Saúde

Hospital Vida & Saúde tem credenciamento aprovado para apresentação de projetos no PRONAS/PCD

(Foto: Divulgação)

Uma vez aprovado o projeto, a Instituição estará autorizada a captar recursos junto a pessoas físicas e a pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real

Santa Rosa: Foi publicada na quinta-feira passada (22), uma portaria do Ministério da Saúde aprovando o credenciamento do Hospital Vida & Saúde para apresentação de projetos no Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência – PRONAS/PCD, a partir de 2021.

A notícia representa mais uma importante possibilidade para alavancar recursos para a Instituição. “Trata-se de uma importante conquista para o Hospital que poderá, como vem fazendo com os projetos do PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica -, buscar recursos através de incentivo fiscal e qualificar ainda mais o atendimento aos pacientes, especialmente, os usuários do Sistema Único de Saúde”, explica a responsável pelo setor de projetos, Luciene Schröder.

Uma vez aprovado o projeto, a Instituição estará autorizada a captar recursos junto a pessoas físicas e a pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real. As pessoas físicas e jurídicas que contribuírem com doações para projetos nessas duas áreas poderão se beneficiar de deduções fiscais no Imposto de Renda.

“É mais um fruto do trabalho qualificado na busca da captação de recursos através de projetos. A mesma dedicação e atenção que damos ao PRONON, também daremos ao PRONAS, sempre pensando na possibilidade de aquisição de novas tecnologias, oferecendo um atendimento ainda mais qualificado para nossos pacientes”, destaca a diretora-geral, Vanderli de Barros

Fonte: Hospital Vida & Saúde

 

 

São Luiz Gonzaga está com 58 casos ativos de Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Boletim divulgado hoje informa 14 novos casos confirmados

A Secretaria Municipal de Saúde de São Luiz Gonzaga divulgou hoje (27) o boletim de número 144. Conforme o levantamento, o município chegou aos 381 casos confirmados. Destes, 312 estão recuperados, 58 são ativos e 11 morreram. O número de pacientes internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em São Luiz Gonzaga (suspeitos ou confirmados) atualmente é de 4 pessoas.

Abaixo os dados computados hoje:

Testes rápidos 

Mulheres – 56 anos (assintomática), 51 anos e 44 anos (ambas com sintomas leves)

Homens – 51 anos e 34 anos (assintomáticos)

Os pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde

Testar RS (exames realizados pelo Lacen/RS em pessoas com sintomas gripais) 

Homens – 23, 32 e 37 anos (pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde)

Mulheres – 20, 21, 47, 58, 59 e 69 anos (pacientes estão em isolamento domiciliar e recebem o acompanhamento da Secretaria de Saúde)

AVISOS   

Reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem em casa, saindo apenas em casos de extrema necessidade; usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.    

A ESF Centro realiza o atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas respiratórios. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

ESF Centro não realizará atendimento na sexta e segunda-feira

(Foto: Arquivo/Divulgação)

Devido ao feriado nacional do Dia de Finados (2 de novembro), o expediente na sede administrativa da prefeitura, secretarias e setores retorna na terça-feira (3)

Devido ao ponto facultativo e o feriado, a Secretaria de Saúde informa que a ESF Centro não realizará atendimento na sexta e segunda-feira. A unidade de saúde, a qual realiza o atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas de síndrome gripal, funcionará no sábado (31), das 8 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 17 horas. A ESF Centro está localizada na Rua São João, nº 1455, ao lado do INSS. 

Transferência do ponto facultativo

A Prefeitura de São Luiz Gonzaga informa a comunidade, que o ponto facultativo do Dia do Servidor Público (28 de outubro) foi transferido para sexta-feira, 30 de outubro. A mudança considera o decreto estadual nº 55.547/2020, que altera o decreto que estabelece o calendário de feriados, de pontos facultativos e de expedientes matutino e vespertino para ser observado pelos órgãos e entidades da administração pública estadual. 

