Saúde

Cinco pacientes com diagnóstico positivo para Covid-19 estão internados no Hospital São Luiz Gonzaga

(Foto: Divulgação)

Outros dois pacientes estão na ala e aguardam resultado do exame confirmatório

O Hospital de São Luiz Gonzaga divulgou na tarde desta segunda-feira (27/07), comunicado de número 29 informando sobre o estado de saúde de sete pessoas que estão internadas na “Ala Covid-19”. O documento é assinado pelo Diretor Técnico, Dr. José Renato Grisolia, e pela Interventora, Iria Diedrich

– Paciente feminina de 89 anos, procedente de Dezesseis de Novembro, sem suporte de oxigênio. Lacen positivo.

– Paciente masculino de 89 anos, procedente de Dezesseis de Novembro, não necessitando de suporte de oxigênio. Lacen positivo.

– Paciente feminina com 70 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com quadro respiratório, não necessitando de suporte de oxigênio. Lacen positivo.

– Paciente masculino de 73 anos, precedente de São Luiz Gonzaga, não necessitando de suporte de oxigênio. Lacen positivo.

– Paciente masculino com 55 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, com quadro respiratório e não necessidade de suporte de oxigênio. Lacen Positivo.

– Paciente masculino com 41 anos, procedente de São Luiz Gonzaga, necessitando de suporte de oxigênio. Aguardando exame confirmatório.

– Paciente masculino com 50 anos, procedente de Santo Antônio das Missões, não necessitando de suporte de oxigênio. Aguarda exame confirmatório.

Fonte: Hospital São Luiz Gonzaga

Deputado Osmar Terra critica a quarentena e o lockdown

(Foto: Divulgação)

Medidas vêm sendo adotadas em todo o mundo para evitar maior disseminação da Covid-19

O deputado federal Osmar Terra (MDB) voltou a criticar os modelos adotados até o momento para conter o avanço da Covid-19. Ele disse, durante entrevista nesta segunda-feira (27/7), que a quarentena e o lockdown não reduziram o número de mortos no Brasil. “Temos mais de 87 mil mortes em pleno lockdown”. A fala do deputado, no entanto, vai contra as recomendações da Organização Mundial da Saúde e de vários especialistas do setor, que indicam que o número de mortos seria maior não fossem essas medidas.

Osmar Terra tem sido bastante criticado nas redes sociais pelo seu posicionamento e previsões que acabaram não se concretizando. Em março, por exemplo, ele previu que o número de mortos pela Covid-19 no Brasil seria menor do que o número de mortes por H1N1. Outra previsão é de que a curva da pandemia acabaria em junho, o que também não se concretizou.

Segundo tese do parlamentar, o maior número de contágios ocorre justamente no ambiente doméstico. “A grande maioria dos mortos estava em quarentena”, disse ele. Contudo, estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), publicado no fim do mês passado, revela que ao lado de drogarias, vias públicas e veículo particular, a residência é o local com o risco mais baixo de contágio. Os locais de alto risco são hospitais e transporte público, seguidos de bancos, elevadores, cinemas e academias.

Por fim, o deputado criticou o modelo de Distanciamento Controlado do governo do estado dizendo que não há critério científico, mas sim critério político. Osmar disse que ao invés das bandeiras, o estado deve adotar a testagem em massa por exames de PCR. Inclusive teria destinado 1 milhão de testes para o Rio Grande do Sul.

Fonte: Rádio São Luiz

Região das Missões vai protocolar recurso contra classificação preliminar do Distanciamento Controlado

(Imagem: Divulgação)

Na região, 17 dos 24 municípios podem adotar bandeira laranja independentemente do recurso

A Associação dos Municípios das Missões vai, mais uma vez, protocolar recurso contra a classificação preliminar do Distanciamento Controlado do governo do estado, que ontem estabeleceu a Bandeira Vermelha para a região. Há, segundo o comitê que analisa os dados locais, uma diferença nos números apresentados. Em todas as outras contestações feitas, a região teve o pedido de reconsideração aceito.

Para Sidney Brondani, prefeito de São Luiz Gonzaga, dessa vez, a diferença é muito sensível e dificilmente a reversão será conseguida. Ele explicou que não entrará com recurso individual e que caso seja mantida a decisão cumprirá a determinação a partir de terça-feira.

Ontem (24/7), durante entrevista ao programa Olho Vivo, o Coordenador Regional de Saúde, Iury Sommer Zabolotsky, reconheceu que houve uma piora nos indicadores da região. No espaço de uma semana, por exemplo, foram diagnosticados 141 novos casos.

