Patrulha Maria da Penha divulga relatório das ações realizadas na semana

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga e região – As guarnições da Brigada Militar realizaram, no período de 3 a 10 de fevereiro, três atendimentos de violência contra mulher. Nos últimos sete dias uma mulher foi agredida. Em 2022 já são 18 casos.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A Patrulha Maria da Penha também realizou, neste período, 18 fiscalizações de medidas protetivas de urgência por meio de atendimentos domiciliares. Em 2022 já foram 73.

Um dos mitos sobre a violência contra a mulher é dizer que “se a situação fosse tão grave, as vítimas abandonariam logo os agressores”. Boa parte dos feminicídios ocorre quando as mulheres estão tentando se separar do agressor. Algumas vítimas, ao passar por inúmeros tipos de violência, desenvolvem uma sensação de isolamento e ficam paralisadas, sentindo-se impotentes para reagir, quebrar o ciclo da violência e sair dessa situação. Não seja você a próxima mulher vítima de violência, denuncie! Ligue 190 ou 3352-4114.

Fonte: Assessoria de Comunicação do 14º BPM