Com a alteração, a Prefeitura de São Luiz Gonzaga realiza expediente normal na quarta-feira e não ocorrerá atendimento ao público na sexta-feira. Não estarão sujeitos ao ponto facultativo os seguintes serviços essenciais: zeladoria dos próprios municipais e do cemitério; recolhimento do lixo urbano; limpeza urbana de logradouros e praças; manutenção de rede de água e esgoto; transporte de pacientes; serviço de Inspeção; motorista do Conselho Tutelar e Vigilância Sanitária. 

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde / Secretaria de Administração

Região das Missões tem recurso aceito e retorna para a bandeira laranja

(Imagem: Divulgação)

Das três regiões classificadas preliminarmente com risco epidemiológico alto, apenas uma ficou com bandeira vermelha na 25ª semana do modelo de Distanciamento Controlado. Trata-se da região de Cruz Alta, que apresentou piora em alguns indicadores na semana passada, entre eles a elevação no número de hospitalizações para Covid-19 e de pacientes em leitos de UTI. A região não encaminhou recurso ao governo do Estado.

A divulgação foi feita após avaliação pelo Gabinete de Crise na tarde desta segunda-feira (26/10), que aceitou os pedidos de reconsideração apresentados pelas regiões de Ijuí e Santo Ângelo, que permanecem, portanto, em bandeira laranja, junto com as outras 18 regiões previamente classificadas com risco médio.

A vigência das bandeiras da 25ª rodada começa à 0h desta terça-feira (27/10) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (2/11).

Embora reconheçam o agravamento em alguns indicadores, os recursos das duas associações regionais coincidem no argumento de que as regiões de Santo Ângelo e de Ijuí apresentavam, na última quinta-feira, uma ocupação de leitos de UTI abaixo da média estadual, estando a macrorregião missioneira numa situação que as entidades apontam como confortável.

Dessa forma, o mapa do RS volta a ter bandeira vermelha depois de duas semanas consecutivas e nenhuma amarela – que havia também duas rodadas atrás. As bandeiras amarelas (risco epidemiológico baixo) nas regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões deram lugar, novamente, a bandeiras laranjas (risco médio).

Mesmo Cruz Alta ficando com bandeira vermelha, a região está entre as 18 regiões que aderiram ao sistema de cogestão do Distanciamento Controlado. Com isso, pode adotar regras do nível laranja. As outras 17 regiões classificadas em laranja que estão em cogestão podem adotar protocolos de bandeira amarela.

Fonte: Governo do Estado RS

AMM entrou com recurso contra classificação da bandeira vermelha

(Imagem: Divulgação)

A Associação dos Municípios das Missões foi uma das regiões que entrou com recurso contra a classificação de bandeira vermelha divulgada na sexta-feira (23) pelo Estado. Os dados locais que divergem dos números do governo não foram divulgados.

Além da Região Santo Ângelo, Cruz Alta e Ijuí também foram classificadas em bandeira vermelha, todas estão na Macrorregião Missioneira.

O resultado do recurso será divulgado no fim da tarde desta segunda-feira (26). Cabe ressaltar que a região está em cogestão e os municípios podem adotar decretos menos restritivos mesmo que o pedido de reclassificação não seja aceito.

Na nota divulgada pelo Estado na sexta-feira, o governo destacou que “além do agravamento dos indicadores da macrorregião Missioneira, houve especificamente na região elevação nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias – de 29 para 33. Santo Ângelo registrou aumento de 12 para 15 no número de leitos de UTI ocupados por SRAG. Com isso, houve redução proporcional na disponibilidade de leitos destinados ao tratamento intensivo de pacientes: agora são 12 unidades livres e, na semana passada, eram 15”.

