Seguem em andamento as campanhas de vacinação contra a gripe e sarampo

(Foto: Divulgação)

Para receber os imunizantes, é necessário apresentar o cartão SUS (ou CPF) e a caderneta de vacinação em uma das unidades de saúde com sala de vacinas.

Receba nossas notícias pelo WhatsApp

A 8ª Campanha Nacional de Seguimento e Vacinação de Trabalhadores da Saúde contra o Sarampo tem como objetivo vacinar as crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (independente da situação vacinal) e atualizar a situação vacinal dos trabalhadores da saúde contra o sarampo. A mobilização segue até o dia 3 de junho.

A imunização contra o sarampo ocorre com a aplicação das doses da vacina tríplice viral, que também protege contra a caxumba e rubéola.

A 24ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza foi dividida em duas etapas e por grupos prioritários. Todas as pessoas contempladas no Plano Nacional de Vacinação contra a Influenza poderão ser imunizadas. 

São elas: idosos com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; trabalhadores da saúde que atuam em estabelecimentos de assistência à saúde inscritos no CNES; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); povos indígenas; trabalhadores de Educação (mediante a apresentação de documentos que comprovem o vínculo ativo); cuidadores de idosos; estudantes da área de saúde que estiverem estágio (comprovante da instituição de ensino); pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais (mediante comprovação); pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros (mediante comprovação como motorista profissional); trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbano e de longo curso (mediante comprovação profissional nessa categoria); trabalhadores portuários; Forças de Segurança e Salvamento (mediante documentos que comprovem vínculo ativo); Forças Armadas (mediante documentos que comprovem vínculo ativo); funcionários do Sistema de Privação de Liberdade (mediante documento que comprovem vínculo ativo); população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da SEMSA