Pirapó

Eleições 2020: Auri e “Magrão” defendem continuidade da atual gestão na prefeitura de Pirapó

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Candidato falou sobre o projeto de acesso asfáltico do município, que sofreu alteração

Os candidatos Auri Brandt Kochhann (MDB) e Carlos Gilmar Andres “Magrão” (MDB) divulgaram hoje (15/10) os motivos de sua candidatura ao Executivo de Pirapó. A primeira abordagem de Auri, que concorre pela reeleição, foi sobre o acesso asfáltico, que há muitos anos é pauta no município.

O candidato disse que tem mantido diálogo com o secretário de Logística e Transporte do Estado, Juvir Costella, e que este confirmou a liberação de R$ 2 milhões para o início das obras. Auri explicou, no entanto, que a ideia inicial – de fazer o acesso avançando ao Rio Ijuí, com direção a BR 392 – esbarrou na indenização de uma área de terra e no valor da ponte, que teria o custo de R$ 20 milhões. Assim, segundo ele, as obras devem ter seguimento com saída para Dezesseis de Novembro e este trecho, que precisa da ponte, passaria para um futuro investimento federal, com extensão pela BR-472.

O candidato Carlos Gilmar Andres “Magrão”, que em outras oportunidades havia sinalizado que não seria mais candidato, disse que aceitou por ter se “sentido na obrigação de dar continuidade ao trabalho sério e honesto que está sendo feito na atual administração”.

Auri disse que “conseguiu elaborar quase 100% do que estava proposto para o município quando assumiu, em 2017”. Destacou que neste período teve apoio das esferas federal e estadual e que conseguiu quase R$ 3 milhões em emendas para investimentos. “Nunca se trabalhou tanto em Pirapó, nunca tivemos tantas obras”, afirmou.

Uma das propostas do candidato é dar início a obra de uma creche no município. Ele revelou que já possui a área e que agora precisará trabalhar atrás de recursos para o início das obras no prédio.

Na área da saúde, Auri disse que “fez um trabalho jamais visto em Pirapó”. Que o posto está com atendimento 24 horas e que nunca deixou de atender ninguém. “A oposição critica para tentar voto, mas o pessoal sabe que nossa equipe manteve o atendimento. Parou por causa da pandemia, que freou alguns atendimentos na região e aí não se conseguia exames e consultas, mas não era por nossa causa”, defendeu. Auri também falou sobre aquisição de veículos para a saúde e a construção de uma garagem, pois antes os carros ficavam a céu aberto.

Por fim, Auri disse que havia outras pessoas habilitadas para serem candidatos dentro do partido, mas a decisão da sigla foi unânime por entender que está sendo realizado um bom trabalho.

Fonte: Rádio São Luiz

Eleições 2020: Arno Werle apresenta suas propostas para tentar retornar à prefeitura de Pirapó

(Foto: Kelvin Morais/Rádio São Luiz)

Candidato concorre ao lado do médico veterinário Mateus Rambo pelo Progressistas

Nesta quinta-feira (15/10) foi a vez dos candidatos ao Executivo de Pirapó participarem do Olho Vivo. O primeiro entrevistado foi o ex-prefeito e agora novamente candidato Arno Augusto Werle (Progressistas). Ele tem como vice, neste pleito, o médico veterinário Mateus Rambo (Progressistas), que também participou da entrevista.

Foi Mateus, inclusive, quem iniciou externando sua preocupação com o funcionalismo do município e criticando a contratação de pessoas de outras localidades para funções em Pirapó. “Nada contra quem mora em outro município, mas temos que valorizar quem está aqui”, declarou.

Arno, sobre o seu candidato a vice, comentou que se trata de um jovem empreendedor que está disposto a trabalhar e desenvolver o município. Mateus ainda declarou que sua família tem histórico na política e que decidiu entrar na campanha “pelo desejo de trabalhar ao lado do povo”.