Fonte: Rádio São Luiz 

Secretaria Municipal de Saúde divulga orientações para a visitação ao Cemitério Municipal no Dia de Finados

(Foto: Divulgação)

Para evitar acidentes, recomenda-se o extremo cuidado com a utilização de álcool em gel para higienização das mãos devido à presença de velas nas sepulturas, covas e outros

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, divulga recomendações para as pessoas que irão ao Cemitério Municipal no Dia de Finados (2 de novembro). Devido ao intenso movimento registrado no local, o setor pede que os visitantes adotem algumas medidas de proteção para evitar a disseminação do coronavírus.

-Utilização de máscara de proteção facial;

– Manter a distância social mínima de 1,5 metro de pessoas que não integram o grupo familiar;

– É recomendável a permanência no local por curto período;

– Lembre-se que ao tocar em superfícies, sua mão pode estar/ser contaminada. Leve preferencialmente uma garrafinha com água e sabão para limpar as mãos ao entrar e sair do cemitério;

IMPORTANTE: Para evitar acidentes, recomenda-se o extremo cuidado com a utilização de álcool em gel para higienização das mãos devido à presença de velas nas sepulturas, covas e outros;

– Incentivar pessoas do grupo de risco a evitarem ir ao cemitério;

– Pessoas com febre, tosse, congestão nasal, coriza, dor de garganta, fadiga, cansaço, diarreia e dificuldade de respirar devem evitar ir ao cemitério. A progressão dos sintomas indica que se deve procurar com urgência um atendimento médico.

Os pacientes que apresentarem sintomas devem se dirigir a ESF Centro (na Rua São João, nº 1455) a qual realiza o atendimento exclusivo desses casos. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Região das Missões apresenta piora nos indicadores e volta para bandeira vermelha

Indicadores da macrorregião Missioneira pioram: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo são classificadas como risco epidemiológico alto

Depois de duas rodadas sem regiões classificadas como risco epidemiológico alto, o mapa preliminar da 25ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (23/10), voltou a apresentar bandeira vermelha. Presentes também há duas rodadas, as bandeiras amarelas (risco epidemiológico baixo) deram lugar, novamente, a bandeiras laranjas (risco epidemiológico médio).

As regiões de Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo – todas da macrorregião Missioneira, que estavam na bandeira laranja –, também apresentaram piora nos indicadores e voltaram para a bandeira vermelha.

O número de novas hospitalizações (clínicas e UTI) confirmadas por Covid-19 chamou a atenção da equipe que monitora os indicadores de propagação do coronavírus. Entre as duas últimas semanas, o aumento foi de 21% – de 739 para 897. Esse aumento repercutiu sobre a elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. Para internados em UTI com a doença, a situação ficou relativamente estável, com leve aumento de 533 para 539. Óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, de 213 para 236.

No entanto, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados. A manutenção do total de leitos de UTI se traduziu novamente em aumento na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

O monitoramento diário desses indicadores permitirá ao governo identificar se essas oscilações são situações pontuais ou alguma tendência mais consistente ao longo do tempo. De qualquer maneira, há a necessidade de a população reforçar os cuidados pessoais, como o uso de máscara e a higienização das mãos, e o distanciamento pessoal, além de evitar ao máximo as aglomerações.

Região Santo Ângelo (em cogestão): além do agravamento dos indicadores da macrorregião Missioneira, houve especificamente na região elevação nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias – de 29 para 33. Santo Ângelo registrou aumento de 12 para 15 no número de leitos de UTI ocupados por SRAG. Com isso, houve redução proporcional na disponibilidade de leitos destinados ao tratamento intensivo de pacientes: agora são 12 unidades livres e, na semana passada, eram 15.

Fonte: Governo do Estado RS

São Luiz Gonzaga registra o 11º óbito em decorrência da Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Informação foi divulgado no boletim epidemiológico desta quinta-feira (22)

O boletim epidemiológico de hoje (22) informa dois novos casos confirmados de Covid-19. Um por meio de teste rápido (uma mulher de 29 anos, sintomas leves) e um por meio de exame realizado pelo Lacen/RS (mulher, 34 anos, sintomas leves).

