Polícia

Formatura de alunos do Proerd será realizada nesta quarta-feira em São Luiz Gonzaga

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga – O Programa Estadual de Resistência às Drogas (Proerd), que é coordenado pela Brigada Militar, forma mais uma turma nesta quarta-feira, 1°. A solenidade está marcada para às 18h30min, na URI – São Luiz Gonzaga.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Com 21 anos de existência no Rio Grande do Sul, o programa busca desenvolver nas crianças e adolescentes habilidades que possibilitem a compreensão dos perigos e de como se manter afastada das drogas e da violência. O Proerd também ajuda a criança a desenvolver a autoestima, lidar com as pressões do dia a dia que poderão influenciá-la a experimentar as drogas, bem como a tomar decisões seguras e responsáveis.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Brigada Militar divulga as ocorrências do fim de semana: apreensão de drogas, embriaguez ao volante, tráfico de drogas, localização de pessoa desorientada

(Divulgação)

14° BPM São Luiz Gonzaga – Prisão entregar direção a pessoa não habilitada. Art. 310

Na sexta feira (26/11), durante operação de fiscalização de trânsito na Rua Treze de Maio, uma guarnição Brigada Militar abordou o veículo GM/Classic, constatando que seu condutor não possuía carteira nacional de habilitação e não gerava perigo de dano. Compareceu ao local o proprietário do veículo, que foi autuado.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

14° BPM São Luiz Gonzaga – Apreensão de Drogas

Na manha de sábado (27/11), após denúncia anônima, foi despachada uma guarnição para realizar buscas às margens da via pública, na Rua treze de Maio, Bairro Trevo, sendo localizado embaixo de um bloco de concreto um tijolo de substância com características semelhantes à maconha, com cerca de 37.7 gramas. A droga foi localizada próxima a um local que, segundo a denúncia anônima, há grande movimentação de tráfico. A droga foi apreendida e confeccionado o registro.

14° BPM São Luiz Gonzaga – Prisão por embriaguez ao volante

Na manhã de sábado (27/11), uma guarnição da Brigada Militar foi solicitada para verificar um acidente de trânsito. No local foi constatado um veículo chocado no poste de luz de energia elétrica da RGE. O condutor e passageiro estavam recebendo atendimento do SAMU. Eles foram encaminhados para atendimento no Hospital de São Luiz Gonzaga, onde ficaram hospitalizados. Sendo atestado pelo médico plantonista, através do exame clínico, a embriaguez do condutor. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia.

14° BPM – Santo Antônio das Missões – Prisão tráfico de drogas

Na madrugada de sábado (27/11), após informações de que um indivíduo traficaria drogas no centro da cidade, foi monitorado o mesmo na área central. Ele, ao visualizar a guarnição se aproximar, tentou evadir-se do local, sendo abordado e, em revista pessoal, encontrado dentro da meia um tablete (4,7 gramas) com características de maconha e uma bucha (1,7 gramas) com características de cocaína e também a quantia de R$ 71,00(setenta e um reais) em diversas notas. Foi encaminhado à Delegacia de Policia com o material, sendo realizado o registro de ocorrência.

14° BPM São Luiz Gonzaga – Prisão em cumprimento de mandado

No domingo (28/11), a guarnição recebeu denúncia anônima de uma briga entre um casal. Deslocado ao local, foi feito contato com as partes e, após identificação, constatado que a mulher estava com um mandado em seu desfavor. Ela foi conduzida a laudo e posterior à Delegacia de Policia.

14° BPM São Luiz Gonzaga – Pessoa desorientada

No dia 29/11 foi localizado um senhor na Rua Hipólito Ribeiro, próximo a Escola Polivalente, o qual estava desorientado não sabendo informar local da sua residência. Não foi possível fazer sua identificação, pois não fala. Ele é moreno, estatura mediana, aparenta ter meia idade, possui barba e estava vestindo uma bermuda de moletom cinza. Ele está no Hospital de São Luiz Gonzaga.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar

14º BPM realiza “Operação Hoplitas/Cidade tranquila” em São Luiz Gonzaga

(Divulgação/BM)

São Luiz Gonzaga – Na madrugada deste 27 de novembro foi realizada a “Operação Hoplitas/Cidade tranquila” em São Luiz Gonzaga. A “Operação Hoplitas” da Brigada Militar é desenvolvida desde o mês de agosto nos locais com maiores índices de crimes contra o patrimônio e crimes violentos letais intencionais (CVLI), visando a desenvolver ações de policiamento ostensivo preventivo e repressivo, através de pontos-base (PB), abordagens qualificadas e barreiras veiculares dinâmicas, sempre priorizando a supremacia de força e a técnica policial-militar.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Tendo em vista os acontecimentos do último final de semana, a Operação foi realizada na área central da cidade para garantir a segurança dos transeuntes que frequentam os locais públicos e a segurança viária das principais vias da área central.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar

Motorista que aparece em filmagens praticando manobras perigosas em frente à Igreja da Matriz é preso

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga – Na quinta-feira, 25, por volta das 18h, na Avenida Senador Pinheiro Machado, Bairro Gruta, em São Luiz Gonzaga, foi preso em flagrante delito condutor de veículo automotor pelo crime de embriaguez ao volante. Na ocasião, a guarnição da Brigada Militar iniciou acompanhamento do veículo Ford/KA que, inicialmente, recusou-se a parar em abordagem policial, sendo necessário o seu acompanhamento por algumas quadras.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Abordado, constatou-se que o seu condutor era o mesmo indivíduo que na madrugada de domingo, 21 de novembro de 2021, praticou manobras perigosas e exibição de frenagens (racha), conduzindo um veículo Chevette na Praça Matriz, salientando que essas imagens do fato estão salvas pelas câmeras de videomonitoramento do local. Também foi constatado que estava com seu direito de conduzir veículo cassado. E, devido aos seus sinais de embriaguez e de haver latas de cerveja sob o banco do carona, foi instado a realizar o exame de alcoolemia por etilômetro, aquiesceu, tendo por resultado 0,71 mg de álcool por litro de ar expelido, sendo preso em flagrante no ato.

Ele foi conduzido à delegacia, onde a autoridade plantonista arbitrou fiança de dois salários mínimos, a qual não foi recolhida, sendo, então, encaminhado à Penitenciária Estadual de São Luiz Gonzaga.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Brigada Militar

Ciclista atingido por carreta prancha em Santiago fica gravemente ferido

(Divulgação/PRF)

Acidente ocorreu na BR 287

Santiago – Por volta da 18h de quarta-feira, 24, a Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atender um acidente na BR 287, perímetro urbano de Santiago. Os veículos envolvidos foram uma carreta prancha e uma bicicleta, conduzida por um homem de 42 anos, que sofreu lesões graves. Ele foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital local.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Conforme averiguações no local a bicicleta seguia no acostamento quando foi atingida pela lateral da carreta.

O motorista da carreta, de 25 anos, foi submetido ao teste de etilômetro com resultado negativo para ingestão de álcool. A carreta foi retida pela Polícia Civil para perícia.

O estado de saúde atual do ciclista não foi informado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da PRF

Brigada Militar lança o edital para 4000 vagas de soldado

(Foto: Félix Zucco / Agencia RBS)

Porto Alegre – Foi publicado o edital do concurso público da Brigada Militar do Rio Grande do Sul. Ao todo, são 4 mil vagas para o cargo de Soldado. Organizado pela Fundatec, as inscrições estarão disponíveis do dia 30/11 até o dia 30/12 e mediante o pagamento da taxa de inscrição de R$ 92,64.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Interessados no cargo de Soldado precisam ter nível médio completo, além de Carteira Nacional de Habilitação de, no mínimo, Categoria B.

Além disso, é requisito ter idade mínima de 18 e máxima de 25 anos (até o final do período de inscrição) e alturas mínimas de 1,65m (sexo masculino) e 1,60m (sexo feminino).

O subsídio na graduação de Soldado da Brigada Militar é de R$ 4.689,23 além das demais vantagens.

O concurso público conta com quatro etapas, sendo de:

  • Exame Intelectual
  • Exame de Saúde
  • Exame de Capacitação Física
  • Exame Psicológico, composto por duas etapas obrigatórias, Testagem Coletiva e Entrevista Individual, não necessariamente nesta ordem.

O exame intelectual está com a data prevista para o dia 30 de janeiro de 2022.