Cabe ressaltar que os municípios de Bossoroca, Caibaté, Dezesseis de Novembro, Entre-Ijuís, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Salvador das Missões, São Miguel das Missões, São Nicolau, São Pedro do Butiá, Sete de Setembro e Ubiretama, que estão incluídos na Região Santo Ângelo, podem adotar as medidas menos restritivas da Bandeira Laranja por não terem registrado internações e mortes por Covid-19 nos últimos 14 dias.

Fonte: Rádio São Luiz 

Obras do novo prédio da ESF Ramona Gonçalves Ferreira estão em fase de conclusão

Entrega da obra deverá ocorrer nas próximas semanas, após vistoria final do Setor de Engenharia. (Foto: Divulgação/Assessoria)

No valor de R$ 414.414,00, serviço é realizado pela empresa Rieger e Mendonça Ltda.

A aguardada obra do novo imóvel da ESF Ramona Gonçalves Ferreira, no Bairro Raimundo Gomes Neto, está em fase de conclusão. A empresa Rieger e Mendonça Ltda. – vencedora do processo de licitação – executa a finalização da pintura e a limpeza da obra. O novo prédio, no valor de R$ 414.414,00, foi construído com recursos do Fundo Nacional de Saúde (destinados via emenda parlamentar pelo deputado federal Paulo Pimenta – PT), no valor de R$ 408.000,00 e contrapartida do município, de R$ 6.414,00.

A entrega da obra deverá ocorrer nas próximas semanas, após vistoria final do Setor de Engenharia da Secretaria de Planejamento e Gestão. Com a entrega da obra finalizada ao município, será realizada a instalação da mobília nas salas. “Nos próximos meses, o novo prédio da ESF Ramona estará à disposição da comunidade, ofertando um local adaptado e equipado para o atendimento da população. Agradeço a destinação do recurso pelo deputado Paulo Pimenta e parabenizo as equipes da Secretaria de Planejamento e também da ESF Ramona pelo trabalho realizado”, destacou o prefeito de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani.

ATENDIMENTO

Atualmente, 3.027 pessoas estão cadastradas na ESF Ramona Gonçalves Ferreira. A unidade de saúde atende moradores dos bairros Raimundo Gomes Neto e Marcos, e partes do Bairro Centro e Bairro Duque de Caxias.

Coordenadora da ESF Ramona desde a inauguração da unidade de saúde – em 2015 – a enfermeira Aline Morais destacou as dificuldades enfrentadas pela equipe da unidade. “Fora essa questão da estrutura, o atendimento é tranquilo. Realizamos na unidade um trabalho de prevenção e o que nos dificulta realmente é o espaço físico. Não temos salas adequadas para fazer determinados procedimentos. Não temos sala de vacina, sendo necessário enviar as crianças para outras unidades para cumprir o calendário. Também não temos atendimento odontológico”, afirmou.

A enfermeira ressaltou as expectativas para o novo imóvel. “Toda unidade nova de saúde, com estrutura adequada é bem-vinda, porque facilita muito no atendimento à população. No novo imóvel, acredito que a comunidade se sentirá mais acolhida, com o espaço melhor, mais salas para realizarmos os atendimentos, sem falar que mais atendimentos poderão ser realizados. Enfim, toda obra nova é muito bem vinda para a população e para a equipe que atua na ESF”.

Por Larissa Dorneles / AI da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Mapa preliminar do Distanciamento Controlado coloca Região das Missões na bandeira vermelha mais uma vez

(Imagem: Divulgação)

As prefeituras e associações regionais têm 36 horas – que se encerram às 6h de domingo (26/7) – para apresentarem recurso

Foi divulgado no fim da tarde desta sexta-feira (24/7), o mapa preliminar da 12ª rodada do Distanciamento Controlado. O anúncio foi feito direto pelo site e redes sociais do governo, sem a tradicional live do governador, que hoje à tarde, pelo Twitter, anunciou que está com o coronavírus.

Além da Região das Missões, tiveram piora Cruz Alta, Santa Rosa, Pelotas, Bagé e Santa Cruz do Sul. Todas entraram para a vermelha. Estavam e permanecem na bandeira vermelha as regiões de Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Caxias do Sul. Nenhuma região apresentou melhora.