O município também registrou nesta quinta-feira, o 11º óbito em decorrência da COVID-19. O paciente, de 61 anos, foi atendido no Hospital São Luiz Gonzaga no dia 8 de outubro e transferido no mesmo dia para leito de UTI em Santa Rosa, falecendo hoje.

Até o momento o município registrou 344 casos. São 296 recuperados, 37 ativos e 11 óbitos. Atualmente, oito são-luizenses estão hospitalizados pela doença, um em leito de UTI.

AVISOS

Reforçamos o pedido para que as pessoas fiquem em casa, saindo apenas em casos de extrema necessidade; usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.

A ESF Centro realiza o atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas respiratórios. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira. O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas. Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde

Prefeitura de São Miguel das Missões publica decreto flexibilizando atividades turísiticas

(Imagem: Divulgação)

Plano de ação busca oportunizar retorno das atividades com segurança

A prefeitura de São Miguel das Missões publicou nesta quinta-feira (22) decreto que regula a retomada gradual das atividades turísticas no município. O documento detalha o Plano de Retomada do Turismo e determina o cumprimento de rigoroso protocolo sanitário.

A flexibilização vai beneficiar os meios de hospedagem, atrativos turísticos, transportes turísticos, agência de viagens e operadoras. O segmento da gastronomia também está incluído. Todos terão que assinar um termo de responsabilidade sanitária.

O documento na íntegra está disponível neste link (aqui)

Fonte: Rádio São Luiz

Comunicado do Hospital São Luiz Gonzaga informa que 13 pessoas estão internadas na Ala Covid

(Foto: Divulgação/Arquivo)

Comunicado foi divulgado com dados atualizados até às 9h30min desta terça-feira (20/10)

O Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG) divulgou comunicado de número 81/2020 na manhã desta terça-feira. O documento, assinado pelo médico José Renato Guimarães Grisolia, Diretor Técnico do HSLG, informa que atualmente 13 pessoas estão hospitalizadas na chamada “Ala Covid”. Ontem eram 11.

Os pacientes são de Roque Gonzales (1), Santo Antônio das Missões (3) e São Luiz Gonzaga (9). Destes, três aguardam resultado do exame. Os demais tiveram diagnóstico positivo para coronavírus.

Abaixo a lista divulgada pela casa de saúde:

– Paciente masculino, 66 anos, procedente de Roque Gonzales, sem necessidade de suporte de oxigênio. Antígeno positivo.

– Paciente masculino, 68 anos, procedente de Santo Antônio das Missões, sem necessidade de suporte de oxigênio. Teste rápido positivo.

– Paciente feminina, 66 anos, procedente de Santo Antônio das Missões, com necessidade de suporte de oxigênio. Teste rápido positivo.

– Paciente feminina, 59 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com necessidade de suporte de oxigênio. Positivo por RT-PCR.

– Paciente masculino de 39 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, sem necessidade de suporte de Oxigênio. Aguardando teste confirmatório.

– Paciente masculino de 47 anos, procedente de Santo Antônio das Missões, sem necessidade de suporte de Oxigênio. Aguardando teste confirmatório.

– Paciente masculino de 26 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, sem necessidade de suporte de Oxigênio. Teste rápido positivo.

– Paciente masculino de 43 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, sem necessidade de suporte de Oxigênio. RT-PCR positivo.

– Paciente feminina de 32 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, sem necessidade de suporte de Oxigênio. RT-PCR positivo.

– Paciente masculino de 82 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com necessidade de suporte de Oxigênio. Aguardando teste confirmatório.

– Paciente feminina de 29 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com necessidade de suporte de Oxigênio. Teste rápido positivo.

– Paciente feminina de 65 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com necessidade de suporte de oxigênio. RT-PCR Positivo.

– Paciente masculino de 45 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, sem necessidade de suporte de oxigênio. RT-PCR Positivo.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Hospital São Luiz Gonzaga