Sobre planos para o município, Arno falou que pretende fortalecer o trabalho com a área rural através das parcerias com a Emater e sindicatos. Disse que vai buscar apoio através de emendas parlamentares por meio dos contatos e apoio que tem das lideranças dos grandes centros.

O candidato também abordou a situação de acesso asfáltico ao município, enfatizando outra linha de trabalho que seria o projeto de acesso pela BR 472, rodovia que vem da região de Santa Rosa, passa por Porto Xavier e outros municípios da região. “Estaremos focados nas demandas da comunidade”, disse ele.

Sobre as críticas feitas ao concorrente na área da saúde, reforçou que é necessário reabrir o posto na Figueira e sem limite de ficha. “Quem mora no interior não pode ter que se deslocar de madrugada para pegar ficha. A pessoa não escolhe a hora de ficar doente. Todas precisam ser bem atendidas”, afirmou.

No quesito emprego, Arno informou que pretende criar políticas públicas voltadas ao empreendedorismo, o que acarretaria em mais jovens permanecendo no município e investindo em Pirapó.

Na área da educação, criticou o fechamento de turno da escola da Figueira. “Quando assumi vi que o salto passa pela educação. Escola a gente abre. Vamos dar suporte para que todas funcionem muito bem”, frisou.

Por fim, os candidatos disseram que pretendem criar espaços qualificados para os idosos, pessoas com necessidades especiais; oportunizar a confecção de carteira de identidade no município; investir no aperfeiçoamento técnico dos jovens; fortalecer parcerias com os órgãos públicos e disponibilizar internet gratuita em espaços de responsabilidade pública.

Fonte: Rádio São Luiz

Pirapó: Arno Werle e Auri Kochhann serão os candidatos entrevistados nesta quinta-feira

(Imagem: Divulgação/Rádio São Luiz)

Rodada de entrevistas inicia com Arno Werle, às 8h15min; às 8h35min será a vez de Auri Kochhann. Definição se deu por sorteio

Nesta quinta-feira (15/10) segue o roteiro de entrevistas com os candidatos ao Executivo dos municípios da região. Os sabatinados desta vez serão os postulantes ao cargo em Pirapó.

Pela ordem, definida por sorteio, os candidatos Arno Augusto Werle (Progressistas) e Mateus Rambo (Progressistas) vão falar a partir das 8h15min. Depois, a partir das 8h35min, será a vez dos candidatos Auri Brandt Kochhann (MDB) e Carlos Gilmar Andres “Magrão” ( MDB).

Assim como nos encontros anteriores, as entrevistas serão realizadas no estúdio, mas seguindo rigoroso protocolo estabelecido pela emissora. O diretor da Rádio São Luiz, Luiz Oneide Nonemacher, responsável pela condução da entrevista, estará em um ambiente, enquanto os dois postulantes em outro. Não será permitido acesso de outras pessoas além dos candidatos, conforme acertado anteriormente.

O cronograma das entrevistas e as regras estabelecidas podem ser conferidas neste link (AQUI).

Fonte: Rádio São Luiz

Governo do Estado confirma investimento de R$ 2 milhões nas obras de acesso ao município de Pirapó

“Estamos viabilizando projetos de obras que têm caráter estratégico para algumas regiões do nosso Estado”, explicou Costella. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

Trecho ligará o município à BR-392

As estradas estaduais do Rio Grande do Sul ganharam um reforço de R$ 60,65 milhões. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais na segunda-feira (21/9), com a participação de deputados estaduais e prefeitos, o governador Eduardo Leite e o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, anunciaram investimentos para recuperação de rodovias em todas as regiões do Estado.

Nas Missões, o investimento será no acesso de Pirapó. Conforme a publicação, serão destinados R$ 2 milhões para pavimentar o trecho que vai da BR-392 até o município. No momento, está sendo realizada a adequação do projeto para inciar a obra. A notícia havia sido antecipada na São Luiz pelo secretário de Logística e Transportes no início do mês. 

A definição dos investimentos considerou obras já iniciadas – paralisadas ou com risco de parar por falta de recursos – e demandas regionais apontadas por parlamentares. “Vimos nos deputados o caminho para entender as demandas de cada região, afinal, eles foram eleitos pela população e escolhidos para representar e atender aos anseios de cada uma das regiões”, apontou o governador Eduardo Leite.

OBRAS E PROJETOS EM RODOVIAS ESTADUAIS
Investimento de R$ 60,65 milhões

ACESSOS:

Cerrito (ERS-706)
• Extensão: 3 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Obra está em fase de licitação. Previsão de ordem de início ainda em 2020. Serão complementados os recursos necessários no orçamento de 2021 para a conclusão da obra. Já estão programados R$ 200 mil de recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

Lagoa Bonita do Sul (ERS-400)
• Extensão: 7 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Obra em andamento desde 14 de setembro, com recurso da Cide no valor de R$ 1,5 milhão. Totalizará R$ 3,5 milhões. Previsão de execução de 2,5 quilômetros. Restarão 4,5 quilômetros, com custo estimado de R$ 7 milhões, para conclusão.

Ponte Preta (RSC-480)
• Extensão: 1 quilômetro
• Investimento: R$ 600 mil
• Em licitação na Celic. Já empenhado R$ 500 mil da Cide, totalizando R$ 1,1 milhão. Para conclusão dos 4 quilômetros, serão necessários mais R$ 5 milhões no orçamento de 2021.

Pirapó
• Extensão: BR–392 até o município
• Investimento: R$ 2 milhões
• Está sendo realizada a adequação do projeto para iniciar obra.


PAVIMENTAÇÃO:

ERS-403 (Cachoeira do Sul – Rio Pardo)
• Extensão: 25 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Trecho de Cachoeira do Sul a Rio Pardo tem contrato ativo e regular. Previsão de retomada imediata. Cronograma para concluir o trecho é de 90 dias. Serão executados 5 quilômetros, restando 20 quilômetros. No trecho oposto (Rio Pardo – Cachoeira do Sul), já há contrato em andamento com recurso da Cide de R$ 1,9 milhão (totalizando R$ 3,9 milhões). Custo estimado para concluir todo o trecho: R$ 30 milhões.

ERS-437 (Nova Roma – Antônio Prado)
• Extensão: 14 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Obra em andamento com recursos da Cide, no valor de R$ 2,5 milhões, totalizando R$ 4,5 milhões. Previsão de execução de mais 3 quilômetros, totalizando obras em 7 quilômetros e restando mais 7 quilômetros para concluir. Custo estimado para conclusão: R$ 8 milhões.

ERS-566 (Alegrete – Maçambará)
• Extensão: 93 quilômetros
• Investimento: R$ 5 milhões
• São 35 quilômetros (com contrato) e mais 58 quilômetros (sem contrato, está tramitando um processo com possibilidade de permuta pela obra de uma área da CEEE em Alegrete). Obra já em andamento com recursos da Cide, no valor de R$ 3 milhões. Com isso, totalizará R$ 8 milhões. Previsão de execução de 8,5 quilômetros, restando 21,5 quilômetros – com custo estimado de R$ 32 milhões para concluir o contrato.

ERS-324 (Iraí – Planalto)
• Extensão: 10 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Obra em andamento com recursos da Cide no valor de R$ 2,5 milhões (totalizando R$ 4,5 milhões). Previsão de execução de 3 quilômetros, restando 7 quilômetros para concluir, com custo estimado de R$ 10,5 milhões.

ERS-528 (Palmitinho – Pinheirinho do Vale)
Extensão: 17 quilômetros
Investimento: R$ 2 milhões
Obra em andamento com recursos da Cide no valor de R$ 3,7 milhões – totalizando R$ 5,7 milhões. Poderão ser executados 5 quilômetros, restando 12 quilômetros para concluir, com custo estimado de R$ 18 milhões.

ERS-348 (Faxinal do Soturno)
• Extensão: 4 quilômetros
• Investimento: R$ 3,5 milhões
• Previsão de execução: 2,5 quilômetros


RECUPERAÇÃO:

ERS-608 (Pinheiro Machado – Pedras Altas)
• Extensão: 36 quilômetros
• Investimento: R$ 4 milhões
• Será recuperado trecho da rodovia que está com base asfáltica do Km 0 ao Km 11.

ERS-149 (Formigueiro)
• Investimento: R$ 1 milhão
• Recuperação de segmento de calçamento

ERS-477 (Áurea)
• Extensão: 7 quilômetros
• Investimento: R$ 1 milhão


CONSERVAÇÃO:

ERS-241 e RSC-377 (entre Alegrete, Manoel Viana e São Francisco de Assis)
• Investimento: R$ 2 milhões

VRS-824 (Ibirubá – 15 de Novembro)
• Extensão: 12 quilômetros
• Investimento: R$ 150 mil

ERS-211 (Jacutinga)
• Extensão: 11 quilômetros
• Investimento: R$ 100 mil

RSC-287
• Investimento aproximado: R$ 500 mil
• Reparos localizados ao longo da rodovia

Palmares do Sul (RSC-101)
• Investimento: até R$ 1 milhão
• Fechamento de rotatória na RSC-101, no acesso a Palmares do Sul. Daer está elaborando a readequação do projeto. Será executado com contrato de conserva existente.

ERS-786 (Interpraias) e ERS-030
• Extensão: 41 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Obras em andamento. Conservação dos trechos de 41 quilômetros entre Tramandaí, Cidreira e Balneário Pinhal.

ERS-434 (David Canabarro – Ciríaco)
• Extensão: 19 quilômetros
• Investimento: R$ 2 milhões
• Conservação da rodovia numa extensão 19 quilômetros (todo o trecho).

ERS-155 (Santo Augusto)
• Extensão: 11 quilômetros
• Investimento: R$ 2,5 milhões
• Conservação do trecho de 11 quilômetros até a interseção com a BR-468


OBRAS EMERGENCIAIS DEVIDO ÀS CHUVAS RECENTES:

Investimento: R$ 10 milhões
• ERS-448 (Nova Roma): projeto pronto, em fase de orçamento para contratação emergencial.
• VRS-826 (Alto Feliz): em fase de projeto para contratação emergencial.
• ERS-129 (Colinas): em fase de orçamento para dar ordem de serviço.
• Conservação da Rota do Sol e da ERS-020: em fase de orçamento para dar ordem de serviço.

PROJETO EXECUTIVO:

ERS-442 (Machadinho-São José do Ouro)
• Extensão: 25 quilômetros
• Investimento: R$ 1 milhão

Charrua – Sananduva (ERS- 475)
• Extensão: 24 quilômetros
• Investimento: R$ 1 milhão
• Daer está trabalhando com o termo de referência. Processo de licenciamento na Fepam.

ESTUDO DE VIABILIDADE:

• ERS-010 (Porto Alegre, Cachoeirinha, Gravataí, Sapucaia, Esteio e Novo Hamburgo)
• Investimento: R$ 300 mil (pronto para dar ordem de início)
• Contratação do Estudo de Viabilidade Técnico, Econômico e Ambiental (EVTEA)

INCENTIVO:

ERS-734 (Rio Grande)
• A empresa Magna está readequando o projeto para retirar as ruas laterais. Com isso, estima-se redução de R$ 50 milhões para R$ 30 milhões no custo da obra no projeto atual de duplicação da rodovia.

RECURSOS AINDA EM DEFINIÇÃO DE OBRA: R$ 2 MILHÕES

CONVÊNIOS COM MUNICÍPIOS:
• Investimento: R$ 7 milhões
• Recurso será somado aos R$ 10 milhões já contemplados no orçamento do Daer em 2020, para concluir os convênios iniciados.

Fonte: Governo do Estado do RS

Juvir Costella diz que obras no acesso a Pirapó, pela balsa, tem projeto executivo e empresa contratada

(Imagem: Reprodução/Google Maps)

A segunda alternativa, que seria no trecho de 24km, em direção a Dezesseis de Novembro, deve ficar para um segundo momento

O secretário de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costella, disse nesta quinta-feira (10/9) que o acesso a Pirapó vai receber pavimentação e que a obra já tem projeto executivo e empresa contratada. Ele não detalhou a extensão, mas comentou que engenheiros do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e geólogos já fizeram o traçado da rodovia, que será em direção à BR 392, pela balsa.

“Estamos trabalhando no acesso a Pirapó pelo acesso da travessia do Rio Ijuí, para logo ali na frente contratar projeto para uma ponte”, destacou. A segunda alternativa, que seria no trecho de 24km, em direção a Dezesseis de Novembro, deve ficar para um segundo momento.

Costella falou também sobre o andamento de obras na ERS 165, destacando que muitos trechos devem estar concluídos ainda em 2020. Na região do Rolador, segundo ele, “as desapropriações já estão no cartório para serem indenizadas pelo Estado”. Este tem sido o maior entrave para o avanço das obras, segundo o governo.

Por fim, o secretário comentou a notificação recebida do Ministério da Infraestrutura, dizendo que a secretaria está autorizada a licitar recurso de R$ 44 milhões para ampliar e reformar o aeroporto de Santo Ângelo. A pasta tem agora prazo de seis meses para proceder com a contratação de empresa que vai executar projeto executivo e então licitar a obra.

Costella disse que a obra trará mais conforto e segurança para os passageiros e, como consequência, desenvolvimento do turismo e investimentos na região. Quando concluído, aeroporto poderá receber aeronaves com até 140 passageiros.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Disputa pela prefeitura de Pirapó deverá ficar entre Progressistas e MDB

(Foto: Arquivo/Divulgação)

Arno Werle (Progressistas) e Auri Kochhann (MDB) deverão postular o cargo

A disputa eleitoral no município de Pirapó deverá colocar de frente dois gestores com experiência no Executivo. Arno Werle, do Progressistas, prefeito na administração 2014/2016, é pré-candidato e concorrerá ao lado de Matheus Rambo.

Auri Kochhann, atual prefeito pelo MDB, e Gilmar Andres, seu vice, devem formalizar a intenção de disputar a reeleição. A convenção para confirmar as pré-candidaturas do MDB está prevista para sábado.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Secretaria Municipal de Saúde de Pirapó confirma os três primeiros casos de Covid-19

(Foto: divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde de Pirapó, por meio de boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda-feira (29/06), confirmou os três primeiros casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus no município. Sem detalhar os casos, a nota informa que as três pessoas testaram positivo por testes rápidos.

A nota acrescenta que os casos são de pessoas assintomáticas e que elas estão em isolamento. A pasta divulgou o número 3352-1011 para quem tiver dúvidas sobre o vírus. Nesta terça-feira, o secretário municipal de saúde, Valter Alves, deve dar mais detalhes sobre os casos.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Pirapó

Secretaria Municipal de Saúde de Pirapó realiza blitz de conscientização na entrada do município

(Foto: divulgação)

A Administração Municipal de Pirapó, através da Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social, em parceria com a Brigada Militar, realiza nesta quarta-feira (06), uma blitz para conscientização do uso de máscaras e recomendações quanto aos cuidados para evitar o contágio pelo coronavírus.

Atualmente, o município está com regras para o funcionamento do comércio, como proibição de aglomeração de pessoas nos ambientes e obrigatoriedade do uso de máscaras pelos clientes e usuários de serviços. A secretaria também divulgou um número de telefone para pessoas que sentirem sintomas compatíveis com o Covid-19 e quiserem tirar dúvidas, é o (55)3351-1011.

Recentemente, nota técnica assinada pelo secretário de Saúde, Valter Alves, estabeleceu uma série de medidas e orientações sobre atendimentos. Leia na íntegra (AQUI)

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Pirapó

Grupos de Mulheres de Pirapó fortalecem organização comunitária com troca de experiências

(Foto: divulgação)

Elas são um importante alicerce na organização social e comunitária e na promoção da saúde e da segurança e soberania alimentar

Desafiadas a colocar em prática o que aprenderam em oficinas e encontros, as integrantes dos oito grupos de mulheres de Pirapó mantiveram-se unidas mesmo distanciadas no período de isolamento social em função da Covid-19. Foi através do celular que seguiram os momentos de aprendizado e de troca, o que inspirou resultados no cuidado com as hortas e pomares, na produção de artesanato e de novas receitas com alimentos produzidos em suas propriedades.

Peças em crochê, colombas pascoais, cuias decoradas, sabão artesanal, produção de tapetes, panificados e de materiais de limpezas foram alguns dos resultados do trabalho, compartilhados via celular, para ensinar e inspirar as demais integrantes dos grupos. A extensionista da Emater/RS-Ascar, Maclaine Cezar da Silva, conta que o desafio foi lançado, em parceria com a Secretaria da Saúde e o Centro de Referência em Assistência Social (Cras), para que os trabalhos que normalmente são realizados em encontros periódicos pudessem seguir, mantendo a união destas mulheres, que são um importante alicerce na organização social e comunitária e na promoção da saúde e da segurança e soberania alimentar.

Filha de produtores rurais e agente de saúde, Daniela Schmidt Klein destaca a importância de manter a vivência em comunidade. “Esses aprendizados são muito bons, sempre alguém tem algo pra acrescentar. Eu posso não saber fazer algo, mas a outra pessoa sabe, e juntas, podemos aprender e construir grandes trabalhos, o que é maravilhoso”, afirma. Daniela aproveitou o período de quarentena para produzir colombas pascoais, aprendizado vindo de encontros do grupo. “São muitas atividades que realizamos com o Grupo Inove, criado com a Secretaria de Saúde, a Assistência Social e a Emater, com o envolvimento dos agentes de saúde, que ajudam a levar as informações. Hortas, podas, chás, sabão, colombas, pintura em tecido foram alguns dos temas que abordamos”, comenta.

Moradora da Linha Ijuí, a agricultora Margarida Rambo Rauber aproveitou o contato virtual com as demais integrantes dos grupos de mulheres para compartilhar os cuidados com sua horta. “Fiz minha horta para me manter ocupada e para produzir alimentos fresquinhos para o sustento da família, eu adoro lidar”, comenta Margarida, ao explicar que o manejo é orgânico para que se possa garantir uma alimentação mais saudável.

A Secretaria Municipal de Saúde, o Cras e a Emater/RS-Ascar, em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), aproveitam também as Tecnologias de Informação e de Comunicação (TICs), bem como contam com o apoio das agentes de saúde, para fazer com que informações técnicas e de interesse social sigam chegando às famílias do meio rural.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Santa Rosa

Resultado do exame do paciente de Pirapó deu negativo para o coronavírus

O resultado do exame do idoso de 86 anos, morador do município de Pirapó, que chegou ser hospitalizado em São Luiz Gonzaga no dia 29 de março, mas morreu durante deslocamento para UTI, em Santana do Livramento, deu negativo para o novo coronavírus COVID-19. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (6).

Com o resultado, a Região das Missões segue sem nenhum caso. Conforme o mais recente boletim epidemiológico, o município de São Luiz Gonzaga tem 15 pessoas em isolamento domiciliar por síndrome gripal e três casos descartados para COVID-19.

Fonte: Rádio São Luiz