Progressistas, partido onde o pai se consolidou, Chicão explicou sua saída dizendo que “pediu renovação e não foi atendido”. “O partido optou por seguir com a chapa que está (liderada pelo atual prefeito Juca Dutra) e eu entendo o direito, mas também tenho o direito de me lançar”, disse. Questionado sobre a relação com o pai, um forte progressista, Chicão comentou que “tudo é complicado,  que passou por várias barreiras, mas que o próprio pai foi quem o criou para ter vontade própria”. “Também tenho o direito de fazer minha história”, destacou.

Por fim, os políticos destacaram que estão em conversações para fortalecer o partido no município. “Penso que as pessoas são livres. O Progressistas é o maior partido de Bossoroca, mas se tivermos a adesão de novos seguidores o PSDB também vai crescer. Esperamos encontrar pessoas querendo o mesmo que a gente para formarmos uma chapa que vá render bons frutos para o município”, concluiu Chicão.

Na próxima terça-feira, dia 18, o PSDB fará filiação de novos membros e outras datas ainda serão marcadas para repetir o processo.

Fonte: Rádio São Luiz

Paulo Peixoto obtém efeito suspensivo e poderá retornar ao cargo de Prefeito do Rolador

O desembargador Marco Aurélio Heinz, do Tribunal de Justiça do RS, concedeu liminar a Paulo Peixoto suspendendo os efeitos da decisão que o afastou do cargo de Chefe do Executivo do Rolador/RS.

A decisão foi publicada nesta terça-feira, 11 de fevereiro. Em seu despacho, o magistrado destacou que a remoção do cargo de Prefeito “causa prejuízo irreparável ao agravante, evidenciada a probabilidade do direito invocado”. Conforme a decisão, a lei que disciplina os casos de inelegibilidades exige o concurso de condenações por ato doloso que importe lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito.

Desta forma, Paulo Peixoto pode retornar ao cargo de Prefeito do Rolador até o julgamento do agravo de instrumento. Atualmente, o cargo de Chefe do Executivo estava sendo ocupado por Mauro dos Santos, empossado há duas semanas pela Câmara de Vereadores do município.

Confira o despacho na íntegra:

efeito suspensivo paulo

Processo de cassação do prefeito de Bossoroca é arquivado

O processo de cassação do prefeito José Moacir Fabrício Dutra (Progressistas), que tramitava na Câmara de Vereadores de Bossoroca, em votação do parecer para apurar o Relatório Final da Comissão Processante, foi arquivado nesta segunda-feira (10), em Sessão Extraordinária, que durou mais de 4 horas. A sessão foi presidida pelo o presidente da Câmara, Albenei Carvalho (PDT), que iniciou às 10h05min.

O advogado de defesa de Juca Dutra, Junaro Rambo Figueiredo, afirmou em sua colocação na tribuna da casa, que “Estão tentando punir um gestor de um fato que ocorreu há 18 anos atrás. Trata-se de um ato político”

COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO
Os vereadores formaram uma CPI, em outubro do ano passado (2019) para investigar a denúncia do Ministério Público, de uma decisão do Judiciário de São Luiz Gonzaga, com a sentença expedida na data de 05 de agosto de 2019, referente a atos improbidade administrativa, previstos no artigo 10, VIII e XII e artigo 11, caput, ambos da lei nº 8.429/92, relacionados a supostas irregularidades na firmatura de contratos administrativos e de prestação de serviços. Na época durante a Comissão, foi aprovado por 5 a 4 votos, o afastamento do Prefeito do Município de Bossoroca Juca Dutra, do cargo por 90 dias, até o término do trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito, presidida pelo vereador Leomar Manoel Ferreira (PMDB).

A denúncia apresentada trata sobre processo de improbidade administrativa relacionada a criação de uma cooperativa/empresa em 2001/2002, que envolveriam valores do erário público, quando Juca estava no mandato. Além do Prefeito, também são citados quatro servidores.

LIMINAR
No dia 07 de novembro, foi deferido uma liminar em favor do prefeito, pela 2ª Vara Cível da Comarca de São Luiz Gonzaga em decisão da juíza Taise Velasquez Lopes, anulando o ato da Câmara de Vereadores de Bossoroca, que solicitava o afastamento do Prefeito José Moacir de seu cargo por noventa dias, por falta de embasamento legal.

No pedido, a defesa manifestou que o prefeito estava sendo processado e julgado politicamente por atos supostamente ocorridos há 17 anos e que são objetos de Ação Civil Pública que ainda tramita na Justiça; e que Juca estava sendo processado e julgado por comissão parcial e ilegalmente formada.

PROCESSO ARQUIVADO
Nesta segunda, foi colocado em duas partes os fatos do processo em votação, com resultados de 4 votos contrário ao prosseguimento do mesmo e 5 a favor. Precisaria de seis votos para dar continuidade.

Foi solicitado pelo presidente da Comissão Parlamentar e pelo Procurador de defesa, que relatório seja enviado ao Ministério Público.

Fonte: Blog Missioneiro

Foto: Jônitas Puchalski / Blog Missioneiro