Leia mais: Região das Missões teve aumento de 141 casos de coronavírus em sete dias

Os municípios de Bossoroca, Caibaté, Dezesseis de Novembro, Entre-Ijuís, Eugênio de Castro, Garruchos, Guarani das Missões, Mato Queimado, Pirapó, Porto Xavier, Rolador, Salvador das Missões, São Miguel das Missões, São Nicolau, São Pedro do Butiá, Sete de Setembro e Ubiretama, que estão incluídos na Região Santo Ângelo, podem adotar as medidas menos restritivas da Bandeira Laranja por não terem registrado internações e mortes por Covid-19 nos últimos 14 dias.

Fonte: Governo do Estado RS

Município de Bossoroca confirma mais um caso positivo de Covid-19

(Imagem: Divulgação)

Segundo vigilância em saúde, paciente está assintomático

Na manhã desta sexta-feira (24/07), o município de Bossoroca, através de teste rápido, confirmou mais um caso positivo de coronavírus, o 5º no município. Trata-se de um homem de 59 anos, hipertenso e diabético, residente no centro da cidade. Este paciente já cumpria isolamento por precaução e havia testado negativo anteriormente, mas devido a um contato familiar ter testado positivo nesta semana, o teste foi repetido nesta manhã, sendo então positivo. Os dois pacientes encontram-se assintomáticos e em bom estado geral.

O Coordenador de Vigilância em Saúde, Rodrigo Comassetto de Farias, juntamente com sua equipe, realizou investigação epidemiológica novamente em todos os contados domiciliares e possíveis contatos deste paciente, sendo todos negativos até o momento. Com a confirmação deste caso positivo, a vigilância reforça a informação de que o vírus circula pela cidade e, por isso, pede que a comunidade redobre os cuidados.

As pessoas devem procurar atendimento médico ao sentir qualquer um dos sintomas compatíveis com Covid-19 (febre, tose seca, cansaço, dor de garganta, dores no corpo, dor de cabeça, diarreia, conjuntivite, perda de olfato e/ou paladar, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor ou pressão no peito), mesmo aqueles considerados leves, pois quando se busca o atendimento numa fase inicial da doença é possível evitar o agravamento. Esta nova diretriz busca evitar mortes e o agravamento da doença, que, consequentemente, compromete a estrutura de atendimento.

“O tratamento precoce tem uma resposta mais assertiva, evitando piora e a necessidade de respiradores”, disse Rodrigo.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Região das Missões teve aumento de 141 casos de coronavírus em sete dias

(Foto: divulgação)

Interiorização da doença e maior testagem da população revelam que casos seguem aumentando

O Coordenador Regional de Saúde, Iury Sommer Zabolotsky, falou hoje (24/7) que desde que iniciou a pandemia, essa é uma das semanas com mais casos confirmados no estado e na região. No dia 16, eram 581 casos positivos da doença na área da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde e ontem esse número estava em 722, ou seja, um aumento de 141 casos em sete dias.

Iury explicou que isso se deu pela maior circulação do vírus nos municípios do interior, mas também pela maior testagem de pessoas que apresentam sintomas, o que revela que o vírus segue circulando. Ele falou também do projeto desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde, que prevê o aumento de coletas do exame de PCR para diagnóstico do coronavírus, que pode ser feito em menor tempo que o teste rápido e proporciona o diagnóstico do caso ainda ativo. Atualmente o Lacen realiza mil testes por dia e a meta é elevar esse número para sete ou oito mil coletas diárias.

Esse projeto de ampla testagem, no primeiro momento, será feito em municípios acima de 40 mil habitantes e que tenha maior número de óbitos. Na região, o primeiro a fazer parte será Santo Ângelo. As testagens, no primeiro momento, serão em profissionais de saúde, lares de idosos e em pessoas privadas da liberdade.  Iury ressalta que isso será importante para “sabermos qual o percentual de pessoas que já está com anticorpos”, pois a partir dos dados será possível promover maior flexibilização.

O coordenador voltou a reforçar que no momento a melhor maneira de evitar superlotação dos hospitais é seguir as determinações dos decretos municipais e secretarias municipais de saúde. “Se avançarmos tem que ser de maneira lenta para que os nossos hospitais tenham condição de atender todos os pacientes”, destacou.

Sobre o modelo de Distanciamento Controlado do governo estadual, ele comentou que nesta semana estiveram reunidos – de forma virtual – com a Secretaria Estadual de Saúde e solicitaram maior participação das regionais no levantamento. Apesar de não externar sua projeção para bandeira na nova rodada que será apresentada hoje, ele reconheceu uma piora nos indicadores da região.

