Vereador Piti Werle entra em licença por 15 dias e a suplente Mana Borck assume sua cadeira no Legislativo

Vereador Piti Werle

Em entrevista ao programa Olho Vivo, o presidente da Câmara de Vereadores, Piti Werle (MDB), informou que estará entrando em licença pelo período de 15 dias. Durante esse período, a sua cadeira no Legislativo será ocupada pela vereadora suplente na coligação, Edelmira (Mana) Borck Monroe – PSB. Já a presidência da Casa será assumida pelo vice-presidente Laureano Castilho (PSDB).

Segundo Piti, “temos um acordo interno do MDB e dos partidos que participaram da coligação nas eleições de que os eleitos abririam mão no mínimo uma vez para os suplentes assumirem o seu mandato. Ficarei fora por 15 dias, período em que realizarei um tratamento de saúde. Nesse tempo, o vereador assume a Casa por duas Sessões. Embora as pessoas até critiquem, eu julgo importante porque o vereador que não se elegeu batalhou, tinha aspirações e agora pode ocupar esse período para apresentar suas ações e aquilo que ele acha interessante”.

LEGISLATIVO – Conforme o Presidente, a Câmara de Vereadores está com o trabalho em dia e atuando em diversas frentes, como na comissão Pró-UTI, a qual está em Brasília nesta semana acompanhando o prefeito Sidney Brondani na busca pelo cadastramento do projeto da UTI na emenda da bancada gaúcha: “Acredito que, se obter êxito, será um grande passo. Já temos dados técnicos do Estado nos quais é elencada a necessidade de uma rede com um número maior de UTIs, e, por esse motivo, estamos buscando essa emenda de bancada. Acho que, se tudo correr bem, a transformação na arte física do hospital comece já no início do ano que vem”, destacou.

COLIGAÇÃO – Sobre a coligação e a manutenção do acordo firmado entre o Progressistas e o MDB (no qual a cabeça de chapa seria composta por um escolhido do partido emedebista para prefeito e com o Progressistas indicando o vice), Piti salientou que “o processo de eleição não pode ser antecipado, pois não é a hora ainda. Logicamente que os partidos estão em busca de novas filiações, e acho que no momento certo eles vão sentar e refletir sobre o futuro da coligação. Nos últimos anos, a cidade tem avançado e vem se construindo algo muito positivo, com as coisas acontecendo na medida do possível. Então, com serenidade e no momento certo, vamos nos reunir e decidir a continuidade da coligação. Como existe uma linha consistente, acho que isso deve ser mantido e com certeza teremos a continuidade dessa parceria”, finalizou o vereador.

Fonte: Rádio São Luiz

Foto: Arquivo/Rádio São Luiz

Compartilhe essa notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email