As inscrições deverão ser efetuadas somente pela Internet, no período de 30 de novembro de 2021 até as 17h do dia 30 de dezembro de 2021 , através do site: www.fundatec.org.br. Confira mais detalhes sobre o edital do concurso no link (aqui)

Fonte: Correio Brigadiano/Folha Dirigida/Governo do Estado

Alunos do 6º ao 9º ano do município de Rolador assistem palestra da Brigada Militar

(Divulgação/Prefeitura de Rolador)

São Luiz Gonzaga – No dia 12 de novembro, a Secretaria de Educação e a Câmara de Vereadores de Rolador organizaram, em conjunto, um evento voltado aos alunos do 6º ao 9º ano sobre “adolescência, a escola e escolhas”. O palestrante convidado foi o Comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, Major Eduardo dos Santos Brum.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

O objetivo foi sensibilizar os estudantes sobre os riscos que envolvem o mau uso da internet e também reforçar sobre a prevenção ao uso de drogas. Brum lembrou que Rolador ainda não teve turma do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), por isso ações pontuais como essas são ainda mais relevantes.

O oficial, citando um estudo norte-americano, lembrou que é nesta faixa etária do ensino fundamental que ocorre o maior número de abandono dos estudos. “É nesta fase da pré-adolescência que, muitas vezes, a pessoa decide qual caminho vai seguir e é aí que o Proerd entra”, comentou o Major.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

14º BPM divulga as principais ocorrências atendidas nas últimas 24h

(Divulgação)

São Luiz Gonzaga – Permitir, confiar ou entregar direção a pessoa não habilitada

Na segunda feira, 22, uma guarnição da Brigada Militar, em patrulhamento, visualizou uma motocicleta Honda/Biz transitando na Rua Barão da Passagem. O condutor, ao visualizar a viatura, deu meia-volta e parou em frente à residência de sua tia. Foi realizada a abordagem e constatado que o condutor é menor de idade (17 anos). A proprietária da motocicleta, que é mãe do condutor, compareceu ao local. A motocicleta foi autuada e entregue a proprietária e confeccionado o termo circunstanciado.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

São Luiz Gonzaga – Prisão entorpecentes posse – servir bebida alcoólica a vulnerável

Na segunda feira, 22, uma guarnição da Brigada Militar foi despachada para averiguar uma denúncia de perturbação no Parque Centenário. No local foi constatado que o veículo VW/Gol estava com o porta-malas aberto e com o som em alto volume. Realizada a abordagem e identificadas as pessoas que ali estavam, sendo dois maiores de idade e duas menores. Constatado que todos estavam consumindo bebida alcoólica, vodka com energético e encontrado junto com a bebida uma porção de uma substância semelhante à maconha 2,3g. As partes foram conduzidas à delegacia onde foi feita a ocorrência e a aparelhagem de som apreendida.

Roque Gonzales – Prisão cumprimento de mandado

Na segunda feira, 22, uma guarnição da Brigada Militar, em patrulhamento na área de Fronteira, recebeu informações de que havia um mandado de prisão em aberto referente à prisão preventiva. Foram realizadas diligências, sendo então localizado. Informado sobre o mandado e seus direitos constitucionais, dado voz de prisão. Encaminhado a laudo e posterior à delegacia.

Fonte: Assessoria de Comunicação do 14º Batalhão de Polícia Militar

Entorno da Praça da Matriz, em São Luiz Gonzaga, novamente terá restrição de circulação durante o réveillon

(Arquivo/Rádio São Luiz)

BM deve buscar “meio termo” para que comércio não seja diretamente atingido

São Luiz Gonzaga – Com a chegada das festas de fim de ano e as recentes confusões registradas na região durante aglomerações nas madrugadas, a Brigada Militar adianta que deverá, outra vez, adotar a estratégia de interditar o entorno da Praça da Matriz, em São Luiz Gonzaga, na noite de réveillon. “O que deu certo não muda”, destacou o Major Eduardo dos Santos Brum, Comandante do 14° Batalhão de Polícia Militar, em entrevista para a Rádio São Luiz.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

No ano passado, os bloqueios ocorreram no entroncamento da Avenida Senador Pinheiro Machado com a Rua São João, no cruzamento da São João com a Venâncio Aires e no cruzamento da São João com a 1º de Março (sentido bairro/centro). A decisão levou em conta o fluxo intenso de veículos, a aglomeração de pedestres e as “batalhas campais” que ocorreram em anos anteriores.

Como a medida acabou afetando o comércio, pois o bloqueio iniciou nas primeiras horas do dia 31 de dezembro, dificultando a movimentação de potenciais clientes no último dia de um ano que já vinha sendo de redução nas vendas por causa da pandemia, Brum disse que buscará um meio termo ao adotar a estratégia deste ano. Ele ressaltou, no entanto, que a medida deu resultado, citando que não houve registro de brigas, não foram necessários disparos de tiros de borracha, o hospital não precisou atender feridos e não teve registro de boletins de ocorrência. A Brigada Militar não descarta adotar medida semelhante em outros momentos por conta dos recentes episódios de violência na área central.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz

Major Brum fala sobre confusão ocorrida na Praça da Matriz e as medidas adotadas pela Brigada Militar

Major Eduardo dos Santos Brum (Arquivo/Rádio São Luiz)

Confusões como as registradas em São Luiz também já ocorreram em Caibaté, Roque Gonzales, Bossoroca e Porto Xavier

São Luiz Gonzaga – O Major Eduardo dos Santos Brum, Comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, falou nesta segunda-feira, 22, sobre a confusão ocorrida na Praça da Matriz de São Luiz Gonzaga na noite de sábado para domingo. O oficial iniciou lembrando que a região está há pelo menos três meses sem ocorrência de roubo a estabelecimento, sem roubo a pedestre e os furtos em residências, se comparado com indicadores de quatro ou cinco anos atrás, tiveram redução de 80%.

Receba as nossas notícias no WhatsApp

Os dados apresentados, conforme o Major, exemplificam o empenho dos órgãos de segurança pública, colocando a região de abrangência do 14º BPM em alto nível de segurança. “Isso mostra que o trabalho contra a criminalidade vem dando resultado”, frisou.

Quanto às cenas registradas pelas câmeras de celulares, de segurança e do próprio sistema de videomonitoramento, Brum explicou porque não aparecem viaturas da polícia no momento do ocorrido. Segundo ele, episódios como este ocorrem de forma muito rápida. “São questões de minutos”. A Brigada Militar chegou ao local no mesmo momento em que o Samu, que foi acionado para socorrer um dos envolvidos na briga.

Além disso, o oficial ressaltou que a polícia tem outras ocorrências para atender, pois a área de atuação do Batalhão abrange 13 municípios. Na noite do fato houve fuga de motorista embriagado, perseguição na BR 285 e ocorrência de tumulto em Bossoroca, muito semelhante ao ocorrido em São Luiz, e que também precisou de intervenção de um considerável efetivo. Após a atuação, ainda há toda a demora do trâmite burocrático da ocorrência, o que muitas vezes faz com que os militares fiquem “empenhados”.

Leia mais: Fim de semana na Praça Matriz de São Luiz Gonzaga teve agressão, furto de veículo e muito tumulto nas ruas centrais

Brum ainda revelou que as supostas vítimas da agressão não quiseram registrar ocorrência. “A gente chama de vítima, pois apanhou, mas antes de apanhar também deu causa. Quem não quer brigar não briga, o ouvinte sabe o que eu estou dizendo”, comentou, acrescentando que episódios como este são sempre protagonizados por uma minoria.

As pessoas envolvidas na confusão e o veículo que estava dando “cavalo de pau” foram identificados e haverá responsabilização, com as ocorrências remetidas à Polícia Civil. Quanto à impedir que ocorram as aglomerações, Brum ressaltou que a Constituição garante o direito de ir e vir, o que compreende o direito de permanecer. “Não posso chegar na calçada e mandar sair, é crime de abuso de autoridade. A não ser que esteja cometendo algum tipo de crime”, disse.

Fim de ano

O oficial ainda falou que para a Virada do Ano as mesmas estratégias do ano passado devem ser adotadas. Ele lembrou que houve reclamação de alguns comerciantes por conta da restrição de circulação ao longo do último dia do ano e que deve buscar um meio termo para 2021, mas frisou que as “batalhas campais” da madrugada não ocorreram. “A Brigada não precisou efetuar um disparo de bala de borracha, não teve boletim de ocorrência, o hospital não precisou atender feridos. O efeito foi satisfatório. Tanto que eu sempre era chamado no dia seguinte para dar explicações sobre os brigões e mal educados na praça. Depois do ocorrido, passado um ano, é a primeira vez que eu falo que não aconteceu nada”, concluiu.

Por Kelvin Morais

Fonte: Rádio São Luiz