Fonte: Rádio São Luiz

Santo Antônio das Missões registrou, até a manhã desta sexta-feira, 32 pessoas com o coronavírus

(Imagem: Divulgação)

Segundo a Secretaria da Saúde, quatro pessoas já estão recuperadas da doença

A Secretaria Municipal de Saúde confirma mais um caso de coronavírus em Santo Antônio das Missões, totalizando, até o momento, 32 pessoas diagnosticadas com o vírus, com 02 óbitos. De acordo com a secretária de Saúde, Arriete Pereira, trata-se de uma pessoa do sexo feminino de 13 anos, contato direto de paciente positivado. A menina foi medicada e está sendo monitorada pela equipe técnica da Saúde.

Ainda conforme a secretária, dos pacientes diagnosticados com o vírus, 04 estão recuperados da doença.

A Secretaria Municipal da Saúde reforça que o distanciamento social é a melhor forma de prevenção, e orienta que as pessoas só devem sair de casa se necessário, e que ao sair, usem máscaras e lavem as mãos com frequência.

Saiba como prevenir a doença

Segundo o Ministério da Saúde, as recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:

– Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.

– Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.

– Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

– Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.

– Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.

– Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.

– Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.

– Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.

– Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.

Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios e igrejas. Se puder, fique em casa.

– Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.

– Durma bem e tenha uma alimentação saudável.

– Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.

Por Tardelli Portela – Assessor de Imprensa da Prefeitura de S.A Missões

Prefeito de São Nicolau fala sobre situação do coronavírus no município

(Foto: Arquivo/Divulgação)

Gestor também reforçou que é pré-candidato à reeleição

O prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein, falou nesta sexta-feira (24/7) sobre a situação do município no enfrentamento do coronavírus. Até o momento, foi registrado um caso, mas, conforme explicou o gestor, trata-se de uma pessoa que teve o vírus durante viagem a Porto Alegre e que se curou da doença na própria capital. Conforme o boletim mais recente, seis pessoas são monitoradas por síndrome gripal.

Além da questão da saúde, Ricardo também falou do andamento das obras. Em parceria com o Iphan, o centro histórico tem recebido melhorias com piso intertravado. Atualmente, as obras já estão chegando ao acesso do Sobrado Silva, um dos pontos turísticos do município.

Ricardo ainda falou sobre as estradas no interior, que estão sendo recuperadas com trabalho que é um pouco mais demorado, mas que deve ter durabilidade maior. Ele destacou o expressivo repasse de recursos federais para a saúde e observou que a aplicação é restrita para o atendimento da pandemia. No entendimento de Ricardo, deveria ser possível utilizar esse montante também em outros setores, como as obras, para poder gerar emprego.

Por fim, outra vez o gestor lembrou que é pré-candidato à reeleição e que a composição da sua chapa terá o vereador Rafael Godois da Silva (Bidu), do PDT, como candidato a vice. Ricardo, que é do Progressistas, ainda disse contar com apoio do PTB, PSDB e PSL.

Fonte: Rádio São Luiz

Município de São Luiz Gonzaga registra quinto óbito em decorrência da COVID-19

(Foto: Arquivo / Divulgação)

Paciente, um homem de 44 anos, estava em isolamento domiciliar

São Luiz Gonzaga registrou hoje (23) a quinta morte em decorrência da COVID-19. O paciente é um homem de 44 anos, o qual estava em isolamento domiciliar – com o acompanhamento da Secretaria de Saúde – por ter apresentado sintomas leves da doença. O exame confirmatório para COVID-19 – realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS) – teve o resultado divulgado no dia 21 de julho. O paciente possuía comorbidades. Os contatos diretos seguem em isolamento domiciliar, com o acompanhamento da Secretaria de Saúde.

Também na quarta-feira (23), um novo caso de COVID-19 foi confirmado por meio de teste rápido. O paciente é um homem, o qual está internado na “ala COVID” do Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG).

Atualmente, o município registra 74 casos da doença, com 44 pacientes recuperados, 25 casos ativos e cinco óbitos.

ATENDIMENTO

A Secretaria de Saúde solicita as pessoas que apresentarem sintomas respiratórios que procurem a ESF Centro, a qual realiza o atendimento exclusivo desses casos. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de segunda a sexta-feira.

Dúvidas sobre o novo coronavírus (COVID-19)? Entre em contato com a Secretaria de Saúde por meio do número (55) 98439-9690, de segunda a sexta-feira.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA